11.9 C
São Paulo
quarta-feira, agosto 10, 2022

Fake em Nóis: O Aquecimento Global existe mesmo?

- Publicidade -

Nesse episódio, Gilmar Lopes e o Pirulla explicam o que é verdade e o que é fake nessa história de aquecimento Global!

Reunimos aqui no Fake em Nóis dessa semana as principais alegações a respeito do aquecimento global e explicamos o que tem de verdade nisso tudo.

Nesse episódio, descubra: 

  • O Efeito estufa existe?
  • O gelo no Ártico está aumentando ou está derretendo?
  • A Terra está esquentando por causa do Sol?
  • Dá pra medir o nível médio do mar?
  • Cadê o aquecimento global, se hoje está frio?

Essas e outras questões respondidas no vídeo abaixo:

Muito obrigado pela audiência! O Fake em Nóis vai ao ar toda terça-feira, às 10 da manhã, e você pode assinar o canal clicando aqui!

Links Consultados

Sobre o gás carbônico e o vapor de água:

Sobre os níveis de gelo nos polos:

Ciclos de Milankovitch:

Sobre ciclos solares:

Sobre estações de medição:

- Publicidade -

Sobre argumentos em geral:

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

11 COMENTÁRIOS

  1. Eu me lembro da entrevista do Ricardo Felício no Jô Soares. De cara ele me deu má impressão, pois na entrevista ele só dava RISADAS, só DESDENHAVA, RIDICULARIZAVA etc a respeito do Aquecimento Global, até o Jô Soares o repreendeu. Não apresentou sequer um único dado, prova ou argumento convincente e, é claro, o coitado do Jô não tinha como questioná-lo adequadamente pois ele não é cientista. 😐

  2. Uma outra característica que me chamou a atenção nesse “climatologista” Ricardo Felício é que ele ADORA TEORIAS CONSPIRATÓRIAS, que não é nada adequado para alguém que diz “estudar” Ciências. Ele afirmou, sem nenhuma prova é claro, que há um COMPLÔ entre Governos, Empresários, Indústrias, Cientistas etc para fazer o pessoal acreditar que o Aquecimento Global existe. Não dá para levar a sério um sujeito desses. 😐 KKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  3. Aquecimento global. Piada! Maior mentira do Século.
    Li que o Ricardo não traz dados. Pelo visto só assistiram à entrevista do Jô.
    Cara tem um Slides de mais 80 “páginas”. Um TCC de mais de 500 páginas que tive a oportunidade de ler 200 até então. Ele responde, em um vídeo-resposta, ao “Pílula” com vários dados além de demonstrar que o tal Youtuber não sabe a diferença entre clima e temperatura, considerado basilar nessa ciência. Fora que ele já leu o Império Ecológico de Pascal Bernardin que demonstra com incontáveis dados de Atas de reuniões de clima que chega a ser surreal. Mas a pessoas assiste a um vídeo somente, não ler e ainda acusa o outro de não ter dados. Se efeito estuda fosse verdade já era para estarmos mortos. Na época de minha escola falavam que não iríamos chegar a 2020. E todo ano eram só notícias de que o mundo estava batendo recordes de CO2 na atmosfera. Dai hoje em dia já se tem notícias da tal “camada de ozônio” está fechando. Ora decidam-se!

    • Aquecimento global. Piada! Maior mentira do Século.
      Prove que é mentira, no aguardo.
      Li que o Ricardo não traz dados. Pelo visto só assistiram à entrevista do Jô.
      Não.
      Cara tem um Slides de mais 80 “páginas”.
      UAU! Tem um slide. Agora tá certo.
      Um TCC de mais de 500 páginas que tive a oportunidade de ler 200 até então.
      E?

      • @Professor Vete , KKKKKKKKKK! 😀 Gostei professor! É assim que argumentos rasos são destruídos por quem entende e/ou é da área. Ouvi dizer que na Comunidade Científica Internacional é MUITO PIOR AINDA! Se um determinado “cientista” apresentar uma teoria, observação, experiência etc equivocada, prematura, mal feita etc é FIM DE CARREIRA, será EXPULSO e toda a REPUTAÇÃO do sujeito (se é que tem alguma) será jogada no LIXO! 😉 KKKKKKKKKKK! 😀

      • Isso realmente é muito interessante. Trouxeram um “cientista” para ridicularizar e desmentir outro cientista. Muito legal isso. Pq não trazem o Ricardo Felicio para explanar suas posições e se defender.das acusações???? Acho q não, né? O cara pode desmontar as “verdades” desse site esquerdinha…..

    • Ele responde, em um vídeo-resposta, ao “Pílula” com vários dados além de demonstrar que o tal Youtuber não sabe a diferença entre clima e temperatura, considerado basilar nessa ciência.
      Claro, afinal se está em vídeo, SÓ PODE SER VERDADE! Quantos ESTUDOS publicados em periódicos indexados e revisados por pares ele tem, mesmo?
      Fora que ele já leu o Império Ecológico de Pascal Bernardin que demonstra com incontáveis dados de Atas de reuniões de clima que chega a ser surreal.
      E eu li Harry Potter, todos os livros, logo, bruxos existem.

      • Mas a pessoas assiste a um vídeo somente, não ler e ainda acusa o outro de não ter dados.
        Ele não tem dados. Fato.
        Se efeito estuda fosse verdade já era para estarmos mortos.
        Fonte?
        Na época de minha escola falavam que não iríamos chegar a 2020.
        E quantos ESTUDOS diziam que não chegaríamos a 2020?? Lembrando que faltam 2 meses ainda!

          • Dai hoje em dia já se tem notícias da tal “camada de ozônio” está fechando.
            Mas o que tem a ver a camada de ozônio com o CO2?
            Ora decidam-se!
            Ora! Você não sabe a diferença entre CO2 e Ozônio, e acha que pode opinar! Estude!

  4. Ricardo Felício é falacioso. Não é necessário ser especialista na área para captar a falácia de seus argumentos. Basta prestar atenção e analisar a lógica de suas colocações. Por exemplo, em uma entrevista à Leda Nagle, ele disse o seguinte sobre a ação humana no planeta: “Forças de magnitude extremamente gigantescas enquanto que a ação humana é uma coisinha minúscula”. Isto é uma falácia. Analogamente, um vírus agindo sozinho no corpo humano é imperceptível, mas, se o vírus se multiplicar, chegará a um ponto que o corpo humano sentirá as consequências.

    Para ele, a Amazônia tem importância insignificante dentro do planeta Terra. Se a Amazônia brasileira (só a parte da Amazônia no Brasil) fosse um país, seria o 6º maior país do mundo. Isso é insignificante para o insigne professor Felício. Para ele, devastar a Amazônia não afetaria em nada o planeta. Isso reflete o nível de conhecimento dele sobre a Amazônia e sobre Biologia. Ele incentiva o desmatamento irresponsavelmente.

    Ele costuma dizer que os cientistas que alertam sobre o aquecimento global e o efeito estufa são financiados por empresas e governos. Isso é ilógico, pois a maioria dos governos e das empresas não têm nada a ganhar com alertas sobre aquecimento global e efeito estufa. Muito pelo contrário, governos e empresas têm muito a perder economicamente com alertas sobre aquecimento global e efeito estufa. O mais lógico é que ele mesmo seja financiado por empresas e governos para negar o aquecimento global e o efeito estufa. Por exemplo: O que ganharia uma fábrica, que lança CO2 na atmosfera, financiando cientistas para alertar sobre o aquecimento global? O professor Felício é muito 171. É um fanfarrão.

    Ele fala que o desmatamento não afeta o clima planetário. Não afeta quando o desmatamento é relativamente pequeno e quando a relação da floresta com a biosfera é também relativamente pequena. Desmatar 100 mil metros quadrados por ano tem menos impacto do que desmatar 1 milhão de metros quadrados por ano. É uma questão de lógica (parece que o professor Felício faltou as aulas de matemática). Dependendo do tamanho da floresta e de sua importância para biosfera, é só aumentar o desmatamento a cada ano (não dando tempo para a floresta recuperar a área desmatada) para ver se vai ou não afetar o clima do planeta. Tudo está conectado na Natureza. As florestas fazem parte da grande engrenagem que mantém esse mundo como ele é.

    O aquecimento global é o aumento da temperatura média do planeta. Aumento esse causado pelo aumento das emissões de CO2. Nós, seres humanos, e as outras espécies emitimos CO2 normalmente no processo respiratório, mas o impacto dessas emissões a nível planetário é insignificante. O que mais impacta são as emissões de CO2 ocasionadas pelas queimadas de florestas. As queimadas de florestas liberam uma quantidade exponencialmente enorme de CO2 para a atmosfera. Quanto mais áreas de florestas são queimadas, mais exponencial é o aumento de CO2. Assim sendo, as queimadas são as maiores responsáveis pelo aumento dos níveis de CO2 no planeta. Soma-se às queimadas a emissão de CO2 por indústrias, veículos e demais ações humanas. Além do aumento de CO2, que gera o aquecimento global, as queimadas provocam distúrbios climáticos, pois grandes áreas são desmatadas e a evapotranspiração dessas áreas deixa de acontecer. A evapotranspiração de florestas mantém o ciclo das chuvas, o níveis de umidade atmosférica, atenua o calor, mantém mananciais de água potável, conservando rios, córregos, minas d’água, lagos, etc. A evapotranspiração das florestas traz inúmeros benefícios à saúde planetária e, consequentemente, para o ser humano também. Imagine a importância da evapotranspiração da hileia amazônica. Imagine o impacto benéfico dessa colossal evapotranspiração na atmosfera. Sem florestas, não tem evapotranspiração e, sem a evapotranspiração, chuvas, rios, córregos, minas d’água, lagos, etc, desaparecem, pois o que os mantém deixou de existir. As queimadas não só aumentam o aquecimento global como também causam distúrbios ecológicos e climáticos nefastos. E tem mais: Nas florestas tropicais, como a Amazônia, existe uma infinidade de mosquitos transmissores de doenças letais como a malária e a febre amarela. Agora, imagine para onde irão esses mosquitos depois que o habitat deles estiver destruído. Imagine também a Amazônia, com todo o seu tamanho colossal e toda a sua biodiversidade em todos os seus ecossistemas, totalmente devastada. Imagine as possíveis consequências da perda de toda a evapotranspiração da hileia amazônica. Imagine as consequências da perda de todo o bioma amazônico. Dentre as inúmeras riquezas, a Amazônia tem muitas abelhas. As abelhas são imprescindíveis à sobrevivência de diversos outros biomas que servem à sobrevivência humana. Imagine o impacto da destruição disso tudo para a biosfera, principalmente para o ser humano.

    Os biomas sempre se recuperam, mas em um ritmo que deve ser respeitado. O homem, em sua ganância ilimitada, tende a desrespeitar o ritmo da natureza, consumindo desenfreadamente e desesperadamente, tal qual um vírus; e aí retornamos ao que eu disse no início desse texto. Tudo isso deve ser levado em consideração, mas o insigne professor Felício, do alto de sua arrogância falaciosa, ignora tudo isso para impor o que mais lhe convém.

    Senador Evandro Carreira, pioneiro na defesa da Amazônia no Congresso Nacional, já falava da importância da Amazônia desde a década de 60: https://www.youtube.com/results?search_query=%23amazoniaevandrocarreira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui