14.4 C
São Paulo
sábado, maio 8, 2021

Fotos de árvores e animais queimados são dos incêndios ocorridos na Amazônia em 2019?

- Publicidade -

Será que as fotos compartilhadas nas redes sociais de exemplos da fauna e flora sofrendo com incêndios foram tiradas na Amazônia em 2019?

Na segunda quinzena de agosto de 2019, uma onda de graves queimadas atingiram a Amazônia e isso se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais. Juntamente com textos de várias pessoas (muitas delas, famosas e influentes) sobre o tema, algumas fotos se espalharam mostrando animais queimados e eles, segundo o texto que as acompanham, seriam algumas das vítimas dos incêndios na região.

Vamos analisar algumas das que foram mais compartilhadas juntamente com as hashtags #PrayForAmazonas e #PrayForAmazonia (reze pela Amazônia) e, a medida em que outras forem aparecendo, vamos acrescentar à essa pesquisa.

Será que essas fotos são mesmo o resultado de queimadas ocorridas em 2019 na Amazônia?

Queimadas ocorridas na Amazônia? (foto: reprodução/Facebook)

Macaco segurando um macaco morto 

A foto de um macaco desesperado e carregando um filhote aparentemente morto em seus braços é real, mas foi tirada pelo fotógrafo indiano Avinash Lodhi em Jabalpur (Índia). A imagem foi publicada no seu perfil do Facebook em 2017, no seguinto ao do Dia Internacional do Macaco (que é 14 de dezembro).

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1384500868254690&set=a.430208190350634&type=3

Outro detalhe dessa cena é que o filhote não estava morto. Em entrevista concedida em maio de 2017, o fotógrafo explicou que Lodhi contou que o filhote ficou inconsciente e foi clicado ao ser acolhido pela mãe.

Coelho com pelos queimados

A foto de um coelhinho com os pêlos queimados foi tirada na Califórnia (EUA) em 2018, quando  o incêndio Woolsey atingiu áreas próximas à Malibu. O animal foi clicado pelo fotógrafo Chris Rusanowsky a serviço da Shutterstock.

Fogo que percorrendo a Amazônia

Na imagem mostrando uma faixa fogo consumindo a floresta é real e foi tirada na Floresta Amazônica, mas é de agosto de 2017 e foi feita pelo fotógrafo Bruno Kelly, durante a “Operação Onda Verde”, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Essa é uma ação do órgão para tentar diminuir o desmatamento ilegal na Amazônia com equipes de agentes que buscam e desmontam acampamentos, além de multar os desmatadores e recolher equipamentos.

- Publicidade -

Foto: Reprodução

Duas onças queimadas

Uma das foto de uma onça queimada, morta no meio da vegetação surgiu em páginas de esquerda no Facebook com a seguinte legenda:

“Animal tentou fugir das queimadas criminosas de Bolsonaro na Amazônia”

No entanto, a imagem é de 2016, como podemos ver nesse site. O animal teria morrido em uma cidade do estado do Paraná!

Outra foto, publicada na página Jovens de Esquerda no Facebook, mostram outra onça que teria sido morta nas queimadas de agosto de 2019, mas na verdade,trata-se de um animal morto em novembro de 2018 na cidade de Goioré, também no Paraná.   

A foto da Amazônia queimada compartilhada por Jaden Smith

O ator norte-americano Jaden Smith compartilhou no seu perfil do Instagram uma foto de um incêndio na Amazônia e, apesar da postagem receber milhares de interações, a foto é de 1989 e foi feita por um fotógrafo do The Guardian e usada em um artigo de 2007. A mesma fotografia foi utilizada novamente em 2016, numa matéria do jornal The Independent

https://www.instagram.com/p/B1bRzP6j8KS/

Cristiano Ronaldo e a floresta em chamas

O jogador de futebol português Cristiano Ronaldo também publicou foto de um incêndio na floresta em seu perfil do Instagram como sendo de 2019:

https://www.instagram.com/p/B1eXVHMA9AT/

No entanto, a foto é de março de 2013, e foi feita pelo fotógrafo Lauro Alves na Estação Ecológica do Taim no Rio Grande do Sul

Conclusão

A situação em relação aos incêndios na região amazônica em agosto de 2019 é preocupante e não é preciso fotos antigas para demonstrar isso. Em 2019, o índice de queimadas no País cresceu 83% em relação ao mesmo mês no ano passado. 

Esse artigo está em aberto e vamos inserir mais fotos à medida em que formos averiguando.

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

25 COMENTÁRIOS

  1. NOSSA! 😮 Com o advento das queimadas na Amazônia, Rondônia etc apareceu uma CHUVA DE FAKE NEWS, heim!? 😐 Observo ainda que, além das pessoas comuns, muitas dessas Fakes foram propagadas pela Esquerda; Ambientalistas; Defensores de Animais; Celebridades; Mídias alternativas Nacionais e Estrangeiras; políticos; autoridades; entidades etc. SURREAL! 😐

    • Faltou falar que a Amazônia não produz 20% de nosso oxigênio e NÃO é o pulmão do mundo, como estas mesmas celebridades e páginas andam espalhando.

    • Para Sabotar o governo ta valendo quase tudo… Manchar a imagem do Brasil no mundo para provocar boicote nas exportações vai prejudicar nossa economia, e quem vai sair perdendo são os mais pobres… essa casta elitista de esquerda, funcionários públicos, artistas e Ambientalistas não serão afetados por tamanha crise…

    • Engraçado como os grupos de direita acreditam facilmente nesse site quando convém e ficam choramingando e dizendo que o site quando não convém, ninguém está interessado na verdade, só o que querem é confirmar a narrativa que mais os agradem, “fodasse” a verdade, fodasse se o político de estimação dessa pessoa não é aquilo que diz, o importante é manter o orgulho e jogar a responsabilidade de qualquer coisa no outro, o que importa é transformar política em futebol e torcer por seu time mesmo que ele perca a partida, mesmo que o jogador cometa uma falta, o negócio é negar a verdade amarga e mergulhar em uma doce ilusão, de ser o dono da razão, de ser patriota, a favor das minorias, conservador, moderno, lula livre, bolsominion e viver no seu curral eleitoral a sua ilusão personalizada, ao seu gosto, rir a da ilusão do outro, de quem não faz parte desse universo e se sentir superior mesmo estando no mesmo buraco.

      • @Gustavo Lins , concordo e ASSINO EM BAIXO em tudo que você disse! Eu venho aqui no E-Farsas para me divertir com o desmascaramento das MENTIRAS que circulam na Internet. Mas quando o assunto é político, SAI DE BAIXO que vem uma ENXURRADA de militantes FANÁTICOS e/ou os que eram leitores do E-Farsas, porém FANÁTICOS, preferem abandonar o site e abraçar a MENTIRA só porque atingiram sua ideologia. 😉 KKKKKKKKKKKKK! 😀

    • @Rafique Silva Almeida , eu observei que a Imprensa e/ou Mídias Tradicionais Corporativas já publicaram fotos (incluindo de satélites), vídeos e documentários sobre a situação ATUAL das queimadas na Amazônia, Rondônia, Cerrado etc. Só que não faz muito sentido postar aqui, já que são VERDADEIRAS e/ou não foram postas em DÚVIDA, não é mesmo? 😐

    • Se o Gilmar tivesse feito referência às fotos verdadeiras, o gado mugiria alto que ele é esquerdista, petista…
      É fato que o desmatamento aumentou muito desde janeiro, fato que o presidente tentou a todo custo esconder, atacando publicamente ONGs e institutos renomados de pesquisa por divulgar dados sobre o desmatamento.

    • Verdade, passa a impressão que SÓ tem fotos falsas pra quem quer acreditar nisso. Tem só a notinha de rodapé, mas não tem o mesmo efeito. As pessoas vão chamar a queimada de fake news por causa disso.

  2. Estão politizando esse assunto demais para agradarem as narrativas que os convém,mas não fazem nenhuma ação concreta para preservar a amazônia de fato,menos política e mais ação por favor!

  3. O uso de falsidades tem sido uma estratégia danosa usada por idiotas para tentar dar credibilidade a suas crenças e argumentos, o que parece vir sendo um subproduto da democratização das comunicações. Todos têm voz, de modo que mesmo a burrice consegue espalhar pelo mundo suas cretinices, que os outros despreparados difundem ao infinito. O tiro no pé, no caso da Amazônia, é que por conta das falsidades fotográficas acaba-se por desacreditar a realidade: o desmatamento da Amazônia aumenta, precisa ser contido, pois a mata é importante para o Brasil, além de favorecer o resto do mundo. Que para árvore derrubada se plantem dez mil, para compensar a destruição. E vamos cuidar dos índios e dos animais que lá habitam.

    • @Goiano , infelizmente, Fakes News digitais de cunho ideológico são uma triste REALIDADE relativamente recente que teremos que aceitar que EXISTE e também precisa ser COMBATIDA. Quando essas PORCARIAS surgiram não tínhamos armas/ferramentas, hoje nós temos: as AGÊNCIAS ANTI FAKE NEWS e/ou FACT-CHECKING como o E-Farsas e muitas outras que estão surgindo. Finalmente temos um EQUILÍBRIO DE FORÇAS na Internet: FAKE vs FATO. 😉

  4. Se 83% maior como vocês afirmam no final. Onde estão as fotos atuais?

    Porque moradores da região estão mostrando vídeos e fotos contrariando vocês? Afirmando que é muito menor que anos anteriores?

    Até mesmo a NASA afirma isso ?

    • @Ricky Willians , Marco Faustino (fantástico colaborador do E-Farsas) soltou uma matéria a esse respeito aqui neste site intitulada “Dados do INPE mostram o menor índice de queimadas na Amazônia desde 1998?”. 😉

  5. Focos de queimadas (o chamado “Fire Counts” em inglês) não são os dados que verdadeiramente importam. É uma quantidade que não diz nada. O importante seria analisar a ÁREA DESMATADA (o que aí sim é um problema e já engloba dados de incêndios, exploração, etc) em comparação com os últimos 10~20 anos. Poderia conseguir esses dados e acrescentar no artigo, Gilmar?

    • @Guilherme Couto , Marco Faustino do E-Farsas soltou a análise de alguns dados preliminares numa matéria intitulada “Dados do INPE mostram o menor índice de queimadas na Amazônia desde 1998?”. Entretanto, o ideal seria esperar o relatório completo do INPE quando a situação da Amazônia e demais tiverem sido controladas. 😉

  6. Minha opinião! Não importa qual o partido político que você defende, temos aqui um problema grave, que está sendo usado como meio de ferir ambos os lados da moeda. Pois os dois lados estão surfando no assunto para se atacarem. Então olhem pro correto aqui. O problema existe sim e não podemos dar as costas, mas usar imagens mentirosas é errado, até porque as imagens reais mostram o problema, mas sinceramente não são tão chocantes quanto as que estão circulando para fazer pessoas aparecerem e lados de governos saírem como bonzinhos ou vilões. Só a minha opinião!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui