20.4 C
São Paulo
quarta-feira, abril 21, 2021

Gato reaparece vivo 5 dias depois de ter sido enterrado!

- Publicidade -

Será verdadeira a história do gato Bart, que teria ressuscitado 5 dias após ter sido dado como morto e enterrado, na Flórida?

A notícia apareceu na web no dia 27 de janeiro de 2015. De acordo com a inacreditável manchete, o gato Bart teria sido enterrado após ser atropelado em uma rodovia da cidade de Tampa, na Flórida (EUA) e, cinco dias depois, reapareceu vivo na casa de seu dono!

Ellis Hutson – o dono do bichano – afirma te-lo encontrado no meio da rodovia, sem vida e banhado em uma poça de sangue e, com a ajuda de um amigo, enterrou o felino ali perto. O susto teria vindo 5 dias depois, quando o gato reapareceu em sua casa, todo cheio de feridas, mas vivo.

Será que essa história é verdade ou farsa?

Bart teria reaparecido vivo 5 dias depois de ter sido enterrado na Flórida! Será que isso é verdade? (foto: Reprodução/Facebook)
Bart teria reaparecido vivo 5 dias depois de ter sido enterrado na Flórida! Será que isso é verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

 

Verdade ou farsa?

Por mais estranha que possa parecer, a notícia é real! É claro que não se trata de um gato zumbi, mas tudo indica que a análise do dono do felino no momento em que ele encontrou o corpo de seu gato não foi muito bem feita. Ele disse em entrevista à rede de notícias ABC News que ficou muito triste ao ver que seu bicho de estimação tinha morrido e que viu seu amigo enterrando o felino.

“Éramos muito próximos, não poderia enterrá-lo […] Coloquei-o no acostamento da estrada e fui chamar meu amigo David. Ele cavou um buraco e cobriu o gato com a terra. Eu testemunhei ele enterrar o gato”, disse Ellis durante a entrevista!

Cinco dias após o trágico acidente, Bart (o gato que havia sido dado como morto) apareceu no quintal do vizinho, desidratado, com a mandíbula quebrada e com um dos olhos furados!

Sem dinheiro para o tratamento, Ellis Hutson levou Bart à Animal Health Center at the Humane Society of Tampa Bay (uma ONG que cuida de animais desabrigados na Flórida), onde o bichano foi tratado!

No Facebook, a ONG contou que o dono do gatinho se enganou ao pensar que seu animal de estimação estivesse morto e o enterrou precocemente: 

- Publicidade -

 

A rede de TV Fox foi uma das inúmeras emissoras que cobriram a curiosa notícia do gatinho que conseguiu cavar e sair da sua própria sepultura:

[iframe: width=”600″ height=”450″ src=”https://www.youtube.com/embed/S3M64G_lNn4″ frameborder=”0″ allowfullscreen]

 

No dia 23 de janeiro, a Animal Health Center at the Humane Society of Tampa Bay avisou em seu perfil do Facebook que Bart já consegue se alimentar sozinho e que passa bem!

Conclusão

Um gato conseguiu se desenterrar de sua própria cova, na Flórida. No entanto, a sua morte não foi constatada por um profissional! É possível que os sinais vitais do animal estavam tão fracos que seu próprio dono achou que ele estava morto e, com a ajuda de um amigo, acabou enterrando o pobre felino (que estava ainda vivo). Parece que agora só restam 6 vidas para o “sortudo” Bart!

Atualização – 29/01/2015

De acordo com o amigo leitor Sérgio Miranda, a lenda entre os norte-americanos diz que lá nos EUA os gatos possuem 9 vidas, portanto o felino desse artigo ainda tem à sua disposição 8 vidas e não 6 como havíamos informado! 🙂

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

11 COMENTÁRIOS

  1. aqui em casa sempre que um gato morre eu sempre espero e confirmo se o corpo do gato já está rígido para enterrar, por mais que pareça que está sem vida, eu nunca enterro sem ter certeza de que morreu mesmo.

  2. Cara, sinto uma coisa ruim toda vez que leio essa noticia. Não sei se é pena do gato pelo que passou, ou se é por que isso nos leva a pensar que muitos animais podem estar sendo enterrados vivos por seus donos por diagnosticarem a morte incorretamente…
    Na noticia que li, o dono dizia que o gato tinha aproximadamente 2 anos de vida. Espero que ele tenha uma vida longa ja que ganhou essa segunda chance =P

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui