23.6 C
São Paulo
quinta-feira, julho 7, 2022

Gustavo Perrella, do helicóptero com cocaína, foi nomeado para o Ministério do Esporte de Bolsonaro?

- Publicidade -

É verdade que o ex-deputado federal Gustavo Perrella foi nomeado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para o cargo de Ministro do Esporte?

A notícia surgiu nas redes sociais na segunda quinzena de novembro de 2018 e rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados na política. De acordo com o texto amplamente compartilhado, o ex-deputado federal Gustavo Perrella – que ficou conhecido em 2013 quando um helicóptero de sua empresa ser apreendido pela Polícia Federal com 445 kg de cocaína – teria sido nomeado Ministro do Esporte pela equipe de Jair Bolsonaro para o início do seu mandato, em janeiro de 2019.

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

É verdade que o ex-deputado federal Gustavo Perrella foi nomeado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para o cargo de Ministro do Esporte? (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

No dia 31 de outubro de 2018, o presidente eleito Jair Bolsonaro deixou claro através do seu perfil no Twitter que todos os nomes dos ministros nomeados por ele serão anunciados através dele mesmo e que tudo o que for noticiado a respeito (e que não estiver nas suas redes) é especulação “maldosa e sem credibilidade”:

Aliás, semanas antes, Jair Bolsonaro afirma no seu perfil do Twitter que desautoriza que se publiquem notícias a respeito das suas decisões por qualquer grupo chamado “equipe de Bolsonaro”. Com isso, o presidente eleito deixa claro que todos anúncios deverão partir dele:

Procuramos nas declarações de Jair Bolsonaro a respeito da nomeação do “dono do helicóptero de cocaína” para o Ministério do Esporte nas publicações do presidente eleito e não encontramos nada.

Origem

A notícia afirmando que Gustavo Perrella teria sido nomeado para um ministério surgiu de uma “confusão” feita com uma reportagem do jornal Estadão, em junho de 2016! Conforme explicado pela reportagem do jornal, na época, o Ex-deputado estadual estava assumindo o cargo de Secretário Nacional de Futebol e não de ministro:

- Publicidade -

Reprodução/Estadão

Em novembro de 2018, alguém pegou essa notícia antiga e resolveu compartilhar o assunto novamente, dando a entender de que se tratava de uma nomeação de Jair Bolsonaro!

Conclusão

Gustavo Perrella, dono do helicóptero apreendido com cocaína em 2013, não foi nomeado para o Ministério do Esporte por Jair Bolsonaro! Alguém pegou uma notícia de 2016, quando o ex-deputado foi nomeado para Secretário Nacional de Futebol, e a espalhou como se fosse uma notícia recente!  

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

16 COMENTÁRIOS

    • Foi DURANTE o governo federal de Dilma Rousseff, MAS o então deputado Perrela, do PSDB e ‘braço direito’ e apoiador de Aécio, também do PSDB, quem traficou a cocaína…*Ora, ora, ora…*
      *O que são 39 kg dentro do “Brazilian Air Force Number One”, em comparação com os 450 kg do “Perrela-Aécio’s Helicoca”* ❓❗

  1. Eu fico só olhando que o povo vem se aproveitar das análises do Gilmar pra fortalecer ideologia política. Isso é ridículo demais.

    Já notei que o Gilmar não toma partido nas análises que faz, e se tem muita coisa falando de político, é porque tem gente doente que espalha mentira nas redes sociais, se aproveitando da situação do país.

    Vamos ter senso crítico, gente. Todos perdem com essa treta sem sentido.

    • A ideologia surge da forma como os esclarecimentos estão sendo dados. É óbvio que Gilmar tem tendências esquerdistas (por vários assuntos que procurei e em que percebi a tendência), mas quero crer que suas informações são corretas. Faz mais de dez anos que uso este site como esclarecimento. Se é verdadeiro ou falso, deveria ser informado antes dos esclarecimentos, do contrário, fica ambíguo até o esclarecimento final.

  2. Bolsonaro durante a campanha:

    “Nossos ministérios não serão compostos por condenados por corrupção, como foram nos últimos governos.”

    Nomeia Ricardo Salles para ministério do meio ambiente, um advogado de família rica, que já foi condenado por corrupção e pasmem, por CRIME AMBIENTAL.
    Sim Bolsonaro nomeou para ministério do meio ambiente um ministro o qual foi condenado por corrupção por crime ambiental. Dá pra ser pior?

    https://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2018/12/19/futuro-ministro-ricardo-salles-e-condenado-em-acao-de-improbidade.htm?fbclid=IwAR1IgP8yh_GQp1Jd9j5fAWrdf3Oy0cZ1dM8zwVfb7aW9BmWhaTBfLFk8OEA

    Bolsonaro ainda disse “quando vi ambientalistas criticando Ricardo Salles, soube que acertamos na escolha”
    https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,quando-vi-entidades-ambientais-criticando-ricardo-salles-falei-acertamos-diz-bolsonaro,70002643857?fbclid=IwAR1hPv_UuUSIB0_0uwHmPLJDPXFyGw3gEWOny72cnaMl1-AmdK_fCt_yCMc

    E tem gente cega, pela ignorância, idolatria, e ódio ao PT, defendendo o Bolsonaro no desastre atual de Brumadinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui