Incrível ilusão em uma escadaria em Rochester!

3
9053

Escadas de um edifício em Nova York chamam atenção por uma particularidade: ao subir o descer, se chega sempre ao mesmo lugar! Verdadeiro ou falso?

A estranha construção teria sido idealizada por um arquiteto em Rochester – uma cidade de Nova York – e é um projeto que desafia as leis da física (e da lógica): Alguns lances de escadas que chegam sempre ao mesmo lugar, independente se o visitante está subindo ou descendo.

Alguns vídeos publicados na web mostram a curiosidade. Várias pessoas subindo as escadas e, ao virarem o lance, acabam aparecendo no andar inferior!

Dá só uma olhada em dois dos vídeos e descubra conosco se isso é verdadeiro ou falso:

https://www.youtube.com/watch?v=FEAtqHmJ01U

E esse:

[iframe: width=”590″ height=”332″ src=”http://www.youtube.com/embed/6Ogq8ZBCvko” frameborder=”0″ allowfullscreen]

 

Verdadeiro ou falso?

A ideia de uma escadaria infinita não é nova. Foi idealizada em forma de imagens pelo artista gráfico holandês Maurits Cornelis Escher em 1960 e suas gravuras, que sempre brincavam com a perspectiva e com a física, se tornaram referência para vários outros desenhistas e pintores que vieram depois.

A seguir, um vídeo que o E-farsas fez para tentar explicar a verdade por trás dessa história:

Já mostramos aqui no E-farsas um experimento feito por um jovem inventor que teria conseguido reproduzir a famosa cachoeira de Escher na sala de sua casa. Mas descobrimos que não foi bem assim que aconteceu…

Voltando à escada de Nova York

O vídeo é falso!

Tudo não passou de um projeto de um estudante norte-americano chamado Michael Lacanilao. Em março de 2013, Michael iniciou uma conta no Kickstarter (site que ajuda a organizar Crowdfundings ou as famosas “vaquinhas” para apoiar projetos e pesquisas).

A meta de Michael era a de arrecadar 12.000 dólares para financiar o que ele chamou de “criação de um mito” que era, na verdade, a produção de um documentário e de uma série de vídeos curtos sobre as fabulosas escadas infinitas de Rochester.

Para tentar criar o mito, Lacanilao fez alguns filminhos de menos de um minuto de duração e começou a espalha-los no YouTube e em outros sites de vídeos como se fossem trechos de documentários antigos.

Na página do projeto no Kickstarter, Michael explica que usou efeitos especiais para criar as suas obras.

https://www.youtube.com/watch?v=GiTK3tbNt4Q

 

Além de editar as imagens para criar a ilusão de que as escadas não tem fim, Michael também contou com a ajuda de pessoas que tem irmãos gêmeos. No vídeo, o “apresentador” desce e sobe os lances de escada e encontra a mesma pessoa no mesmo andar. Na verdade, ele encontra alguém parecido com a pessoa que estava no andar anterior.

Infelizmente, a criação do mito da escadaria infinita não vingou. Apenas 30 pessoas apoiaram a ideia e o rapaz conseguiu arrecadar apenas U$940 até o encerramento da campanha, no dia 22 de abril de 2013.

Conclusão

Os vídeos são falsos! A escadaria infinita não existe. Tudo não passou de um projeto criado por um estudante norte-americano.