Joe Biden perdeu o “status” de presidente eleito após mudança na Pensilvânia?

1
4705

Desde ontem (9) vem viralizando no Twitter uma história que Joe Biden, projetado pelos principais veículos de comunicação norte-americanos, como o presidente eleito dos EUA, teria perdido esse status após um suposta mudança ocorrida na Pensilvânia.

Somente um único tuíte publicado na manhã de hoje (10) já obteve quase mil compartilhamentos (retuítes) e seis mil curtidas em poucas horas:

Tuíte que viralizou.

Entretanto, será que essa história é verdadeira? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! Diversos apoiadores de Donald Trump, além de apoiadores e simpatizantes do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, propagaram que um site político norte-americano chamado “RealClearPolitics” teria mudado sua projeção sobre Joe Biden em relação ao Estado da Pensilvânia. No entanto, não houve nenhuma alteração, porque o referido site nunca projetou um vencedor para esse estado, assim como outros.

Independentemente das projeções do site “RealClearPolitics”, todas as grandes emissoras de TV nos Estados Unidos, além da agência “The Associated Press” projetaram Biden como o vencedor da Pensilvânia, onde as contagens o mostram liderando com mais de 45.000 votos.

Infelizmente, Donald Trump está contestando os resultados, insistindo, sem nenhuma prova, de que a eleição foi roubada dele.

A Origem da Desinformação

Toda essa história girou em torno de um site chamado “RealClearPolitics”, que cobre o mundo político dos Estados Unidos, além de servir como um agregador de dados de pesquisas. Diversos apoiadores de Donald Trump, assim como apoiadores e simpatizantes do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, começaram a espalhar a notícia de que o site havia retirado a projeção de vitória de Biden em relação ao Estado da Pensilvânia.

Aparentemente, essa desinformação foi inicialmente disseminada por Rudy W. Giuliani, advogado e conselheiro de Donald Trump, no início da noite de ontem.

Seu tuíte obteve mais de 30 mil compartilhamentos desde então:

Aparentemente, essa desinformação foi inicialmente disseminada por Rudy W. Giuliani, advogado e conselheiro de Donald Trump, no início da noite de ontem.

Em seguida, Sean Spicer, ex-secretário de imprensa da Casa Branca, também afirmou que o site “RealClearPolitics” havia mudado sua projeção em relação a Biden.

Seu tuíte obteve mais de 10 mil compartilhamentos desde então:

Curiosamente, cerca de uma hora depois, Sean Spicer, disse que havia se enganado.

O motivo? O site “RealClearPolitics” não havia projetado o vencedor nos estados da Carolina do Norte, Alasca, Arizona, Geórgia, tampouco na Pensilvânia. Portanto, segundo o site “RealClearPolitics” nenhum candidato teria alcançado até agora os 270 delegados necessários para se eleger.

A correção de Sean Spicer, no entanto, obteve pouco mais de mil compartilhamentos.

Aliás, Tom Bevan, um editor e co-fundador do site, desmentiu publicamente, através do Twitter, as alegações de aliados de Donald Trump:

As Projeções do Site “RealClearPolitics” Mudam Alguma Coisa no Cenário Atual?

Não! Todas as grandes emissoras de TV, além da agência “The Associated Press” projetaram Biden como o vencedor na Pensilvânia, onde as contagens o mostram liderando com mais de 45.000 votos.

Infelizmente, Donald Trump está contestando os resultados, insistindo, sem nenhuma evidência clara, de que a eleição foi roubada dele. Trump segue atrás de Biden nos estados de Nevada, Arizona e na Geórgia. Diga-se de passagem, Trump precisaria reverter pelo menos três estados para mudar o resultado da eleição.

Conclusão

Falso! Diversos apoiadores de Donald Trump, além de apoiadores e simpatizantes do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, propagaram que um site político norte-americano chamado “RealClearPolitics” teria mudado sua projeção sobre Joe Biden em relação ao Estado da Pensilvânia. No entanto, não houve nenhuma alteração, porque o referido site nunca projetou um vencedor para esse estado, assim como outros.

Independentemente das projeções do site “RealClearPolitics”, todas as grandes emissoras de TV nos Estados Unidos, além da agência “The Associated Press” projetaram Biden como o vencedor da Pensilvânia, onde as contagens o mostram liderando com mais de 45.000 votos.

Infelizmente, Donald Trump está contestando os resultados, insistindo, sem nenhuma prova, de que a eleição foi roubada dele.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here