19.4 C
São Paulo
terça-feira, setembro 28, 2021

Novo trem-bala do Japão alcançou uma velocidade de 4.800 km/h?

- Publicidade -

No dia 9 de setembro de 2020, uma página no Facebook chamada “Mundo Nipo” divulgou um vídeo com a seguinte alegação (arquivo):

O novo trem-bala japonês alcança inimagináveis 4.800 km/h, completando o percurso da estação de Shin Osaka até Tokyo (502,3 km) em apenas 10 minutos

Confira a publicação:

Publicação da página “Mundo Nipo” no Facebook

Assim como o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=NpsKi9485Xg

Desde então, a publicação já obteve mais de 34 mil compartilhamentos!

Entretanto, será que isso é verdade? Um trem-bala alcança essa velocidade? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! Na verdade, o vídeo foi manipulado digitalmente para tentar simular como seria um trem-bala viajando a uma velocidade de 4.800 km/h! Aliás, essa informação é mencionada na descrição do vídeo do canal “Fermata Studio”, no YouTube, que foi o responsável por sua criação.

Originalmente publicado no dia 2 de agosto de 2020, os criadores disseram que se tratava de uma técnica chamada time-lapse, ou seja, o vídeo foi artificialmente acelerado.

Os criadores disseram que se tratava de uma técnica chamada time-lapse, ou seja, o vídeo foi artificialmente acelerado.

- Publicidade -

Outro detalhe é que, atualmente, uma viagem de trem-bala entre as cidades de Osaka e Tóquio (Tōkaidō Shinkansen) leva mais de duas horas! Embora possa parecer muito tempo, é importante ter em mente, que se essa mesma viagem fosse feita de ônibus demoraria entre 8 e 9 horas. Ah, o trem-bala, nessa linha, possui uma velocidade de operação de 285 km/h.

Enfim! Para completar, não ha nenhuma informação sobre a existência de um novo trem-bala japonês ou de qualquer outro país que alcance essa velocidade.

Qual a Velocidade Máxima de um Trem-Bala no Japão?

Em 2019, o Japão andou testando um modelo de trem-bala (ALFA-X) capaz de alcançar cerca de 400 km/h! Contudo, ele estava previsto para entrar em operação somente em 2030, e ainda assim como uma velocidade um pouco menor: 360 km/h! Futuramente, tudo indica que ele se tornará um dos modelos mais velozes do mundo em operação.

Atualmente, no entanto, o modelo mais rápido em operação no Japão é o N700S, que foi lançado em julho de 2020, com uma velocidade máxima 360 km/h. No entanto, por uma questão de segurança, o trem-bala irá operar com passageiros a uma velocidade de 285 km/h.

Já em termos de recordes mundiais de velocidade, a maior já registrada foi de trem-bala testado numa linha experimental no Japão, em 2015. O veículo alcançou a incrível marca de 603 km/h.

Aliás, conforme bem lembrado pelo site de checagem “Boatos.org”, se o vídeo fosse real, a velocidade do som (1234,8 km/h) seria quebrada em quase quatro vezes, o que acabaria causando muitos danos a edificações ao redor do trajeto percorrido pelo trem-bala.

Atualização 26/10/2020

Em outubro de 2020, apresentamos em vídeo um resumo dessa história para o programa “Olá, Curiosos!”

https://www.instagram.com/p/CGpFmEfg7CW

Conclusão

Falso! Na verdade, o vídeo foi manipulado digitalmente para tentar simular como seria um trem-bala viajando a uma velocidade de 4.800 km/h! Essa informação foi mencionada na descrição do vídeo do canal “Fermata Studio”, no YouTube, que foi o responsável por sua criação.

- Publicidade -
Marco Faustinohttp://www.e-farsas.com/author/marco
Jornalista e colaborador do site de verificação de fatos E-farsas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos e casos supostamente sobrenaturais.

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

21 COMENTÁRIOS

  1. “Para completar, não ha nenhuma informação sobre a existência de um novo trem-bala japonês ou de qualquer outro país que alcance essa velocidade” nem deveria tratar isso como suposição pois supera as leis da fisica logo, seria impossivel um veiculo atingir mach 4 no solo e se manter nele sem que sofresse efeito aerodinamico e tentasse se elevar. 2 ao passar de mach 1 ja quebraria a barreira do som causando “BOOM” SONICO E AI SE PERGUNTEM, QUE GOVERNO PERMITIRIA ISSO DENTRO DE UMA CIDADE? 3 Quantos km antes do destino ele teria que começar a frear? 4 qual o proposito de um estudio criar isso que não seja gerar confusão?

    • O propósito é puramente um efeito estético. Como fala claramente na descrição, isso é uma criação digital. Outra pista é a marca d’água “FERMATA STUDIO”. Quem causa confusão são aqueles que repassam como verdadeiro sem mínima checagem.

  2. “Para completar, não ha nenhuma informação sobre a existência de um novo trem-bala japonês ou de qualquer outro país que alcance essa velocidade” nem deveria tratar isso como suposição pois supera as leis da fisica logo, seria impossivel um veiculo atingir mach 4 no solo e se manter nele sem que sofresse efeito aerodinamico e tentasse se elevar. 2 ao passar de mach 1 ja quebraria a barreira do som causando “BOOM” SONICO E AI SE PERGUNTEM, QUE GOVERNO PERMITIRIA ISSO DENTRO DE UMA CIDADE? 3 Quantos km antes do destino ele teria que começar a frear? 4 qual o proposito de um estudio criar isso que não seja gerar confusão?

    • O propósito é puramente um efeito estético. Como fala claramente na descrição, isso é uma criação digital. Outra pista é a marca d’água “FERMATA STUDIO”. Quem causa confusão são aqueles que repassam como verdadeiro sem mínima checagem.

    • Acredito que você deve saber que “Mach 1”, “Mach 2”, “Mach 3”, “Mach 4” e “Mach 5”, por exemplo, são múltiplos da velocidade do som, não é mesmo? Portanto, 4.800 km/h é quase quatro vezes a velocidade do som, ou seja, quase Mach 4.

    • Acredito que você deve saber que “Mach 1”, “Mach 2”, “Mach 3”, “Mach 4” e “Mach 5”, por exemplo, são múltiplos da velocidade do som, não é mesmo? Portanto, 4.800 km/h é quase quatro vezes a velocidade do som, ou seja, quase Mach 4.

  3. Primeira coisa que pensei como engenheiro foi: IMPOSSÍVEL ALGUEM VIAJAR COM CONFORTO A MACH4. Mecanicamente é impossível atingir MACH4 e fazer aquela trajetória. Como assim ele viaja a MACH2 dentro de um tunel? Nessa parte, dei pause e fui atrás pq tinha que confirmar essa fakenews!

    Parabens pelo trabalho Marcos.

    • Eu imaginava que, com uma aceleração gradual, seria possível. Por exemplo, um carro de corrida, que tem velocidades próximas de 300km/h coloca grandes cargas G sobre o piloto, mas um avião comercial em velocidades de mais de 900km/h é confortável pros passageiros.

      Aliás, falando em aviões, os caças tem um efeito de aceleração ainda maior nos pilotos, mas os Concorde, mesmo também sendo supersônicos também eram confortáveis.

      Como leigo, acredito que o maior problema de se viajar a Mach 4 é que não teríamos uma rota longa o bastante na maior parte do planeta pra tornar a aceleração e desaceleração confortáveis…

      • O problema maior é a atmosfera. No espaço é possível viajar a velocidades acima dos 27 mil km/h, porém na Terra a atmosfera limita isso. Talvez em túneis com vácuo e utilizando levitação magnética, porém a infraestrutura necessária pra isso é absurdamente cara e complexa.

  4. Primeira coisa que pensei como engenheiro foi: IMPOSSÍVEL ALGUEM VIAJAR COM CONFORTO A MACH4. Mecanicamente é impossível atingir MACH4 e fazer aquela trajetória. Como assim ele viaja a MACH2 dentro de um tunel? Nessa parte, dei pause e fui atrás pq tinha que confirmar essa fakenews!

    Parabens pelo trabalho Marcos.

    • Eu imaginava que, com uma aceleração gradual, seria possível. Por exemplo, um carro de corrida, que tem velocidades próximas de 300km/h coloca grandes cargas G sobre o piloto, mas um avião comercial em velocidades de mais de 900km/h é confortável pros passageiros.

      Aliás, falando em aviões, os caças tem um efeito de aceleração ainda maior nos pilotos, mas os Concorde, mesmo também sendo supersônicos também eram confortáveis.

      Como leigo, acredito que o maior problema de se viajar a Mach 4 é que não teríamos uma rota longa o bastante na maior parte do planeta pra tornar a aceleração e desaceleração confortáveis…

      • O problema maior é a atmosfera. No espaço é possível viajar a velocidades acima dos 27 mil km/h, porém na Terra a atmosfera limita isso. Talvez em túneis com vácuo e utilizando levitação magnética, porém a infraestrutura necessária pra isso é absurdamente cara e complexa.

  5. Na hora fui ao Google ver a que velocidade viajava o Concorde e enncontrei 2.200 km/h.Como então fazer 4.800 km/h sem voar? e o atrito com os trilhos, que seria responsável pelos sucessivos aumentos de velocidade, iam continuar a existir como? Didem os pilotos que na decolagem, à medida que ganha velocidade na pista o avião tem tendência a sair da pista sozinho, o que eles não permitem, até que avião tenha realmente uma sustentação adequada para subir direto.

  6. Na hora fui ao Google ver a que velocidade viajava o Concorde e enncontrei 2.200 km/h.Como então fazer 4.800 km/h sem voar? e o atrito com os trilhos, que seria responsável pelos sucessivos aumentos de velocidade, iam continuar a existir como? Didem os pilotos que na decolagem, à medida que ganha velocidade na pista o avião tem tendência a sair da pista sozinho, o que eles não permitem, até que avião tenha realmente uma sustentação adequada para subir direto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui