20.2 C
São Paulo
sábado, novembro 27, 2021

O calote – carta de um devedor caloteiro

- Publicidade -

Segue carta de um devedor caloteiro, muito criativo e cara-de-pau, publicada na Folha. (SP)

Um texto interessante circula há anos pela internet. Trata-se de um devedor contumaz que resolve fazer um "acordo" com os seus credores em forma de uma linda carta! Se é verdadeira ou falsa, não sabemos.

Segue o texto abaixo:

 

Esta carta é verídica e foi divulgada pelo próprio
Clube de Dirigentes Lojistas (SPC).

"Prezados Senhores",

Esta é a oitava carta jurídica de cobrança que recebo de Vossas Senhorias…

Sei que não estou em dia com meus pagamentos.

Acontece que eu estou devendo também em outras lojas e todas esperam que eu lhes pague.

Contudo, meus rendimentos mensais só permitem que eu pague duas prestações no fim de cada mês.

- Publicidade -

As outras, ficam para o mês seguinte.

Estou ciente de que não sou injusto, daquele tipo que prefere pagar esta ou aquela empresa em detrimento das demais.

Ocorre o seguinte… Todo mês, quando recebo meu salário, escrevo o nome dos meus credores em pequenos pedaços de papel, que enrolo e coloco dentro de uma caixinha.

Depois, olhando para o outro lado, retiro dois papéis, que são os dois "sortudos" que irão receber o meu rico dinheirinho. Os outros, paciência. Ficam para o mês seguinte.

Afirmo aos senhores, com toda certeza, que sua empresa vem constando todos os meses na minha caixinha. Se não os paguei ainda, é porque os senhores estão com pouca sorte.

Finalmente, faço-lhes uma advertência: Se os senhores continuarem com essa mania de me enviar cartas de cobrança ameaçadoras e insolentes, como a última que recebi, serei obrigado a excluir o nome de Vossa Senhoria
dos meus sorteios mensais.

Sem mais,

Obrigado."

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

14 COMENTÁRIOS

    • Cara Amiga LÍVIA, respondendo o seu comentário digo-lhe que esta carta não é falsa não. Em 1990 eu trabalhava e prestava serviços para uma rede de lojas que se chamava lojas santana, realmente eu recebir algumas cobranças por descuido imaginei que estava paga aí foi quando resolvir a brincar com as supervisoras das lojas anonimamente resultado: elas acharam tudo muita engraçado aí foi parar nas mãos do propietário da rede de loja o Sr. RAIMUNDO SANTANA, na capital da bahia, em Salvador, agora como foi parar na folha de SP aí eu também gostaria de saber.
      Meu nome é Almeida moro na cidade de Itabuna no estado da Bahia.em breve farei esta declaração em vídeo no you to be e as testimunhas serão todos eles que fizeram parte destas loja.

      grato

  1. Em Floripa tem um cara pior, chama-se ****** ********, é um pilandra que engana todo mundo e faz a mesma coisa… Deve mais que bandido no inferno.

    Nunca caiam na labia deste bandido de Floripa
    Pague minha conta VAGABUNDO

  2. que beleza este`Pais é m aravilhoso poi é o PAis do Corruoitos e Dos Falsarios, este Sergio Claudio Ozeias tem 2 CPF , e Estou Fazendo Publiciade Dele é muito picareta e Cara de PAu

  3. Este cidadão é um homem altamente honesto e justo, não está em condições de pagar aos credores de uma vez, isto pode acontecer a qualquer um neste mundo, ainda que não justificável, mas estas empresas dão cartão de crédito até pros cachorros, (com meus respeitos pelo cães, pois muitas vezes eles são mais fiéis que os humanos); não importa se o cidadão está trabalhando ou não, isto é uma irresponsabilidade da empresa, muito embora ela sabe que a financeira lhe paga e esta por sua vez se caloteada recebe das seguradouras, que se vierem a falar teem o amparo do governo.Enfim, isto tudo se chama “sistema mundial”. Mas ele não está se negando a pagar, e encontrou uma maneira justa de pagar uma espresa por mês, o importante é que ele está pagando.O caloteiro é aquele que não paga o que deve.

  4. Duvido que esse Lindivaldo que diz ser o autor da carta, realmente o seja, a carta é muito bem escrita, concisa e sem erros de concordância ou ortografia. O que já não podemos dizer do comentário.
    kkkkkkkkkkk

  5. Noé Lacerda, parabéns… faço das sua palavras , a minha .Nessa crise que se encontra o país , não é muito difícil acontecer isso e esse homem não está se negando em pagar suas dívidas , podia ou pode acontecer com qualquer um de nós .

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui