23.6 C
São Paulo
quinta-feira, julho 7, 2022

O ex-presidente Lula disse que vai cortar os benefícios das igrejas quando for eleito?

- Publicidade -

É verdade que o ex-presidente publicou em suas redes sociais que o seu governo irá acabar com os benefícios das igrejas e que elas terão que pagar impostos?

A imagem com um recorte de uma publicação feita numa rede social começou a se espalhar pela web na segunda semana de fevereiro de 2022, e mostra uma promessa que teria sido feita pelo pré-candidato à Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva.

No texto, Lula teria prometido cortar todos os benefícios das igrejas e que, quando for eleito, passaria a cobrar impostos dessas entidades. Além disso, Lula teria afirmado que ninguém irá mandar mais que o seu governo, nem mesmo Deus!

Será que isso é verdade ou mentira?

Texto que se espalhou nas redes sociais na segunda semana de fevereiro de 2022: “Todo apoio ao vereador de Curitiba Renato Freitas. No nosso governo igreja vai ter seus benefícios cortados, vão pagar imposto e uma taxa de dívida histórica pelo tempo da escravidão. Também serão obrigados a casar gays. No Brasil ninguém vai mandar mais que nosso governo, nem Deus” (foto: reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Fizemos uma busca no perfil do ex-presidente Lula no Twitter e a única menção que encontramos do político a respeito de impostos e igrejas foi feita por ele no dia 15 de setembro de 2020, mas nada sobre casamento gay e dívida histórica sobre escravidão:

No seu perfil oficial no Facebook, Lula também não nada parecido com o que o recorte compartilhado mostra.   

Também procuramos por publicações do ex-presidente que poderiam ter sido apagadas por quem cuida das suas contas nos serviços Archive.is e WebArchive e igualmente não encontramos nada.

O excelente Projeto 7c0, que faz um trabalho fenomenal de arquivar tuites apagados de atores da política brasileira, também não mostra essa publicação que teria sido feita por Lula.

Cadê os prints com variações?

- Publicidade -

Como aconteceu em um caso envolvendo uma falsa publicação associada ao então deputado federal Jair Bolsonaro – onde ele teria dito que “o povo é soberano quando pede o impeachment de um presidente” – apenas um único print da suposta afirmação parece ter sido feito. Isso soa muito estranho, pois o Twitter oferece a opção de uso com o fundo preto ou com o fundo branco e, caso mais alguém tivesse tirado um print da postagem, veríamos variações desses prints nas duas cores espalhadas por aí.

Conclusão

Apesar de já ter se manifestado publicamente contra a isenção de impostos para igrejas, não encontramos indícios de que o ex-presidente Lula tenha afirmado em suas redes sociais que iria acabar com os benefícios para as igrejas e que nem Deus vai mandar mais que o seu governo.   

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui