Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

O juiz Sérgio Moro é filiado ao PSDB do Paraná?

Política

O juiz Sérgio Moro é filiado ao PSDB do Paraná?

Imagem que circula pelas redes sociais mostra que o juiz Sérgio Moro é filiado ao PSDB do Paraná! Será que isso é verdade ou mais uma farsa da web?

A notícia apareceu na internet no final da primeira semana de março de 2016 e mostra o resultado de uma busca no site do Tribunal Superior Eleitoral feita em nome do Juiz Federal Sérgio Moro. Segundo o que o site exibe, o juiz seria filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira no estado do Paraná.

Será verdade que o juiz que está comando a Operação Lava Jato (agora, Operação Aletheia) teria algum vínculo partidário no Paraná?

Juiz Sérgio Moro é filiado ao PSDB! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Juiz Sérgio Moro é filiado ao PSDB! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Existe, sim, um político chamado Sérgio Moro e ele é filiado ao PSDB do Paraná, mas ele não é o mesmo Sérgio Moro da Operação Lava Jato! São pessoas diferentes!

sergio_moro

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Uma busca no site FiliaWeb nos mostra que o Sérgio Moro do PSDB se chama Sergio Roberto Moro e o nome completo do juiz federal é Sérgio Fernando Moro. O partidário nasceu em São José dos Pinhais enquanto que Sérgio Fernando Moro, o juiz, nasceu em Ponta Grossa. Ambos são paranaenses, mas de cidades diferentes!

sergio_moro_filiaWeb

Dá para buscar pelo nome do cidadão diretamente através de uma relação do site do Tribunal Superior Eleitoral!

Além disso, de acordo com a Constituição Federal de 1988, em seu Artigo 95, estabelece que os juizes não podem ser filiados a nenhum partido político!

Conclusão

O juiz Sérgio Moro não é filiado ao PSDB do Paraná! Alguém encontrou um nome parecido na web e criou essa confusão!

Continue lendo
42 Comentários

42 Comments

  1. Fabio Nogueira

    7 de março de 2016 em 23:30

    É verdade que o pai de Sérgio Moro foi fundador do PSDB e a mulher de Sérgio Moro é advogada que presta serviços ao PSDB?

    • Raimundo Bezerra

      12 de março de 2016 em 22:21

      De fato, o pai de Sérgio Moro foi o fundador do PSDB de Maringá – PR. Quanto à esposa dele, ela não advoga para o PSDB. Todavia, ele representou o vice governador que é peessedebista. O escritório que ela trabalha advogam para outras petrolíferas. O que pode indicar interesse em rebaixar a Petrobras em crise!

      • Yume

        22 de março de 2016 em 9:36

        Voce leu a reportagem? O pai dele nunca teve nada com a politica. Isso eh mais um boato do PT.
        Existe um Sergio Moro homonimo ligado ao PSDB e estao se aproveitando disso.

        • silvio amaro vieira

          30 de março de 2016 em 19:17

          Pai do juiz Sérgio Moro foi fundador do PSDB do Paraná
          PDF | Imprimir | E-mail Fábio Barbosa SEG, 22 DE FEVEREIRO DE 2016 00:00
          Pai de Sérgio Moro foi um dos fundadores do PSDB em Maringá Paraná e egresso dos quadros da ARENA, partido político que apoiava a Ditadura

          O Diário do Centro do Mundo (DCM) veiculou neste mês de janeiro uma oportuna e interessante matéria sob o título “Retrato do juiz Sérgio Moro quando jovem”. Durante cerca de setenta dias dois repórteres do DCM percorreram Maringá, Ponta Grossa e Curitiba tentando entrevistar e obter informações sobre a trajetória, desde a infância, do controvertido personagem, uma nova estrela do judiciário brasileiro, transformado em “herói” pelos integrantes dos protestos que pedem o impeachment da presidente Dilma. Moro é hoje, não há qualquer dúvida, o ídolo maior da direita brasileira, tratado a “pão de ló” pela grande imprensa golpista, a PIG, que tem na Folha de São Paulo, no Estadão, na Veja e na rede Globo seu núcleo “de aço”. Por outro lado, um importante grupo de advogados constitucionalistas e criminalistas lançaram recentemente um manifesto acusando Moro de ignorar o princípio de presunção de inocência, de vazamento seletivo de informações, de execração pública dos réus que estão transformando a “lava Jato” num verdadeiro tribunal inquisitorial, de exceção.

          moro-pai37547

          Os repórteres do DCM queixaram-se das dificuldades que os acompanharam ao longo de seu trabalho: os familiares, amigos, vizinhos e colegas estavam orientados para manter silêncio. Sérgio Moro recusou-se a dar entrevista ao DCM. A sua mãe justificou: “ele não dá entrevista para qualquer um, tem amigos na Folha de São Paulo, Estadão, Veja e o Globo para falar quando quiser”.

          O objetivo da reportagem do DCM era conhecer a experiência de vida do juiz, sua orientação religiosa e política, prática de esportes, rotinas do dia a dia. Foram feitas, ou pelo menos tentadas, dezenas e dezenas de entrevistas com familiares, ex-colegas, colegas atuais, professores, ex-professores, integrantes e professores da turma de 1996 da Faculdade de Direito de Maringá, além de um ex-patrão o advogado Irivaldo Joaquim de Souza, assessores de imprensa do judiciário federal e com seus alunos da Universidade Federal do Paraná. Sérgio Moro foi um aluno discreto, não laureado como já foi algumas vezes erroneamente noticiado, tímido, o oposto do tipo namorador.

          Sérgio Moro pertence a uma típica família tradicional de Maringá, sócio do Country Club da cidade, entidade cujo título atinge o valor de 30 mil reais. Estudou entre os 6 e os 16 anos num colégio de freiras carmelitas espanholas onde tinha fama de aluno muito aplicado. Andou de busão pela primeira vez ao começar a frequentar a faculdade, aos 18 anos. Religioso ao extremo, mãe carola. Idolatrava o pai, falecido em 2005, um professor muito respeitado, homem conservador, apoiador da ditadura, fundador e militante do PSDB de Maringá, que foi formado majoritariamente por quadros egressos da ARENA. O próprio Moro recentemente prestigiou um evento promovido pelo PSDB em companhia de João Dória. Sua esposa trabalhou como assessora jurídica do gabinete do governador José Richa (PSDB do Paraná).
          Apesar das dificuldades que os repórteres do DCM encontraram, a matéria é bastante elucidativa. Não surpreende, revela o que a gente imaginava o que Moro é: o típico juiz originário de uma cidade do interior, de família tradicional, com formação religiosa, conservador. O clássico personagem que interessa à grande mídia promover para atacar, enfraquecer e se possível destruir partidos populares, taxados de “populistas” pela oligarquia, que não tolera a existência de voz contrária à crescente concentração da renda e da riqueza do país. A oligarquia e o seu braço, a grande mídia, defendem intransigentemente o “império do Deus Mercado” que resultou nesta brutal desigualdade: 70 milhões de pessoas (1% da população do planeta) tem a mesma renda que os restantes 99%, ou seja, que mais de 7 bilhões de pessoas! E não estão satisfeitos, querem ainda mais!

          Plantão Brasil

          • Lucho

            30 de março de 2016 em 20:51

            Amiguinho, vc errou o lugar.

            Lugar de textão™ é no facebosta.

          • alexandre

            8 de julho de 2018 em 22:27

            Nao existe lugar p textao

      • EVANDRO

        3 de janeiro de 2017 em 23:49

        Fontes confiáveis? Por favor…

        • Marcelo Padilha

          17 de fevereiro de 2017 em 10:39

          Quais? Globo, Veja? Essas?

  2. augusto

    8 de março de 2016 em 0:29

    ESSE PT UMA QUADRILHA DE CANALHA,LADRÕES,AGORA QUEREM DENEGRIR A IMAGEM DE UM JUIZ SÉRIO,QUE NÃO TEVE MEDO E NEM ACEITOU DINHEIRO DESSES CANALHAS.
    O POVO BRASILEIRO TEM QUE SE UNIR,LADRÕES,SEJA DE QUAL PARTIDO FOR,TEM QUE SER PRESO,ONDE JÁ SE VIU ESSES SAFADOS LEVAREM UMA VIDA DE LUXO,COM O DINHEIRO DO POVO,PT,PMDB,PC DO B,TUDO LIXO,ESSA QUADRILHA TEM QUE IR PRA CUBA.
    DILMA BANDIDA!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Eu

      8 de março de 2016 em 17:48

      Canibal, é vc?

    • Alan Souza

      9 de março de 2016 em 13:35

      Sério? Kkkkkkkk!!!

    • NEY

      19 de março de 2016 em 23:23

      QUAL TUA PROFISSÃO PORQUE ESTA TÃO ESTRESSADO OLHA O CORAÇÃO KKKKKK

  3. M. Kr.

    8 de março de 2016 em 9:46

    Segundo o site:
    http://www.brasil247.com/
    A esposa do Moro já assessorou o ex-vice-governador do Paraná Flávio Arns, do PSDB, e por isso passou a ser mencionada como ligada ao partido.
    Seria interessante checar isso.

    Existe todo um histórico de simpatia e apoio da família de Moro ao PSDB neste site:
    http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/12/esposa-juiz-sergio-moro-e-assessora-psdb.html

    A pergunta é: A família tem/teve alguma ligação com o PSDB?

    • Rafael Arroyo

      9 de março de 2016 em 19:12

      Brasil247 e Pragmatismo Político, fontes confiáveis…

    • Wood

      10 de março de 2016 em 9:31

      Anteriormente o Sr. Flavio Arns foi um dos senadores mais influentes do PT, e saiu deste partido pq será hem??? e olha q a irma dele era a D. Zilda Arns

      • Gilmar Lopes

        10 de março de 2016 em 12:21

        E o que esse comentário quer dizer? Não entendi!

  4. Thom

    8 de março de 2016 em 11:21

    GILMAR PETISTA!!! ESTA NOS MANIPUL…. não, pera.

    • Gilmar Lopes

      8 de março de 2016 em 11:40

      Esse tipo de publicação dá um nó na cabeça de muitos conpiracionistas, né? 🙂

      • Thom

        9 de março de 2016 em 10:55

        Muito. Mas a verdade é que as pessoas veem o que querem ver. De alguma forma, tudo é parte da “conspiração”. Vai entender…

  5. Angelo

    8 de março de 2016 em 11:26

    Ok, Sérgio Moro não é filiado, mas a informação fica incompleta ao não revelar que seu pai foi um dos fundadores do PSDB de Maringá e a esposa de Sérgio Moro assessorou juridicamente o vice-governador do Paraná, também do PSDB
    http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/12/esposa-juiz-sergio-moro-e-assessora-psdb.html
    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/retrato-do-juiz-sergio-moro-quando-jovem-por-renan-antunes-de-oliveira/

    • Hass

      9 de março de 2016 em 11:47

      Só fonte confiável

  6. GRANDI NINO

    8 de março de 2016 em 11:57

    O QUE, SE EVIDENCIA, ENTRE UMA COISA E OUTRA, É ESSA SURPREENDENTE ENXURRADA DE ACUSAÇÕES (algumas evidentemente furadas…), MÍDIA FEROZMENTE LANÇADA COMO CÃES RAIVOSOS, ETC… TODOS SOMENTE CONTRA, SIM, ALGUNS VERDADEIROS CORRUPTOS, MAS “PROEMINENTEMENTE COM ENDEREÇO CERTO CONTRA O PT, LULA, DILMA, ETC……. O QUE LEVA A PENSAR, TRATANDO-SE DE UM PAÍS ONDE A CORRUPÇÃO É ENDÊMICA. ESSA TAL DE “JUSTIÇA” CAPITANEADA PELO ELEGIACO JUIZ “SERGIO FERNANDO MORO” REVELA UM EVIDENTE “VIÉS” DELIBERADAMENTE DIRIGIDO….PORTANTO, A PERGUNTA QUE NÃO CONSEGUE SE CALAR, É: PORQUE BATEM EM “CHICO” E “NÃO BATEM EM FRANCISCO?????”

  7. Vera

    8 de março de 2016 em 12:56

    E DAÍ ???? NÃO CONFUNDAM BARAFUNDA COM CALÇA RASGADA NO ……JOELHO !!!! OH, POVINHO CHATO!!!! CUIDADO, INVEJA MATA!!!! #SOMOS TODOS MORO !!!!

    • Voltaremos em 2018

      11 de dezembro de 2016 em 13:28

      Sim, devemos mesmo ir à Cuba. Para aprender a administra Saúde e Educação para todos. Convido a todos que vão para aprender, inclusive esse juiz militante.

  8. Marcos

    8 de março de 2016 em 18:44

    Gente, falem pra galera dos portais de notícias ligados à esquerda (pragmatismo… Diário do… Portal 24…) que o Sérgio F. Moro está processando notícias ao seus respeito a da sua esposa que não tenha provas ou base segura. Já representou contra dois blogueiros.

    • Regina de Cássia Guimarães

      8 de novembro de 2016 em 19:58

      Quer dizer que no caso de moro precisa ter provas, só convicção não serve? ?????

  9. dudu

    9 de março de 2016 em 9:12

    Os palhaços da mortadela roubada não cansam de inventar histórias para denigrir a imagem do juiz. Não sei se ele é honesto ou não, não tenho nada para provar isso, mas fica claro que a naziptralhada está louca para inventar alguma coisa que justifique o roubo de 600 bilhões de dólares (200 bi em dinheiro + 400 bi em desvalorização da PetroMentirabras) pelos meliantes psicopatas da esquerdalha (PT, PSOL, PSTU, PCO, PCdoB, PP, PTB, PMDB, PSDB, e demais legendas asquerosas da esquerda).

    • Alan Souza

      9 de março de 2016 em 13:27

      O cara achar que PSDB, PP e PMDB são de esquerda, aí já viu o nível do comentarista do G1, né?

    • JESSÉ

      10 de março de 2016 em 12:42

      “psicopatas da esquerdalha (PT, PSOL, PSTU, PCO, PCdoB, PP, PTB, PMDB, PSDB, e demais legendas asquerosas da esquerda).”

      Não entendi

      • Lucho

        10 de março de 2016 em 18:50

        Vocês dão muita trela a este TdM (Troll de Merda).

  10. Arthem

    9 de março de 2016 em 13:59

    Filiado ele não é, mas a sua esposa é assessora do PSDB… Não é surpresa alguma os intocáveis como Aécio e Cia terem investigações arquivadas por “falta de provas”. Delcídio abriu a boca foi falando de todo mundo, mas rede Bobo , e amiguinhas não mostram isso. Tem que pegar é tudo quanto é ladrão… dos dois lados, três contando PMDB também.

  11. Renato

    11 de março de 2016 em 0:33

    Os Sociopatas petistas insistem em dizer q quem ta CONTRA eles é do PSDB! ?

  12. Ricardino

    11 de março de 2016 em 17:00

    Prezado Gilmar Lopes, quero dizer primeiramente que acho interessante o trabalho do e-farsas.
    Nunca havia comentado antes nenhum artigo aqui publicado, mas, vejo algumas pessoas aqui falando dos investigados da Lava Jato, principalmente do ex-presidente que hoje diga-se de passagem não ocupa nenhum cargo na presidência.
    Vejo que alguns aqui se levantam ferozmente para defende-lo, e inclusive utilizando-se da estratégia do PT em toda a sua história (eu tenho 42 anos), que é buscar desacreditar e ridicularizar os seus oponentes inclusive até atacando a honra de alguns, e isso para tirar o foco das acusações que pesam sobre eles.
    Eu concordo com o senador Magno Malta, e na verdade gostaria de ouvir o ex-presidente e os componentes de sua organização criminosa (segundo o MP de São Paulo) se levantarem e afirmar diante mídia, que todas as acusações são mentirosas, que eles não conhecem os seus delatores, que não tem negócios com eles e mostrar evidencias de que disso, mas o que fazem? Ao invés de uma postura ética e moral, procuram atacar a justiça e aqueles a quem são atribuídas responsabilidades de investigar e julgar os fatos, na verdade o Lula não tem que atacar a justiça, não tem que atacar o juiz, o que o povo brasileiro espera é que ele como uma pessoa que ocupou o maior cargo neste país, não se levante contra o judiciário, mas que ele se levante contra os seus acusadores e prove que é inocente.
    Quem não deve nada não tem medo de policia, quem não deve nada não tem medo da justiça, não fica procurando recursos para barrar investigações.
    Quando o PT assumiu o poder em 2002, o então presidente podia de fato se gabar de implantar o maior programa de distribuição de renda (que não foi criado por ele), pois naquele tempo havia o que distribuir, a inflação controlada, uma moeda forte e respeitada, um país com um futuro promissor, enfim após tantos anos de uma economia descontrolada o nosso maior desafio havia sido superado: o de controlar a inflação e começar a crescer.
    Hoje 14 anos depois o que resta é um país desmoralizado, com as taxas de desemprego altíssimas, a Petrobrás destruída, a inflação que estava controlada está aí com todo vigor. Vemos um trabalho sério e impar na área da economia através do plano real ser jogado no lixo, e estou me referindo a fatos não sou defensor de FHC, ele deve ter muito quem o defenda, aliás os valores dele são bem diferentes dos meus, também não defendo PSDB ou qualquer outro partido, acho extremamente podre a “politicagem” partidária no Brasil, infelizmente.
    Sabe qual foi o maior problema nos planos dos”donos” do Brasil? Nem todo mundo se vende. Alguma coisa deu errado. O Brasil tem jeito sim. E hoje, eu creio que estou vendo a real possibilidade de passar o nosso país a limpo, não importa quem é o canalha, mentiroso e ladrão, e nem a que partido pertence, precisam ser presos e pagar pelos seus crimes, inclusive sendo obrigados a devolver todo o dinheiro roubado da nação.
    Não adianta reclamarmos de quem rouba milhões, se nós mesmos mentimos na declaração do imposto de renda, se levamos coisas do nosso trabalho escondido pra casa, se a merenda escolar é levada pra casa pelos funcionários da escola, se nós subornamos o guarda porque estamos sem o cinto de segurança, precisamos ter em mente o seguinte: aquele que rouba uma caneta, é por que não teve oportunidade de roubar 2 milhões, os ladões que hoje estão no poder são uma amostragem de nós, e isso precisa ser mudado.
    E a mudança começa em nós, quando não vendermos mais o voto, seja por dinheiro, por favores, por interesses particulares, ou até mesmo por amizade.
    Nós podemos mudar isso, e acho que esta situação em que nos encontramos é uma grande oportunidade para repensarmos os nossos valores, e sermos exemplo para nossos filhos.
    E mais ainda, se queremos ser uma nação próspera, precisamos passar pelo crivo da honestidade, se não passamos é por que deixamos de cumprir com nossa obrigação, porém se quisermos mais, devemos como nação nos submeter a Deus, aí seremos invencíveis.

  13. jose

    11 de março de 2016 em 22:47

    gostei da reposta e de verdade pura pois muito defende dinheiro pobre ou rico se vende

  14. Fabrizio Leone

    11 de março de 2016 em 23:39

    Ainda insistem associar a família do Juiz Moro com os Tucanos? Conheco um dono de academia que foi vizinho da família dele Viu no que da em confiar em sites e blogs ligados com o governo,tinha que ser petista mesmo né! Brasil 247, Pragmatismo Politico, Diário do Centro do Mundo,Conversa Afiada…. ate a Carta Capital ,essa a turma adora citar eles como fontes supostamente confiáveis. O pior de tudo isso(e também o mais cômico) é que esse mesmo pessoal trouxa que confia nesse tipo de noticia, é o mesmo que demoniza a tal da mídia golpista, sabendo que em todas as redações de jornais,revistas emissoras de TV, há décadas já estavam ocupadas por gente da esquerda, principalmente de jornalistas simpatizantes com o governo e do Partido. E ainda tem trouxa que vai dizer que a folha,veja e a dona do plin plin é de direita! A cara de pau é tanta, que fizeram a devassa registrada em um desses sites de forma covarde e de pura calunia.Não adianta, esquerdista é pior do que sogra

  15. Franco

    16 de março de 2016 em 16:39

    Petista é fanático.
    Fanático não é digno de uma discussão.
    São mais fanáticos do que a turma do Edir Macedo.

    PS: se a globo é TÃO poderosa, por que no caso do plebiscito do desarmamento ela fez campanha aberta pela proibição e o povo foi contra ?

    Explica fanático simplista.

  16. Roberto

    17 de março de 2016 em 12:41

    O Comentário do augusto no dia 08/03/16 ele esqueceu de acrescentar o PSDB e a Rede Globo no seu comentário.

  17. Gilberto Ribeiro

    25 de março de 2016 em 8:16

    Na verdade Dilma não esta trabalhando bem ,só que o momento de nós tirarmos o Pt do poder é NA ELEIÇÃO 2018,não com golpe politico e juridico ant constitucional,resumo.
    Dilma não esta indo bem.
    Não sei se Lula roubou.
    Existe golpe sim para tirar a Dilma e ninguém teria como negar .
    Democracia sempre será democracia e não pode ser derrubada somente porque algum politico perdeu nas urnas e ficou igual corno inconformado.

  18. J. Cardim

    27 de setembro de 2016 em 6:14

    Como pode ter gente justificando publicar mentiras em sites ditos jornalísticos e justificar que o juiz que é simplório, religioso, conservador, do interior, sócio do clube, etc… Deveria ser liberal receber a denúncia de roubo de milhões de dinheiro público e não mandar prender?

  19. Gutemberg

    29 de setembro de 2016 em 16:00

    A questão é outra, a obrigação de um Juiz é ser imparcial e sobretudo honesto, não deveria ter cancelado as investigações do escandalo Banestado e assim como fez outro Juiz no caso da Panamá-Papers onde há indicios de envolviemento da rede globo, grupo abril e demais grandes empresas de comunicação deste país.

  20. Rogério

    11 de janeiro de 2017 em 9:18

    Acho que essa discussão perde o sentido quando vemos a foto do moro quase dando um selinho no aécio na entrega do prêmio da isto é ao cara de corno.

  21. Bras Silva

    8 de maio de 2019 em 19:30

    Pode até ser coincidência, mas o ex-juiz Sergio Moro, atual ministro da justiça, é ou era tucano filiado ou não. Ele mesmo disse que não entraria na política, prendeu o maior líder político e melhor presidente do Brasil, sem encontrar nem um centavo de dinheiro ilícito, com um história muito mal contada, sem provas, com delações suspeitas, num processo pra lá de duvidoso e virou ministro da justiça do governo que se beneficiou com a prisão do Lula, podem até ignorar esse fato e se fazer de desentendido, mas os fatos falam por si.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo