17.5 C
São Paulo
sexta-feira, setembro 30, 2022

Os bebês Rugrats não existem. Fruto da imaginação de Angélica

- Publicidade -

Texto que circula pela web afirma que no desenho “Os Anjinhos” os bebês não existem e são fruto da imaginação da Angélica, que é a única que consegue conversar com as crianças. Será verdade?

Essa história apareceu na web em 2011 e diz, com suas variações, o seguinte:

Os bebês Rugrats não existem e eles são produtos da imaginação da Angélica porque a mãe dela a ignora e o relacionamento dela com o pai é superficial e parasita. Por isso ela é a unica que fala com os bebês. Na verdade, Chuckie morreu junto com a mãe dele, por isso Chaz é tão nervoso. Tommy era um natimorto (feto que morreu dentro do útero ou durante o parto), o que levou Stu a sentar no porão para fazer brinquedos para seu filho que nunca teve a chance de viver, e os DeVille tiveram um aborto. Angélica não conseguia decidir se a criança não-nascida seria um menino ou uma menina, então ela simplesmente inventou o mesmo personagem em sua cabeça duas vezes, com diferentes gêneros.” Por isso o nome do desenho no Brasil é Os Anjinhos, pois crianças mortas ‘viram anjos’.

Os Rugrats - os Anjinhos
Rugrats - os Anjinhos. Texto afirma que os bebês não existem e são fruto da imaginação da Angélica!

Mas será que essa história é verdadeira ou falsa?

O desenho “Rugrats – Os Anjinhos” é uma série animada produzida pela Nickelodeon em 1991. Mais tarde, em 1998 foi retornada à produção até o ano de 2005. O tema principal de Rugrats é mostrar como os bebês e as crianças[bb]pequenas veem o mundo ao seu redor. Uma das personagens, Angelica Pickles, tem três anos de idade e consegue se comunicar com os bebês e com os adultos. A série fez enorme sucesso nos Estados Unidos e ainda é exibida aqui no Brasil na TV Cultura.

Analisando o texto

O autor desse texto que ronda a web afirma que a personagem Angélica é a única que fala com os bebês[bb]! Falso. Nesse episódio que separamos a seguir, os adultos falam com as crianças.

[iframe: width=”590″ height=”430″ src=”http://www.youtube.com/embed/CCW7ztmWvbQ” frameborder=”0″ allowfullscreen]

Em uma das cenas, o vovô chega a pegar um dos nenês no colo:

Cena de Rugrats - um dos bebês é pego por um adulto!
Cena de Rugrats - um dos bebês é pego por um adulto! (reprodução do Youtube)

 

- Publicidade -

Nesse outro episódio (segunda parte), Angélica nem aparece e os anjinhos interagem com o ambiente. É estranho isso acontecer se os bebês existem somente dentro da cabeça da garota…

[iframe: width=”420″ height=”315″ src=”http://www.youtube.com/embed/ZuT5DvdQjk8″ frameborder=”0″ allowfullscreen]

Mais adiante, o texto conta que:

Por isso o nome do desenho no Brasil é Os Anjinhos, pois crianças mortas ‘viram anjos’”.

É bom frisar que o nome “Rugrats, os Anjinhos” só existe aqui no Brasil. Em outros países onde o desenho é exibido, o nome é apenas “Rugrats” (que é uma gíria para “crianças” em inglês). Por que só os brasileiros “sacaram” que o desenho tratava de crianças natimortas?

Na versão desse boato em inglês não é mencionada a palavra “anjinhos”. Portanto, foi acrescentada na tradução.

Versão do boato sobre os Rugrats em inglês
Versão do boato sobre os Rugrats em inglês

 

Outro fato que denuncia a farsa é que não há fontes. De onde o autor tirou essa notícia? Quem contou isso para ele?

Aliás, quem é o autor?

Não sabemos! A maioria dos boatos eletrônicos é assim. Não há como saber sua autoria.

Possível influência

Um artigo intitulado “Rugrats: Televisão para pedófilos” afirma que o desenho animado incentiva a pedofilia e é uma ameaça à família americana. Para quem quiser dar uma lida, a postagem está em inglês num site possivelmente mantido pela Igreja Batista. Ideias como essa podem ter influenciado na criação dessa falsa história sobre Os Anjinhos.

Conclusão

História falsa! Apenas mais uma das inúmeras teorias descabidas sobre desenhos animados de sucesso que circulam pela web!

Sites citados

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

18 COMENTÁRIOS

  1. Meu, alguém pegou o link pro site em inglês? Tommy tem a fralda “cheinha”: fetiche para pedófilo.
    Chuck tem cabelos vermelhos e óculos quadrados: Visual gay.
    Phill e Lil, que são gêmeos são quase idênticos: Uma tentativa de fazer homens e mulheres parecerem iguais.
    Angélica, que é mais velha está perdendo os dentes e é dominadora: fetiche.

  2. Esses negocios da net q mostram historias nunca comprovadamente reais, se chamam CREEPYPASTAS, elas são historias de lados negros, em diversos programas. E esse foi um deles, nada foi comprovado, é apenas um passatempo, uma forma de mostrar o outro lado dos desenhos. Não se sabe se é real ou nao.

    =) espero ter ajudado, mais informações digita CREEPYPASTA no google =P

  3. Cara, eu sei q a reportagem é velha pra caramba, e só agora estou lendo, mas comentários como esse “Para quem quiser dar uma lida, a postagem está em inglês num site possivelmente mantido pela Igreja Batista.” são absolutamente perigosos.

    É um comentário tendencioso, partindo de uma possibilidade. Imagine a extensão de uma religião, agora imagine o centro dessa religião. Dúvido que o centro dessa religião concorde com o post que um desenho animado é um perigo à familia americana.

    Por exemplo: “A Igreja perseguia as bruxas”. Não existia uma ‘gestapo’ na Idade Média! Não existiam acusações e mandatos de detenção por bruxaria. A população (inclui soldados e povo) nem sabia ler!

    A Igreja Batista não se pronunciou em nada sobre o desenho animado. Alguém que é Batista pode ter falado isso, mas em nome da igreja, o que não implica em opinião DA Igreja. Então, afirmações como a sua caem na rede, e as pessoas vão passando adiante, e vão aumentando cada vez mais, vão fantasiando.

    Eu não sou batista, mas a sua parcialidade me chocou, já que se trata de um site “caça-hoax”.

    Em tempo, se vc ler novamente o nome do site, verá q se chama “Igreja Batista de Landover”. Pode ser algum cara q se chama Landover, pode ser a cidade, a comunidade. É alguém que discordou da Igreja Batista e fundou a Igreja Batista de Landover. É de conhecimento geral que há muitas ramificações dentro do cristianismo, especialmente do protestantismo e essa falta de clareza nesse site (Landover) foi proposital.

  4. olha sinceramente , isso e uma das maiores palhacadas q eu ja vi gosto do desenho e assisto sempre, se e so imaginacao da angelica, porq os adultos tb ve los, e porq a amae do tommy , tem outro filho e nisso o bebe tommy , vai visita lo no hospital , e alias eles crescem , isso e mias ser coisa da imaginacao de quem nao tem nada o q postar do q da angelica kkk , vou ler mais …

  5. Gente, li uma vez sobre a Caverna do Dragão. Dizia que as crianças que estavam perdidas na verdade morreram no acidente de montanha russa. Depois foram parar no plano espiritual, de onde jamais sairiam. E o mestre dos magos era o “demônio” que impunha provas para brincar com os garotos, o Vingador era a outra face do mestre dos magos e o dragão (não sei qual), era um anjo. Gostaria de saber se aqui no e-farsas já publicaram algo do tipo e se isso é mesmo verdade. Na matéria afirmava até que o último episódio contando toda essa “verdade” não tinha sido exibido aqui no Brasil…

      • Na verdade verdadeira mesmo(não corrijam, escrevi assim de propósito), o desenho tem e não tem final… Como desenho animado, o final não existe… Mas o roteiro existia e em 2010 foi disponibilizado para download como uma história em quadrinhos desenhada pelo Reinaldo Rocha

        Com uma busca rápida no Google se acha facilmente a história para download ou leitura online

  6. Só um adendo: a Igreja Batista que você colocou como fonte, a Landover Baptist Church, também não é uma fonte confiável por ser um site de paródias. Creio que deveria constar isso.

  7. Eu acredito porque é bem aceitável o problema é que tem muitas pessoas que não pecebi porque estão alienadas nos desenhos e não percebe o que eles transmitem. Eu nunca gostei do desenho por tenso

  8. É claro que é uma teoria! Isso em nenhum momento foi citado como notícia e sim como teoria e na minha opinião faz sentido, os adultos falando com as crianças também faz parte da cabeça de Angelica, pessoas com esse tipo de alucinação podem sim distorcer o que elas veem para se encaixar no mundo que criou para ela e os eps em que a Angelica não aparecem seriam sonhos que ela teve com seus “amigos imaginários”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui