22.2 C
São Paulo
sexta-feira, janeiro 28, 2022

Peixe com focinho de porco capturado no Rio Grande do Norte! Farsa?

- Publicidade -

Foto de um peixe com características de um porco que teria sido pescado em uma cidade do Rio Grande do Norte. Mas será que essa história é verdadeira ou falsa? Descubra aqui!

A imagem do “peixe-porco” apareceu em diversos sites e blogs com a notícia de que o bicho teria sido encontrado em maio de 2013 por pescadores na zona rural da cidade de Antonio Martins, no Rio Grande do Norte. De acordo com a manchete, o estranho animal mutante teria deixado a população em pânico.

Estamos falando dessa possível mutação genética:

Peixe com focinho de porco teria sido pescado no Rio Grande do Norte! Será verdade?
Peixe com focinho de porco teria sido pescado no Rio Grande do Norte! Será verdade?

 

Verdadeira ou farsa?

De fato, existe um peixe-porco na natureza, mas ele não tem nada a ver com esse bicho aí da foto. A imagem é falsa!

Ao que tudo indica, a falsa notícia foi publicada pela primeira vez em um blog de humor de língua inglesa Mekubal no dia 21 de fevereiro de 2013. E, daí, se espalhou pela rede.

No dia 1º de abril, o jornal francês L’Indépendant fez uma brincadeira com seus leitores em homenagem ao dia da mentira e publicou uma notícia falsa de uma dupla de pescadores que havia pescado um peixe com “cara” de porco nas margens do Rio Têt, na França.

Adivinhe só qual foi a imagem do peixe-porco usada na notícia falsa? Sim, essa mesma montagem!

Pegadinha do dia da mentira do jornal francês L’Indépendant usando a fotomontagem do peixe-porco! (reprodução)
Pegadinha do dia da mentira do jornal francês L’Indépendant usando a fotomontagem do peixe-porco! (reprodução)

- Publicidade -

 

Analisando a manipulação

Abaixo, podemos ver na fotomontagem ampliada as marcas deixadas pela colagem da cabeça do porco no peixe:

peixe-porco_analise

Compare a montagem com a foto original:

Comparando a montagem com a foto original! (foto: Reprodução Stock Xchng)
Comparando a montagem com a foto original! (foto: Reprodução Stock Xchng)

Como não temos os mesmos dotes artísticos de quem bolou essa montagem, nos metemos a tentar fazer o nosso próprio peixe-porco:

Ficou bem ruinzinha, né? Kkkkkk
Ficou bem ruinzinha, né? Kkkkkk

Conclusão

O peixe com focinho de porco não foi pescado em um rio aqui do Brasil. Tampouco foi achado em nenhum outro rio, pois ele foi forjado digitalmente juntando-se o corpo de um peixe com uma cabeça suína.

 

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

9 COMENTÁRIOS

  1. A mesclagem das fotos ficou boa, mas aquela clonagem da grama à esquerda ficou grotesca de ruim. Difícil imaginar por que uma pessoa experiente teria esse desleixo, já que é algo tão fácil de resolver.

    • Veja bem Luiz! A foto sim, é que foi adulterada, no entanto, o exemplar usado nela é realmente o de um “peixe-porco” (espécie chamada Balistes Capriscus). Sendo assim, é infundado que essa foto seja um Fake, mas sim, uma chantagem fotográfica real.

  2. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o brasileiro consome, por ano, cerca de 7kg de peixe, sendo que a recomendação é de 12kg. Esse cenário pode ser atribuído, entre outros fatores, ao custo elevado do pescado no Brasil. Nesse contexto, iniciou-se, em 2009, a importação do peixe Panga, uma opção de excelente custo-benefício (25% mais barato que outras espécies, como a Merluza) ao consumidor, que ocasionou a forte aceitação do produto no mercado. Porém, o Panga começou a sofrer retaliações e a ser alvo de falsas atribuições com relação à sua origem, principalmente na internet, o que vem dificultando a sua consolidação no Brasil.

  3. Hoje uma notícia originária do blog Almino Afonso Informa vê Aqui dava conta que um peixe com características de porco teria sido pescado na cidade de Antonio Martins, o post foi copiado em vários blogs da região, inclusive nesse aqui.

    • Essa foto, não trata-se de um Fake. Mas sim, o de uma adulteração bizarra de uma foto. Na realidade, o exemplar fotografado é mesmo um “peixe-porco” (espécie balistes capriscus) que foi utilizado para fazer a imagem, e não uma farsa comprovada.

  4. Hoje uma notícia originária do blog Almino Afonso Informa vê Aqui dava conta que um peixe com características de porco teria sido pescado na cidade de Antonio Martins, o post foi copiado em vários blogs da região, inclusive nesse aqui.

  5. Vejam bem minha gente! Na verdade, essa foto foi apenas uma brincadeira para tentar enganar incultos pescadores. Não se trata de um Fake ou uma farsa real, visto que o exemplar usado nessa jogada para fazê-lo diferenciado, é mesmo um “peixe-porco”. Podem conferir as fotos de peixes-porcos no Youtube e verão que se trata desse específico exemplar. Portanto, essa foto não é uma Farsa, mas sim, uma adulteração de foto para uma brincadeira. Quem conhece peixe, sabe que esse é da espécie “balistes capriscus” – o famoso peixe-porco. Ninguém me farsaliza com suposições.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui