Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Seleção alemã doou hotel para comunidade na Bahia?

Esporte

Seleção alemã doou hotel para comunidade na Bahia?

É verdade que a seleção alemã de futebol doou o hotel “Campo Bahia”, construído por ela, para comunidade carente na Bahia?

Texto que circula pela web parabeniza a atitude dos alemães que, ao final da Copa do Mundo de 2014, decidiram doar o centro de treinamento construído por eles na Bahia a uma comunidade carente. Mas será que isso é verdade?

A notícia apareceu na segunda semana de julho de 2014 e foi amplamente divulgada em diversos sites e blogs. De acordo com o artigo, a seleção alemã de futebol teria feito uma doação do hotel onde ficou concentrada na Bahia para que uma comunidade local possa transforma-lo em uma escola.

O hotel teria sido construído em Santa Cruz da Cabrália (Bahia) em 2013 através de investimentos da própria Alemanha e foi o centro de treinamento da seleção campeã durante a Copa do Mundo de 2014.

Será que essa história é real? Será que o hotel foi doado mesmo?

Alemanha teria doado hotel onde ficou hospedada durante a Copa! Verdadeiro ou falso? (foto: Divulgação)

Alemanha teria doado hotel onde ficou hospedada durante a Copa! Verdadeiro ou falso? (foto: Divulgação)

 

Verdadeiro ou falso?

Apesar do fato ter sido noticiado em diversos sites de notícias no Brasil, a notícia é falsa!

Em dezembro de 2013, sites publicaram artigos sobre a recente construção de um complexo em Santa Cruz de Cabrália, na Bahia, com investimentos vindo da seleção alemã e o empreendimento iria servir apenas para a concentração e treinamento dos jogadores germânicos. No entanto, uma investigação mais apurada feita pela ESPN (que fez o que todo jornalista é pago pra fazer: Averiguar) descobriu que o CT da Alemanha já existe há cinco anos e é, na verdade, um empreendimento imobiliário!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Em entrevista à ESPN, o gestor do empreendimento Tobias Junge explicou que o local é um condomínio projetado para se morar e que as 14 casas que fazem parte do complexo serão vendidas.

O resort sofreu algumas modificações para receber a delegação e todo o complexo é de propriedade de três grandes investidores: Tobias Junge (empresário da área de mineração), Kay Bakemeier (ligado à seguradora Allianz Seguros) e Christian Hirmer (empresário do mundo da moda).

Alemães deixando um saldo positivo

Apesar da seleção tetracampeã ter ido embora sem ter deixado o hotel de presente, a Federação de Futebol alemã doou um cheque de 10 mil euros (cerca de R$ 30mil) para índios da tribo Pataxó e, de acordo com o Portal R7, deu uma ajuda financeira para a aquisição de uma ambulância para a comunidade indígena e ainda fará doações por três anos para a Escola da Vila de Santo André.

Seleção alemã ajudará comunidade indígena por três anos! (foto: Reprodução/Facebook)

Seleção alemã ajudará comunidade indígena por três anos! (foto: Reprodução/Facebook)

Nossa participação sobre o assunto na Rádio Bandeirantes

Ouça a nossa participação no programa Você é Curioso, na Rádio Bandeirantes, onde Gilmar Lopes faz um resumo do assunto:

[iframe: width=”590″ height=”332″ src=”//www.youtube.com/embed/nnYLaQFOpi4″ frameborder=”0″ allowfullscreen]

 

Conclusão

O Campo Bahia, hotel onde a seleção campeã da Alemanha ficou hospedada durante os jogos da Copa do Mundo de 2014, não foi doado para nenhuma comunidade local. O empreendimento é um condomínio que começará a ser vendido após o campeonato mundial.

Continue lendo
20 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo