21.3 C
São Paulo
domingo, dezembro 4, 2022

Será que Jair Bolsonaro vai cancelar o carnaval e a parada gay?

- Publicidade -

É verdade que o presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto cancelando o carnaval e a parada gay em 2019 para reduzir os gastos do Governo?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs na primeira semana de janeiro de 2019 e rapidamente se espalhou também em grupos do WhatsApp. De acordo com o texto, o presidente recém-empossado Jair Bolsonaro teria assinado um decreto cancelando o carnaval e a parada gay no Brasil em 2019.

O presidente teria dito que as contas estão vermelho e, com um decreto, o fim do carnaval e da parada gay:

Temos que pensar primeiramente em nossas necessidades principais. Ninguém está autorizado a realizar financiamentos com os carnavais, principalmente os Prefeitos das Cidades, O calendário trabalhista continuará normal sem nenhuma exceção”, teria afirmado o presidente.

Será que isso é verdade ou mentira?

Bolsonaro cancelou o carnaval e a parada gay de 2019? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

No começo de janeiro de 2019, o site Folha Brasil News publicou uma notícia afirmando que Bolsonaro “poderá” assinar um decreto proibindo o carnaval e a parada gay. Sem citar nenhuma fonte, o site – que já é conhecido aqui no E-farsas por espalhar inúmeras fake news – ainda coloca uma frase que teria sido dita por Bolsonaro, mesmo a tal frase já circulando pela web desde fevereiro de 2017, quando circulou uma notícia falsa afirmando que o então presidente Michel Temer iria cancelar o carnaval naquele ano!

Mesmo sem apresentar nenhuma fonte, o site Folha Brasil News conseguiu que outros sites copiassem a sua “notícia”, sendo que cada um acrescentou mais um detalhe.

Algumas manchetes davam como certo o cancelamento das festividades…

- Publicidade -

 

Nesse link do site do Planalto, você pode acompanhar todos os decretos assinados pelo presidente e perceber que até a publicação dessa nossa pesquisa não havia nada relacionado ao carnaval.

Conclusão

A  notícia afirmando que o presidente teria cancelado o carnaval e a parada gay de 2019 para conter os gastos do Governo é falsa (pelo menos, é falsa, por enquanto)!  

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

27 COMENTÁRIOS

  1. Noticia falsa. Ele não vai cancelar nada. Ele apenas não vai dar dinheiro. Vai levar esse dinheiro para a saúde. Eu amo carnaval. Sou mangueirense fervorosa mas concordo que nesse momento do país não dá pra ficar financiando esses eventos enquanto pessoas morrem nos hospitais.

  2. Carnaval e parada LGBT são atribuções dos municipios. Quem determina se tera carnaval ou não em determinadas cidades são os prefeitos. Pode até ter um decreto federal proibindo isso. Mas, e o turismo. SP tem a maior parada gay da America Latina, o que rende receitas turisticas.

  3. Quem dera fosse verdade aquibem Pernambuco os hospitais estão sucateados. Falta remedios .cirurgias em atrasos por falta de material. E mesmo assim todo ano tem dinheiro pro galo e outros eventos. Pernambucano gosta de sofrer. Só depois de passar pela uma emergência de um hospital desse VC conhece a vida.

  4. Só que não existe uma “parada hétero”, com 3 milhões de machos e fêmeas promíscuos praticando seus instintos em qualquer lugar, e espalhando suas doenças de forma completamente descontrolada em um curto espaço de tempo…
    “Ainn, mas tem o Carnaval!”.
    Claro, mas no Carnaval tem gays e héteros, tudo junto e misturado…

  5. esses esquerdistas torcendo pelo fracasso a qualquer preço denota bem o tipo de “seres humanos” que são. Do tipo que pelo poder são capazes de colocar a vida de outros em risco. Uma tal de “narizinho do PT” foi lá no pais mais incrível e maravilhoso para apoiar um ditador, um tal de Maduro, que enquanto comia num restaurante carnes de melhores cortes tinha sua gente fuçando a lata do lixo procurando o que comer. Mas esse tipo de gente que idolatra o chavismo e idolatra o regime de Maduro não se importa se tem gente morrendo de fome por causa da “causa nobre socialista” Pra eles o que é importante é que o socialismo seja implantado, só um detalhe importe: socialismo para os pobres, mas para eles capitalismo com direito a iPhone, rolex e outros acessórios da terra do tio Sam. Conviver com essa hipocrisia da esquerda é um fardo que teremos que carregar para sempre, já que não existe antídoto que liberte uma mente doutrinada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui