Será verdade que existe um ditado alemão sobre um nazista sentado à mesa?

14
32146

Diante do polêmico discurso do ex-secretário da Cultura, Roberto Alvim, e de um texto igualmente polêmico publicado no site da Folha de São Paulo, as redes sociais foram inundadas por um suposto ditado alemão.

Eis um exemplo do que esse tal ditado mencionaria:

Se há dez pessoas em uma mesa, um nazista chega e se senta, e nenhuma pessoa se levanta, então existem onze nazistas numa mesa

Provavelmente, você já deve ter lido essa frase no Twitter ou Facebook! Isso porque milhares usuários, entre eles historiadores, políticos, colunistas e cantores compartilharam freneticamente esse suposto ditado. Aliás, é bem curioso como da noite para o dia, muitos viraram especialistas na cultura e nos ditados alemães nas redes sociais!

Tuítes de usuários compartilhando o suposto ditado alemão.
Mais um tuíte de um usuário compartilhando o suposto ditado alemão.
Outro tuíte de um usuário compartilhando o suposto ditado alemão.
E mais um tuíte compartilhando o suposto ditado alemão.

Enfim, será que tal ditado é alemão? Estamos realmente diante de um ditado popular referente ao Nazismo? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! Não há nenhum indício sobre a existência um ditado alemão com esses dizeres. Na verdade, tudo indica que essa frase surgiu a partir de um tuíte do ator e comediante norte-americano Chris Rock, em agosto de 2017. A frase de Chris Rock obteve mais de 42 mil retuítes e, em nenhum momento, ele disse que se tratava de um ditado alemão.

Tuíte de Chris Rock.

Confira abaixo o que ele escreveu:

Se 10 caras acham que é bom passar um tempo com um nazista, eles se tornam 11 nazistas. Direita alternativa/supremacistas brancos são simplesmente nazistas. F****-s* os Nazistas

Posteriormente, em fevereiro de 2018, um neuropsicólogo chamado Dr. Jens Foell, de origem alemã, claramente adaptou a frase de Chris Rock e, assim, surgiu uma nova versão sobre pessoas sentadas à mesa.

Tuíte do Dr. Jens Foell.

Confira abaixo o que foi mencionado:

Conforme dizemos na Alemanha, se há um nazista na mesa e outras 10 pessoas conversando com ele, você tem uma mesa com 11 nazistas

Inúmeros usuários, também de origem alemã, questionaram o Dr. Jens Foell sobre a fonte dessa frase, visto que ninguém nunca tinha ouvido falar sobre isso antes. O mesmo aconteceu em tópicos abertos no Reddit (1 | 2 | 3). Ele até tentou fornecer uma versão no idioma alemão, mas assim como na versão em inglês não há nenhuma referência real sobre a existência de um ditado com tais palavras. Ele também falhou em fornecer quaisquer outros indícios que tal ditado tenha existido um dia.

Enfim, simplesmente uma vergonha, ainda mais considerando que o Dr. Jeans Foell alega ser um dos editores do periódico científico PLOS ONE.

Conclusão

Falso! Não há nenhum indício sobre a existência um ditado alemão com esses dizeres. Na verdade, tudo indica que essa frase surgiu a partir de um tuíte do ator e comediante norte-americano Chris Rock, em 2017. No ano seguinte, um neuropsicólogo chamado Dr. Jens Foell, de origem alemã, adaptou a frase de Chris Rock e, assim, surgiu uma nova versão, aquela sobre pessoas sentadas à mesa.

Assim sendo, tudo indica que o Dr. Jens Foell simplesmente transformou, ao seu bel-prazer, a frase publicada por Chris Rock num ditado alemão. Desde então, essa frase foi traduzida para o português e foi compartilhada de forma totalmente indiscriminada e aleatória como se fosse um ditado realmente utilizado na Alemanha.

14 COMMENTS

  1. Ainda assim é uma boa frase, sendo de Chris Rock ou de Jens Foell. Só acho melhor as pessoas passarem a usar essa referência ao invés de “ditado alemão”.

  2. A mediocridade tomou conta do mundo com o implemento das redes sociais. Pessoas sem qualquer capacitação artística ou dom especial criam bobagens, jogam na rede, e a mediocridade é compartilhada pela geração sertaneja universitária.
    No caso do “ditado alemão”, ele é tão bobinho, superficial, rasteiro e mal feito que ofende à sabedoria popular, que cria ditados realmente interessantes e criativos.

    • Não. É legítimo e realista, ao passo que silenciar ante a animosidade dos totalitários lhe fornece o espaço pra espalhar a merda ideológica que produzem. Pode não ser um “ditado comum alemão”, mas é uma ideia legítima e atual.

  3. Se é ou não é um ditado alemão pouco importa, o certo é que se há dez pessoas numa mesa e um fascista bolsominion se senta e nenhuma pessoa se levanta… então existem onze fascistas na mesa.

    Não podemos compartilhar uma mesa com fascistas, pior ainda se forem fascistas bolsominions!!!

  4. Independentemente de ser uma frase nazista,o então secretário da Cultura plagiou um texto. Isso, por si só, já é um grande crime.

    • Pode, de fato, pelas evidências, não ser um “ditado”. Mas está certíssima! Criticar os autores é, automaticamente, ser conivente com o nazismo… uma pena…

  5. O fato das pessoas reproduzirem não as torna especialista mas isso não anula a verdade por trás da sentença.
    O que tira mérito hoje é campanha politica com base em “Robôs” twuitando e sites como esse não se ocuparem também de desmascarar as fake News que rolam apoiando um governo, que aí sim é real, com traços fascistas e totalitários.
    Procure aí E-farsas…fica a dica…As fake News do governo atual…Mais futuro viu.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here