22.1 C
São Paulo
quinta-feira, maio 13, 2021

Uma baleia jubarte foi encontrada no meio da floresta no Pará?

- Publicidade -

Será verdade que uma baleia de 11 metros foi encontrada numa floresta bem distante da praia? Qual será o segredo desse mistério?

A notícia surgiu nas redes sociais e em diversos sites e blogs no dia 22 de fevereiro de 2019 e, de acordo com o texto, o corpo de uma baleia jubarte teria sido encontrado no meio da mata, em uma floresta no Pará!

O animal, de aproximadamente 11 metros de comprimento, não exibia sinais de ferimento quando foi encontrado.

Será que essa notícia é real? E se for verdade, qual seria o mistério desse estranho fenômeno?

Uma baleia foi encontrada no meio de uma floresta no Pará? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

No dia 22 de fevereiro de 2019, o corpo de uma baleia jubarte de aproximadamente 11 metros de comprimento foi encontrado em uma área de mata na Ilha do Marajó, no Pará, e não apresentava ferimentos visíveis.

Diferente do que espalharam nas redes sociais (com o objetivo de tornar a notícia ainda mais misteriosa do que ela realmente é), o animal foi encontrado próximo à praia do Araruna, no litoral de Soure.

Em nota, a Secretaria de Meio Ambiente de Soure, o animal teria morrido no mar e o corpo teria sido levado até a margem da praia pela ressaca.

“Devido ao local ser inacessível para máquinas pesadas que possam fazer a remoção da baleia, a expectativa é de que técnicos da ONG Bicho d’Água, parceira da Prefeitura Municipal de Soure, possam realizar, ainda neste sábado [dia 23 de fevereiro 2019], a necrópsia e estudos devidos no próprio local para levantar a causa da morte do animal tão raro por esta região”.

No vídeo abaixo, podemos ver o momento do encontro do bicho, na mata:

- Publicidade -

Apesar de não se saber a causa da morte do animal, baleias encalhadas acabam morrendo devido à desidratação e por asfixia devido ao seu próprio peso (que acaba por causar uma grande pressão em seus pulmões, dificultando a respiração).

Como ela foi parar lá?

No dia 20 de fevereiro de 2019, uma forte ressaca tomou conta do litoral, com uma série de altas na maré que vinha ocorrendo há alguns dias, o que contribuiu na desorientação da baleia. No dia 21 de fevereiro, por exemplo, a região foi atingida com ondas de até 5 metros de altura.

O pessoal da ONG Bicho D’Água, que esteve no local, afirmou em sua página no Facebook que o animal não era adulto e que a carcaça foi encontrada a cerca de 15 metros de distância da praia, algo não tão incomum de acontecer:

https://www.facebook.com/171770899570255/posts/2149321921815133/

Uma busca no Google Maps mostra que a área onde a baleia foi encontrada é cercada por água em três lados e, devido às cheias, a maré se encarregou de levar a baleia para a floresta:

Imagem: Reprodução/Google Maps

Baleias que se perdem e acabam encalhando na praia é algo relativamente comum no litoral brasileiro (e em outros países). Em 2016, uma encalhou e morreu em um município paraense chamado Marapanim, próximo do local onde a baleia jubarte foi encontrada, em 2019. Veja no Google Maps os locais:

Em dezembro de 2018, uma baleia jubarte encalhou no arquipélago do Bailique, a 180 quilômetros de Macapá (AP). Sua ossada foi levada para estudos e será exposta em um museu no Amapá.

Anos antes, em 2007, uma baleia desse mesmo porte foi encontrada ainda com vida encalhada em um banco de areia no Rio Tapajós, há 1.000 quilômetros de distância do mar, no Pará.

Conclusão

O corpo da baleia foi encontrado em um manguezal e ela foi levada até lá pela maré excepcionalmente alta que ocorreu na região. O único “mistério” dessa história é que ainda não se sabe a causa da morte do animal, visto que ele não apresenta sinais de machucados letais.  

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui