Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Vídeo de corpos no chão de um hospital é prova de um plano de extermínio e venda de órgãos! Será?

Conspirações

Vídeo de corpos no chão de um hospital é prova de um plano de extermínio e venda de órgãos! Será?

Vídeo de corpos no chão de um hospital é prova de um plano de extermínio e venda de órgãos! Será?

Vídeo chocante mostra salas com vários corpos jogados pelo chão e áudio afirma que o coronavírus é parte de um plano de extermínio! Será verdade?

O vídeo começou a se espalhar através de grupos do WhatsApp no final de janeiro de 2021 e mostra imagens chocantes de corpos espalhados pelo chão em algumas salas do que parece ser um hospital.

Juntamente com as imagens, que também mostram funcionários trabalhando em cima desses corpos, um áudio afirma que o vídeo é uma das provas que seriam reveladas no dia 19 e que tudo fez parte de um plano de venda de órgãos e do extermínio da população.

Segundo o que é dito no vídeo, o ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump e o atual presidente Joe Biden estariam envolvidos nos crimes, pois o tal plano não deu certo.

Será que essa imagens são mesmo uma prova de que a pandemia do novo coronavírus não passou de uma farsa?

Será que a mortalidade atribuída à COVID-19 foi, na verdade, uma grande armação mundial para o tráfico de órgãos?

(Vídeo retirado de grupos do WhatsApp e borrado pelo E-farsas)

Vídeo sem o borrão aqui!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Verdade ou mentira?

Como já mostramos diversas vezes aqui no E-farsas, uma das principais características de um boato digital é que ele não tenha nenhum dado que possa identificá-lo. Nesse vídeo, por exemplo, não se sabe o nome de quem o está enviando e/ou de onde das cenas foram gravadas.

Quem gravou o texto que acompanha as imagens usou alguns termos para criar uma sensação de conspiração e de urgência. Juntamente com as imagens fortes e a denúncia não ser datada (o leitor pode achar que se trata de algo recente), as chances disso ser compartilhado aumentam muito.

O fato é que as imagens são reais, mas não tem nada a ver com uma conspiração global para o tráfico de órgãos humanos. Também não há nenhuma relação aparente com a posse de Joe Biden ou do fim do mandato de Donald Trump nos EUA.

No dia 12 de novembro de 2020, a advogada russa e ativista dos direitos humanos Yekaterina Gordon denunciou no site Bloknot o vídeo mostrando um corredor de um necrotério cheio de corpos jogados pelo chão (33 defuntos), em várias salas. No vídeo, a denunciante diz não saber exatamente qual o local onde as cenas foram filmadas, mas tinha certeza de que se tratava de algum lugar no arredores da capital do seu país.

No dia seguinte à publicação, ex-funcionários do necrotério de um bairro da cidade russa de São Petersburgo reconheceram o local onde aquelas imagens terríveis foram gravadas. Segundo eles, o flagrante foi feito no necrotério da agência de exames médicos forenses em Yekaterininsky Prospekt.

Apesar da agência negar qualquer relação com o vídeo, a ativista exigiu que o Comitê Investigativo conduzisse uma investigação e abrisse um processo criminal. De acordo com Yekaterina Gordon, as ações dos trabalhadores do necrotério podem conter indícios de crimes previstos nos artigos do Código Penal de “Negligência” e “Profanação dos corpos dos mortos”.

Superlotação nos necrotérios russos

Em outubro de 2020, a agência de notícias BBC fez uma reportagem explicando que o aumento no número de vídeos com denúncias de necrotérios lotados na Rússia se devem ao aumento de casos de mortes causados em decorrência da COVID-19:

“As autoridades explicam isso pelo aumento da mortalidade devido ao coronavírus e o fato de que é problemático para parentes levar corpos devido às medidas de quarentena. Os hospitais são obrigados a realizar uma autópsia em todos os pacientes com coronavírus, o que coloca mais pressão sobre os patologistas e também estimula a congestão corporal.”, diz trecho da reportagem.

Conclusão

O vídeo mostrando corpos jogados pelo chão de um necrotério é real e aparentemente foi filmado em novembro de 2020, na Rússia. Ele não é uma prova de tráfico internacional de órgãos!

Continue lendo
2 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo