Vídeo mostra divergências entre um boletim de urna impresso e o site do TSE?

4
6549

Circula nas redes sociais, principalmente no Facebook e no Twitter , um vídeo mostrando supostas divergências entre o boletim impresso de uma urna eletrônica de Rio Branco, no Estado do Acre, com as informações apresentadas no site do TSE!

O vídeo ganhou força após ser publicado pelo ex-candidato a vereador do Rio de Janeiro, Alan Lopes, no Twitter (o vídeo foi posteriormente deletado). Alan concorreu recentemente ao cargo de vereador, mas foi apenas o 166° candidato mais votado e não foi eleito. Enfim, fato é que outros usuários copiaram esse vídeo e o disseminaram na plataforma.

Confira abaixo dois exemplos de publicações:

Exemplo de tuíte.
Exemplo de publicação no Facebook.

Assim como o vídeo em questão:

 

No vídeo, um cidadão compara os votos recebidos por dois candidatos a vereador do PSDB, em Rio Branco. Ele aponta para valores supostamente incompatíveis em relação a quantidade de votos recebidos por eles. Isso porque ele alega, que a quantidade de votos no boletim impresso da urna eletrônica é diferente daquele que aparece no no site do TSE. Rapidamente, o vídeo se transformou numa espécie de “prova” de fraude nas eleições municipais de 2020.

Entretanto, será que isso é verdade? Estamos diante de um caso de fraude? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! Não estamos diante de nenhuma fraude! Esse vídeo é totalmente enganoso, porque ele compara os votos da urna eletrônica localizada na 9ª zona da seção 368 de Rio Branco/AC com os votos da urna localizada na 1ª zona da seção 368! Portanto, são votos oriundos de urnas completamente diferentes!

Um detalhe interessante é que muitos usuários perceberam o erro, e rapidamente expuseram que o vídeo era enganoso. Estranhamente, o ex-candidato Alan Lopes alegou que o vídeo publicado por ele havia sido deletado, e que ele tinha sido “vítima” de censura!

Infelizmente, não temos como precisar se Alan deletou por conta própria o vídeo ao perceber que havia sido desmentido, criando uma narrativa de suposta censura, ou não.

Usuários no Twitter descobriram o erro no vídeo e rapidamente o desmentiram.
Captura de tela mostrando mais usuários no Twitter, que descobriram o erro no vídeo.

Verificando o Boletim Impresso de Urna Apresentado no Vídeo

Conforme dissemos anteriormente, o boletim impresso de urna eletrônica que aparece no vídeo é referente a 1ª zona da seção 368 de Rio Branco/AC!

O boletim impresso de urna eletrônica que aparece no vídeo é referente a 1ª zona da seção 368 de Rio Branco/AC!

Acessando o site do TSE qualquer pessoa pode conferir que os candidatos do PSDB possuem a mesma quantidade de votos em relação a referida urna eletrônica!

Acessando o site do TSE, pelo celular, qualquer pessoa pode conferir que os candidatos do PSDB possuem a mesma quantidade de votos em relação a referida urna eletrônica!
Através do desktop o resultado é exatamente o mesmo.

Enfim, não há muito o que falar, não é mesmo?

Coalizão de Checagem para as Eleições 2020

Esta publicação faz parte da Coalizão de Checagem para as Eleições 2020, que se traduz numa parceria envolvendo nove agências de checagem: AFP, Agência Lupa, Aos Fatos, Boatos.org, Comprova, E-Farsas, Estadão Verifica, Fato ou Fake e UOL Confere!

As notícias, devidamente checadas, serão publicadas na página “Fato ou Boato“, disponível no Portal da Justiça Eleitoral. A página também traz informações sobre o funcionamento da urna eletrônica e o processo eletrônico de votação e mais dados sobre checagem.

Conclusão

Falso! Não estamos diante de nenhuma fraude! Esse vídeo é totalmente enganoso, porque ele compara os votos da urna eletrônica localizada na 9ª zona da seção 368 de Rio Branco/AC com os votos da urna localizada na 1ª zona da seção 368! Portanto, são votos oriundos de urnas completamente diferentes!

4 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here