Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Vídeo mostra um gigantesco bloco de gelo se desprendendo de uma geleira na Islândia?

Falso

Vídeo mostra um gigantesco bloco de gelo se desprendendo de uma geleira na Islândia?

Vídeo mostra um gigantesco bloco de gelo se desprendendo de uma geleira na Islândia?

Recentemente, uma ativista ambiental utilizou sua conta no Twitter para disseminar um vídeo juntamente com informações sobre uma placa em memória de uma geleira chamada Okjökull, na Islândia (arquivo).

Confira abaixo o tuíte dessa ativista ambiental:

Tuíte da ativista ambiental apelidada de “Marinou”

Assim como a expressiva sequência de retuítes que ela gerou em seu próprio perfil:

Sequência de retuítes feitos pela usuária.

Mais uma sequência de retuítes feitos pela usuária.

O vídeo é bem curto e, obviamente, muitos vêm associando a geleira Okjökull.

Confira-o abaixo:

 

Entretanto, será que o vídeo mostra um gigantesco bloco de gelo se desprendendo de uma geleira na Islândia? Descubra agora, aqui, no E-farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! Em primeiro lugar, o vídeo foi manipulado digitalmente de maneira expressiva. Isso porque ele foi verticalmente esticado e espelhado horizontalmente para parecer muito mais impactante que o vídeo original. Este por sua vez viralizou nas redes sociais em meados de 2019, e se refere ao desprendimento de um grande bloco de gelo de uma geleira no Alasca, nos Estados Unidos!

Confira abaixo o vídeo original:

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Confira também esse mesmo trecho divulgado pela ativista, porém sem estar verticalmente esticado:

Nesse ponto, muitos podem tentar justificar que a ativista estava apenas ilustrando os impactos dramáticos provocados pelo chamado aquecimento global. Contudo, a partir do momento que se divulga um vídeo deliberadamente manipulado juntamente com informações de outro evento, assume-se o risco de propagar desinformação. Se o seu argumento é forte o suficiente, por que mentir?

Enfim, esse vídeo também foi verificado pelo Janne Ahlberg (@HoaxEye) no Twitter!

E Quanto as Informações Divulgadas no Tuíte?

De fato, cientistas e pesquisadores foram os responsáveis pela instalação de uma placa num determinado ponto da geleira Okjokull, a primeira entre centenas de geleiras da Islândia a derreter, praticamente em sua totalidade, devido às mudanças climáticas.

Contudo, isso ocorreu em 17 de agosto de 2019, ou seja, não é nada recente.

De fato, cientistas e pesquisadores foram os responsáveis pela instalação de uma placa num determinado ponto da geleira Okjokull, a primeira entre centenas de geleiras da Islândia a derreter, praticamente em sua totalidade, devido às mudanças climáticas.

Quanto ao recorde de 435 ppm de CO2, que teria ocorrido em maio de 2020, isso é falso (embora não seja menos preocupante). Segundo o site dos Laboratórios de Pesquisa do Sistema Terrestre, mantido pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica, nos Estados Unidos, o índice global em maio deste ano ficou em 413 ppm. Já a medição feita pelo Observatório de Mauna Loa, no Havaí (EUA), a mais antiga estação de detecção de dióxido de carbono no planeta, em maio, ficou em 417 ppm (2).

Até o presente momento, o recorde está em 418.32 ppm que foi medido no dia 1° de junho de 2020 em Mauna Loa. Portanto, nada de 435 ppm.

Até o presente momento, o recorde está em 418.32 ppm que foi medido no dia 1° de junho de 2020 em Mauna Loa. Portanto, nada de 435 ppm.

Conclusão

Falso! Em primeiro lugar, o vídeo foi manipulado digitalmente de maneira expressiva. Isso porque ele foi verticalmente esticado e espelhado horizontalmente para parecer muito mais impactante que o vídeo original. Este por sua vez viralizou nas redes sociais em meados de 2019, e se refere ao desprendimento de um grande bloco de gelo de uma geleira no Alasca, nos Estados Unidos!

Portanto, uma vez que esse caso envolve uma expressiva manipulação digital do vídeo, classificamos diretamente como “Falso” ao invés de “Fora de Contexto”

Continue lendo

Jornalista e colaborador do site de verificação de fatos E-farsas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos e casos supostamente sobrenaturais.

6 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo