Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A Igreja Universal abriu concurso para pastores?

Conspirações

A Igreja Universal abriu concurso para pastores?

É verdade que a IURD abriu concurso para contratar pastores com salários ultrapassando os R$ 8mil mais benefícios?

A notícia apareceu em diversos sites e blogs na primeira quinzena de abril de 2015 e afirma que a Igreja Universal estaria abrindo um concurso para contratar pastores com o salário inicial de R$ 8.234,82 mais benefícios.

O texto ainda explica que as provas seriam aplicadas pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB), que teria sido contratado pela IURD para cuidar de toda a parte de seleção dos candidatos.

Será que essa história é verdadeira?

Igreja Universal do Reino de Deus estaria abrindo concurso para pastores! Será verdade? (Foto: Reprodução/Facebook)

Igreja Universal do Reino de Deus estaria abrindo concurso para pastores! Será verdade? (Foto: Reprodução/Facebook) 

Verdade ou farsa?

A primeira coisa que chama a atenção na notícia é a falta de dados importantes como a data ou a fonte das informações.

Como o boato não é datado, quem o lê tem a impressão de que se trata de uma notícia recente. No entanto, uma rápida busca pelo assunto mostra que há publicações semelhantes em 2013, em fóruns em 2011 e até antes, em 2009. No entanto, nunca houve nenhum concurso desse tipo até hoje.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Na página da CESPE/UnB não há nenhum concurso para pastor em andamento ou em fase de previsão.

No portal da IURD não há nenhuma menção ao suposto concurso. Nem nas buscas dentro do site.

O site Gospel+ já havia desmentido essa história em setembro de 2009 e, em maio de 2012, quando esse boato voltou a circular, a Redação do mesmo site  procurou novamente a Igreja Universal do Reino de Deus, que negou a veracidade da informação, repudiando o rumor:

“É impressionante como alguns veículos de comunicação e seus profissionais publicam notícias quais não há nenhuma coerência e não procede de nenhuma fonte, a não ser a mente pervertida de alguns que trabalham para difamar um trabalho honesto”, afirmou o pastor Paulo Cezar Mendes, na ocasião.

Segundo o Gospel+, o pastor Mendes ainda havia ressaltado que a função de “pastor não é profissão. É vocação”.

Em 2015, o jornal carioca Extra também procurou os representantes da Igreja para esclarecimentos e a resposta foi bem parecida com a de 2012: A IURD não está promovendo nenhum concurso para pastores. 

Conclusão

Notícia falsa! A Igreja Universal do Reino de Deus não está promovendo nenhum concurso para contratar pastores.

Continue lendo
13 Comentários

13 Comments

  1. Jessé

    21 de abril de 2015 em 7:58

    Creio que se existisse concurso para pastores não teria problemas, pois as igrejas são empresas particulares com “com fins lucrativos” e o Cargo de Pastor é uma profissão remunerada que exige conhecimentos técnicos, “graduação acadêmica” e habilidades específicas.

    Acho até que seria mais seguro para os fiéis um concurso para se contratar um Pastor, exigindo requisitos mínimos de qualificação do que simplesmente uma nomeação sem critérios definidos.

  2. David

    21 de abril de 2015 em 14:49

    Assim como a maioria, vc só se baseia pelo q a midia diz. Igrejas são empresas? Já participou de quantos ministério diferentes para dizer isso? Ou vc só se baseia pelas igreja q estão na midia como a Universal e a Mundial? Juntando todas essas igreja dos dois ministérios, em se falando de números, elas não representam nem 5% do numero de pastores que muitas vezes ou tem q trabalhar fora da igreja para ter seu ganha pão, ou tem que esperar todos os dias na providencia de Deus. Sou pastor evangelico e o unico bem q tenho é uma moto de R$ 7.200 que paguei com muita dificuldade em 36 parcelas durante 4 anos! Ai vem vc todos esperto me dizer q igreja é empresa e agente ganha dineiro com isso? Cargo de pator é uma profissão remunerada? Pastor é gente e come, tem q por filhos na escola, pagar dividas e a Bíblia dá respaldo para o pastor ter salario (e não se aproveitar da igreja e claro com o fim de enriquecimento. Procure conhecer mais um pouco da igreja evangelica, converse com pessoas evangelicas, pastores evangelico de igrejas grandes e pequenas, e creio q sua mentalidade vai mudar.

    • Ramofits

      21 de abril de 2015 em 21:56

      Claro que igrejas não são empresas. Empresas pagam impostos.

      • Jessé

        22 de abril de 2015 em 12:42

        “joão” é mecânico, destina 8hrs por dia, durante 6 dias por semana, para atender pessoas que o procuram em busca de ajuda.

        “Isaque” é pastor, destina 24hrs por dia, durante 7 dias por semana, para atender pessoas que o procuram em busca de ajuda.

        “João” precisou estudar para ter os conhecimentos em mecânica necessários para conseguir ajudar as pessoas que o procuram.

        “Isaque” precisou estudar para ter os conhecimentos em mecânica necessários para conseguir ajudar as pessoas que o procuram.

        “João” alugou uma garagem para poder ter um espaço, e poder atender as pessoas que o procuram.

        “Isaque” alugou uma garagem para poder ter um espaço, e poder atender as pessoas que o procuram.

        “João” fez uma faculdade de Mecânica e se especializou para poder atender melhor e oferecer uma ajuda de melhor qualidade.

        “Isaque” fez uma faculdade de Teologia e se especializou para poder atender melhor e oferecer uma ajuda de melhor qualidade.

        “João” Recebe um salário para poder se sustentar e continuar oferecendo ajuda para as pessoas que o procuram, no início recebia e cobrava pouco, pois era pouco conhecido e poucas pessoas o procuravam.

        “Isaque” Recebe um salário para poder se sustentar e continuar oferecendo ajuda para as pessoas que o procuram, no início recebia e cobrava pouco, pois era pouco conhecido e poucas pessoas o procuravam.

        “João” hoje em dia é bem reconhecido, possui vários colaboradores pagos por ele para ajudar a atender as várias pessoas que o procuram, hj em dia ele consegue receber um bom salário, mesmo pagando impostos, pagando impostos e salários dos funcionários, e tendo que baixar o preço de seu serviço para poder ficar competitivo no mercado.

        “Isaque” hoje em dia é bem reconhecido, possui vários colaboradores que trabalham voluntariamente para ele, ajudando a atender as várias pessoas que o procuram, hj em dia ele consegue receber um bom salário, pois não paga imposto, não paga salário para os seus colaboradores, e o preço de seu serviço é sempre o mesmo, independente se tiver um concorrente na frente de seu local de trabalho.

        “João” cobra um valor que varia de acordo com o serviço realizado, independente se for um rico ou um pobre que o atende.

        “Isaque” cobra um valor que depende do quanto a pessoa que vem pedir ajuda recebe, quanto mais rica a pessoa for, maior será o ganho de Isaque. E se um pobre pedir ajuda, ele vai ajudá-lo a prosperar, pois quanto mais ele prosperar, maior será sua fidelidade com Isaque e maior será o valor que ele terá de pagar.

        “João” tem um problema, pois seu cliente só o procura quando o seu carro quebra, e mesmo que o carro do seu cliente quebre e ele não quiser pagar o conserto, não tem problema o máximo que poderá acontecer é do seu cliente ficar um tempo sem carro.

        “Isaque” tem o negócio perfeito, pois seu cliente terá de pagar todos os meses mesmo que nunca mais venha solicitar uma ajuda de Isaque. E o cliente jamais deixará de pagar, pois se fizer isso poderá acabar indo para o inferno.

        “João” é dono de uma empresa.

        “Isaque” é dono de uma Igreja.

        • Leandro

          24 de abril de 2015 em 8:49

          Deixa eu ver se eu entendi… você respondeu um testemunho de alguém que é pastor e precisa trabalhar fora da igreja pra se sustentar e comprar uma moto de 7000 em 36x com muito esforço com uma historinha

    • Sergio

      22 de abril de 2015 em 12:19

      me desculpe mas é uma empresa sim, tem CNPJ a afins como manda a lei.
      NOME EMPRESARIAL: IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS
      CNPJ: 29.744.778/0001-97
      CÓDIGO E DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE ECONÔMICA PRINCIPAL
      94.91-0-00 – Atividades de organizações religiosas ou filosóficas

      fonte: http://www.receita.fazenda.gov.br/PessoaJuridica/CNPJ/cnpjreva/Cnpjreva_Solicitacao.asp

      • Jessé

        22 de abril de 2015 em 12:45

        Sim. claro que é uma empresa.

        Muitos também não aceitam, mas os clubes de Futebol também são empresas.

        Muitos até acham que o fato do clube de futebol ter o nome da cidade representa que a cidade tem que pagar pelos custos desse clube. Mas não, os clubes de futebol são empresas privadas que possuem dono, ou donos (nem que seja na forma de acionistas e investidores).

        • Ramofits

          22 de abril de 2015 em 19:56

          Acho que devia ter escrito “ironia on” antes.

          • Leandro

            24 de abril de 2015 em 8:50

            Com certeza… ninguém é tão burro a ponto de responder com o CNPJ pra provar que é uma empresa

  3. Renato

    22 de abril de 2015 em 22:20

    Claro que a notícia é fake, nunca haverá concursos para pastores de igrejas neopentecostais (me recuso a usar o nome “evangélica”, pois seria uma afronta aos Batistas, Presbiterianos, Luteranos, e tantas outras Igrejas sérias). Isso pq estas Igrejas funcionam como franquias, e quem é aceito nas regras da franquia (no caso, pagar royalties, ter certo conhecimento bíblico, etc) é aceito como pastor. Da mesma forma que não é qq um que pode ser dono de um Mc Donalds, mesmo tendo dinheiro, não é qq um que pode ser pastor neopentecostal. Mas certamente não será por concurso, pois isso remete a uma saída de capital da empresa para o funcionário, quando a filosofia da coisa é, sim, a saída de capital do franquiado para o franquiador.

  4. Ivo

    4 de agosto de 2015 em 11:11

    Igreja evangélica não tem nada a ver com empresa. Igreja evangélica é adoração, salvação em Jesus e transformação de vidas. Se vc acha que Igreja evangélica é dinheiro dinheiro dinheiro, Deus tenha misericórdia de ti.

  5. Jefferson

    12 de janeiro de 2016 em 21:56

    Cada um tem um pensamento diferente. Claro que este concurso é falso. São vários processos para seguir e conquistar.

  6. Erk

    16 de julho de 2016 em 22:47

    É preciso ser mentalmente muito cego para não perceber a manipulação em massa com objectivo de benefício com o sacrifício de outros. O uso de problemas na vidas das pessoas para as manipular no sentido de leva-las a acreditar que mesinhas e a “doação” de dinheiro resolve esses problemas é de facto um golpe de génio. Tudo em nome de Deus. Porque Deus, a existir, precisa desse dinheiro…Tristes aqueles que se deixam manipular desta forma. Não percebo como este tipo de organizações podem actuar desta forma. Isto não é liberdade religiosa. Para quem acredita em Deus, o Deus apregoado por esta gente, está muito longe daquele que será o verdadeiro Deus.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo