Conecte com a gente

E-farsas.com – Desvendando farsas da web desde 2002!

E-farsas.com – Desvendando farsas da web desde 2002!

Funcionário de um necrotério morreu cremado acidentalmente durante uma soneca?

Acidentes

Funcionário de um necrotério morreu cremado acidentalmente durante uma soneca?

Funcionário de um necrotério morreu cremado acidentalmente durante uma soneca?

É verdadeira ou falsa a notícia afirmando que um empregado de um necrotério texano morreu durante uma soneca após ser cremado acidentalmente por um de seus colegas?

A história se espalhou através de compartilhamentos nas redes sociais na primeira semana de abril de 2018. De acordo com o texto, um funcionário de um necrotério do Condado de Jefferson (Texas) teria morrido esta manhã depois de ter sido acidentalmente cremado por um de seus colegas de trabalho.

Henri Paul Johnson, de 48 anos, teria decidido tirar um cochilo em uma maca depois de trabalhar por dezesseis horas seguidas e, enquanto dormia, outro empregado o confundiu com o cadáver de uma vítima de acidente de carro de 52 anos e levou-o para o crematório.

A reportagem ainda afirma que Jenna Davis, uma das colegas de trabalho de Henri Johnson, teria afirmado que ouviu o homem gritar por cerca de 15 segundos depois que o crematório foi ativado, mas que já era tarde demais…

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Henri Paul Johnson, de 48 anos, teria morrido após ser cremado por engano no Texas! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Apesar da notícia que se espalhou em abril de 2018 afirmar que a morte do funcionário ocorreu “essa manhã”, o assunto já circula pela web desde setembro de 2017 aqui no Brasil. No dia 30 de setembro de 2017, o blog Tá Feio publicou a respeito da trágica morte acidental de Henri Paul Johnson. Na ocasião, o Tá Feio explicou que aquela suposta fatalidade era uma brincadeira, um texto humorístico que não deveria ser levado à sério.

Em abril de 2018, o site Sempre Questione (conhecido aqui no E-farsas por disseminar notícias falsas) resolveu ressuscitar a “notícia”, só que – nessa versão – sem avisar ao leitor que se trata de uma brincadeira.

Origens

No dia 01 de março de 2017, o site humorístico de língua inglesa World News Daily Report publicou a fake news afirmando que o pobre funcionário havia sido cremado acidentalmente.

O World News Daily Report usou duas imagens para ilustrar a matéria de pessoas que nada tem a ver com o ocorrido. O sujeito, que teria sido a vítima, é um homem que foi preso em outubro de 2015 sob a acusação de excesso de velocidade, no estado norte-americano do Tennessee.  

Já a colega do morto, chamada de Jenna Davis na notícia fictícia é, na verdade, a doutora Lisa Fuentes – médica forense – fotografada pelo jornal Beaumont Enterprise em 2012.

Conclusão

Nenhum funcionário de necrotério foi cremado por engano enquanto tirava uma soneca! Tudo começou em um site humorístico em inglês e o texto ganhou versões em várias línguas, chegando aqui no Brasil em 2017 e ressurgindo em abril de 2018.     

Continue lendo
1 Comentário

1 Comentário

  1. Alípio Martins

    7 de abril de 2018 em 5:46

    Assunto relacionado. Eu conheço a história legítima de uma moça que estava com uma inflamação nas partes íntimas, foi até o ginecologista, que, depois dos devidos exames, lhe informou que a inflamação era causada por uma bactéria que se encontra em cadáveres em necrotérios. O namorado da moça, na época, era um médico legista. Essa história já seria bizarra o suficiente, mas o ginecologista ainda colocou a cereja no bolo ao informar à moça: “Isso é mais comum do que se possa imaginar”. Apenas um assunto relacionado.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Voltando a Circular

Publicidade

Topo