Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Novo desenho da Disney terá beijo entre duas mulheres?

Cinema / TV

Novo desenho da Disney terá beijo entre duas mulheres?

É verdade que a nova animação da Disney terá beijo de amor entre duas personagens do sexo feminino? Descubra se isso é verdade aqui no E-farsas!

A imagem apareceu no nosso grupo fechado do Facebook no dia 13 de outubro de 2016 depois de ter sido compartilhada diversas vezes nas redes sociais desde o dia 05 do mesmo mês. Nela podemos ver um desenho com duas moças sentadas no galho de uma árvore, de mãos dadas e se beijando!

O texto que acompanha essa ilustração afirma que ela seria um frame tirado de um novo filme dos estúdios da Disney, que irá estrear em breve. O autor da postagem alerta para o “perigo” que o filme causará para as crianças e pede para que a sua mensagem seja repassada para o maior numero de pessoas possível!

Será que isso é verdade mesmo?

Novo desenho dos Estúdios Disney terá um casal de lésbicas! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Novo desenho dos Estúdios Disney terá um casal de lésbicas! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

 

Verdadeiro ou falso?

O desenho nada tem a ver com nenhum lançamento da Disney!

Na verdade, essa ilustração faz parte de uma série de desenhos feitos pelo artista norte-americano Isaiah Stephens, em 2016.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Stephens, que é um fã incondicional da Disney, recria personagens famosos em situações diversas, como nessa seleção onde ele apresenta uma série de ilustrações com as personagens da Disney como se fossem lésbicas!

Reprodução

Reprodução

Em outra coleção, esse artista imaginou como seriam as mulheres dos desenhos da Disney se fossem mães:

Reprodução

Reprodução

 

Conclusão

A imagem de duas personagens femininas de desenho se beijando não é de nenhum lançamento da Disney! Trata-se de uma ilustração de um artista talentoso que é muito fã das criações de Walt Disney!

*com a colaboração de Riomar Bruno

Continue lendo
85 Comentários

85 Comments

  1. Tatiane

    14 de outubro de 2016 em 9:22

    E se fosse verdade, qual o problema?? Adoraria q a Disney fizesse isso pois é algo natural q existe.

    • Gilmar Lopes

      14 de outubro de 2016 em 9:30

      Também acho que seria bem bacana!

    • Daniel

      14 de outubro de 2016 em 9:35

      Ah por favor né nao me venha falar “algo natural que existe” nao tem porra nenhuma de natural caralho vsf natural é macho e fêmea / homem e mulher e fim da discussão alienada do caralho

    • clauber andrade

      14 de outubro de 2016 em 10:22

      Natural???? que existe tudo bem mais, natural! nunca vai ser!

      • José da Silva

        14 de outubro de 2016 em 15:32

        Chola mais, homofóbico de merda.

      • bruno dos anjos

        16 de outubro de 2016 em 8:48

        isso mesmo , e se a disney lançar algo assim para as crianças devemos boicotar

        • José da Silva

          16 de outubro de 2016 em 11:01

          Outro homofóbico de merda que é gay enrustido mas tem medo de assumir. Liberte-se, mona!

          • carlos

            27 de abril de 2018 em 5:14

            José, acho que vc que é uma baita bichona né? Não acho nada bom e natural em botar essas merdas em desenhos infantis.É natural hj em dia sim, mas a piroca do cavalo tbm é natural, então vamos mostrar nos desenhos de criança tbm? Nada a ver né, se é pra criança tem que ter limites e muita censura…

      • Lbarbosa

        24 de outubro de 2016 em 12:29

        Chola mais!

    • JESSÉ

      14 de outubro de 2016 em 12:53

      “E se fosse verdade, qual o problema?? Adoraria q a Disney fizesse isso pois é algo natural q existe.”

      Argumento fraquíssimo, se utilizarmos esse mesmo argumento “…é algo natural q existe…” teríamos que apoiar e nos calar em frente a inúmeros outros atos que “tbem existem” e que supostamente “são naturais”.

      Não estou me referindo ao ato homossexual, cada um vive como quer (desde que sua liberdade de agir/falar/expressar não ultrapasse o direito do próximo). Me refiro a “vc” (Tatiane) achar que esse tipo de cenas deveriam de estar em animações feitas para o público infantil para o “meu” filho assistir.

      Existem muitos desenhos destinados ao público adulto, e todos eles vem com classificação de idade, concordo que se a Disney quisesse realmente fazer isso (que vc tanto quer tatiane), que seja feito então uma restrição/recomendação de idade.

      Mas ainda bem que esse Boato é Falso (Obrigado E-farsas)

      • shadow

        22 de dezembro de 2016 em 13:36

        Tem beiço entre homens e mulheres em boa parte dos filmes dá disney,qual seria o problema?

    • Jorge Armando

      16 de outubro de 2016 em 18:37

      natural para vc, mais não para uma criança

      • José da Silva

        17 de outubro de 2016 em 12:04

        Claro, afinal a criança vai ver um gay na tv e vai virar gay também. Espero que ao ver o filme dos Transformers ele não queira virar um carro!

        • Eder Taveira dos Santos

          19 de outubro de 2016 em 12:23

          Meu amigo, você não tem noção do que diz… a criança não tem discernimento nenhum… se ela ver alguém comendo capim e pode e tende a achar que aquilo é normal, a criança é uma esponja meu amigo… tanto que o comportamento dos pais influenciam diretamente na personalidade da criança… você não sabe o que fala, por tanto, não fale bobagens…

          • José da Silva

            19 de outubro de 2016 em 13:54

            Mimimi

          • Lbarbosa

            24 de outubro de 2016 em 12:31

            Olha o choreirooo!!

      • Gabrielly T. Rocha

        16 de junho de 2017 em 19:29

        “NÃO É NATURAL” Relacionamentos homoafetivos já foram registrados em mais de 20 espécies animais e está presente na sociedade desde a idade da pedra, enquanto o comportamento homofobico só foi observado na espécie humana e surgiu muitíssimos séculos depois. o que é natural?
        A mídia retrata o cotidiano e a atualidade, se reparar estudios retratam assuntos bem mais pesados de forma sútil, afinal essa é a função da mídia, então qual é o problema em um beijo homoafetivo? O que mais irrita é o fator de que essas pessoas não tem nada contra o beijo hetero
        E aquela coisa típica de homofobicos “como vou explicar dois homens (ou duas mulheres) se beijando para o meu filho?” simples: São dois seres humanos que se amam se beijando.
        citando um comentário feito aqui sim as crianças são influenciadas pelo meio em que vivem mas isso não define sua opção sexual tanto que filhos de casais heteros podem muito bem ser membros da comunidade LGBT, e mesmo se a reciproca for verdadeira qual o problema? Ensinem o amor as crianças e não o ódio. Ensinem a amar pessoas e não genitálias.

    • Eder Taveira dos Santos

      19 de outubro de 2016 em 12:19

      Natural? pode ser comum… natural nunca foi… não devemos ter pre-conceito, não devemos difamar, mas não podemos aceitar que é natural… ainda mais passando para crianças… total absurdo.

      • José da Silva

        19 de outubro de 2016 em 13:55

        É natural sim, existe desde o começo da humanidade. E espero que vc tenha um(a) filho(a) gay, só pra pagar a língua, cholona.

        • Pallatus Heinrich

          29 de outubro de 2016 em 9:23

          Mas não pode se tornar norma !
          O homossexualismo é simplesmente um desvio de conduta que jamais deveria ser demostrado em nenhum veículo midiático.

          O Ser humano é : Meio X genética (epigenética e outros influenciadores internos) / Tempo.
          Num estudo de 2011 em gêmeos univitelinos – que tem o mesmo DNA, como clones – as chances de um irmão ser gay se o outro é só ficam em 20%. O que aponta para o ambiente tendo uma influência maior que os genes.

          ((https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20951723)

        • Guilherme

          4 de novembro de 2016 em 8:17

          Não vou entrar na discussão sobre o tema, só argumente e defenda melhor seus ideais, “é natural, existe desde sempre”, os assassinatos também ocorrem desde sempre, então posso matar você e sua família?
          Pra mim pouco importa o que a Disney vai fazer ou deixar de fazer, não ligo pra opção sexual dos personagens, cada um faz o que acha certo e pronto. Só não use argumentos banais para defender seu ponto de vista, creio que você tem mais potencial que isso.

        • MARCELO SANTOS

          5 de janeiro de 2017 em 19:07

          esta parada de enrustido , é só para acabar com a sexualidade, e este José da Silva defende tanto que acho que isto é mais uma Maria da Silva ! Seu trouxa ao invés você ficar de mimimi, fazendo igual a um papagaio repetindo o que os outros falam , Vai ler uma bíblia e depois vem aqui dizer se isto sempre teve.

          Duvido que vocês tenham filhos

          • Eu™

            6 de janeiro de 2017 em 10:03

            Ad hominem colega. Não tem argumentos e ataca o interlocutor. Que tal apresentar evidências para refutar o artigo postado pelo Zé ao invés de atacar o mesmo?

            No aguardo!

  2. William

    14 de outubro de 2016 em 11:34

    Tava bem obvio que era uma fan-art. O mal das pessoas é falar demais do que não entendem…

  3. Melo

    14 de outubro de 2016 em 16:20

    Que pena. Seria uma grande evolução.
    Ah, rebato 101% de qualquer argumento contra lembrando que: Seja qual for seu argumento, ele já foi usado pelos que eram contra o casamento entre pessoas de etnias (erroneamente chamada de raça) diferentes nos EUA. Isso mesmo, “Não é natural”…”Vergonha para a família”….”Deus não fez para ser assim”…e etc.
    Pois bem, em pleno século 21 quem, em sã consciência, iria usar um argumento desses para ser contra o casamento de um homem negro com uma mulher caucasiana ou vice-versa? Ninguém, correto? Então, será assim também daqui a uns 50 anos, no máximo. As gerações se renovam, as cabeças também.

  4. Rodrigo

    14 de outubro de 2016 em 17:09

    No mundo em que vivemos, não me surpreenderia caso houvesse uma cena como essa em um desenho infantil mesmo não sendo a favor deste tipo de conteúdo. Agora o que é bem verdade é que isso é algo que não irá demorar muito para acontecer.

  5. Ari

    14 de outubro de 2016 em 17:15

    aquele desenho das duas mulheres foram expirados na Camila Pitanga e a Daniela Suzuki?

    • ClodoVIU

      15 de outubro de 2016 em 7:44

      “Expirados”? Analfabeto!

  6. Gilson

    14 de outubro de 2016 em 17:19

    O povo fica louco com essa história de homossexualidade. Não há consenso quanto a nosso passado evolutivo, mas mesmo já como sapiens, devemos ter experimentado toda gama de relacionamento possível, predominando hoje, (não que não possa ou não vá mudar) a monogamia de homem e mulher.

  7. Dayanne

    14 de outubro de 2016 em 21:01

    Acho isso norma e uma realidade que estamos vendo no dia dia.

  8. Amorim

    14 de outubro de 2016 em 23:20

    Ainda bem que o nome d site é farsa kkkk, ja pensou que doidera

  9. José Fonseca

    15 de outubro de 2016 em 7:22

    Daniel sabe que você perdeu uma grande oportunidade de ficar calado. Estamos no século XXI e seus conceitos moralistas estagnados no século IXX. Uma pena

    • André

      16 de outubro de 2016 em 1:08

      Não acho que ele pensa em um século com número negativo

    • Sedgewick Sexton

      17 de outubro de 2016 em 7:33

      XIX = 19
      IXX = Não existe.

  10. Lucho

    15 de outubro de 2016 em 8:47

    Hummmmmmm…

  11. MaxSiqueira

    15 de outubro de 2016 em 22:01

    Se fosse real eu não veria problema. E as dubladoras de Frozen já disseram que talvez a Elsa de Frozen seja lésbica.

  12. Debora

    15 de outubro de 2016 em 23:39

    Vi as imagens desse artista e são belíssimas, em uma parte foi bom esse boato, pois tive o prazer de conhecer esse trabalho desse artista e o boato em si é ruim pq é uma forma de ataque, e como a maioria inventando histórias para enganar o povo.

  13. Tatiane

    16 de outubro de 2016 em 13:54

    Respondendo alguns comentários:
    Primeiramente agradeço o Alan Souza, não me senti ofendida, só fico triste em pensar q infelizmente algumas pessoas AINDA pensam assim, como o Daniel, Clauber Andrade, Bruno dos Anjos, Rômulo Ribeiro e mtos outros pela vida afora, mas acredito q o Gilmar deixa livre p expressarmos nossa opinião, seja qual for…
    P mim sempre foi natural e sempre será, pois seria mto interessante as crianças começarem a ver isso desde cedo p não crescerem c estereótipos só de homem e mulher, né Jessé??
    Melo concordo c vc, espero q assim como “aceitaram” o casamento entre etnias diferentes, espero q um dia aceitem a homossexualidade.
    Agradeço pelo links do ClodoVIU, mto interessantes, baseados em pesquisas científicas, em alguns casos isso é perceptível, soube de um caso de um rapaz totalmente homofóbico q qdo ficava bêbado queria beijar o amigo na boca…
    Débora realmente o trabalho desse artista é lindo!!
    Engraçado q ngm comentou, nem mesmo eu, sobre a gravidez da personagem…
    Conclusão: se cada um tomasse conta da sua própria vida o mundo seria mto, mto melhor.

    • JESSÉ

      18 de outubro de 2016 em 12:06

      Em nenhum momento estou sendo contra alguém ser homossexual Tati, apenas me referi a sua justificativa de algo ser natural então temos que mostrar isso em desenhos infantis. Independentemente de algo ser homossexual, ou heterossexual. Este argumento é fraco.

      O ato sexual em si é um ato natural, não achas? Então de acordo com seu argumento deveríamos de mostrar pra nossas crianças cenas de sexo? já que é algo natural?

      Apenas quis defender e dar vós a quem não tem direito de opinar, que são nossas crianças. Vc pode achar que isso é ótimo para o seu filho (talvez seja) mas eu tenho o direito de não achar isso legal para o “meu” filho, e acho que vc também deveria de respeitar minha opinião.

      Acredito que consigo educar meu filho a não ser um homofóbico e respeitar as diversidades sem que pra isso seja necessário forçá-los a assistir cenas com conotação sexual (tanto hétero quanto homo).

      O E-farsas já desmentiu esse boato, mas se foce verdade eu não seria contra, desde que tenha uma classificação de idade e indicação de que esse desenho traz mensagens sexuais. Me dando assim o direito de decidir se meu filho deve ou não assistir.

      Alias, já existem vários desenhos que trazem esse tipo de mensagem, como por exemplo “Família da pesada” e “south park”.

      Obrigado por sua educação no comentário Tati. Tenha um bom dia.

      • Felipe Ferrari

        25 de outubro de 2016 em 2:40

        Jessé, a verdade é que não adianta querer esconder as coisas dos filhos. É mais fácil você garantir uma boa educação e confiar que eles sejam capazes de escolher o melhor caminho. Olha as músicas que fazem sucesso entre essa criançada nova, maioria tem conotação sexual. Não sei sua idade, mas em minha época, há 20, 25 anos era a mesma coisa: festa de criança tocava Mamonas Assassinas, Raimundos, É o Tchan. Só que no fundo, a gente mal sabia o que aquilo ali queria dizer e o pouco que entendíamos éramos proibidos de repetir. Era música por entretenimento, entende?! Nem meus amigos nem eu fazíamos suruba porque a Maria foi para uma. Ninguém virou gay porque o Robocop era gay. Ninguém transou precocemente porque descia na boquinha da garrafa. Ou porque a dança do maxixe era “um homem no meio com duas mulheres fazendo sanduíche”. Ou ainda porque “tudo que é perfeito a gente pega pelo braço, joga lá no meio, mete em cima mete em baixo, depois de nove meses você vê o resultado”. A barata da vizinha, era só uma barata. E o pinto do meu pai que fugiu com a galinha da vizinha, era só um pintinho mesmo. Todos nós amadurecemos no tempo certo e iniciamos a vida sexual no tempo certo. E isto é reflexo da boa educação que tivemos. Já o homossexualismo, não é questão de boa educação porque foge ao controle dos pais. Não há superproteção e vigilância que vá impedir, ou surra que faça alguém deixar de ser gay. Aí cabe aos pais decidirem ter um filho homossexual por perto, ou um filho homossexual distante. Decidir se vai ser ou não, é uma amarga ilusão. Um abraço!

        • Felipe Ferrari

          25 de outubro de 2016 em 2:46

          homossexualidade*

        • Palatus Heinrich

          29 de outubro de 2016 em 9:40

          Por isso precisamos mudar o meio.
          O homossexualismo é super valorizado pois estamos em uma sociedade que transborda o individualismo e a privacidade.
          Uma sociedade que valoriza as potências sexuais masculinas e femininas em detrimento desse individualismo hedonista, tende a ser muito mais pacífica e civilizada. Vide os minóicos, elamitas, çatal huyuk etc.
          O homossexualismo nada mais é que uma perversão humana ! Representa a desordem social / mental !
          Jamais isso deveria ser demostrado em qualquer lugar pois o ser humano não é um robô determinado SOMENTE por mecanismos internos ! O ambiente influencia (E MUITO) no ser !

          Num estudo de 2011 em gêmeos univitelinos – que tem o mesmo DNA, como clones – as chances de um irmão ser gay se o outro é só ficam em 20%. O que aponta para o ambiente tendo uma influência maior que os genes.

          (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20951723)

          Homossexualismo é praga !

  14. Patricia

    16 de outubro de 2016 em 20:28

    O povo esperneia, mas o fato é que seus filhos podem ser gays ou lésbicas no futuro, sem que ninguém tenha feito nada para gerar isso. Acontece porque é natural e parte da vida.

    O que não será natural é deixar de amar seus filhos porque não correspondem às expectativas do que vocês consideram normal. Sou heterossexual em uma família gay. Ainda bem que minha mãe nunca deixou de me amar por isso. :p

    Elsa pode ser lésbica, Dumbledore é gay. Sua mãe pode ter sido uma lésbica reprimida, seu pai pode ter dado suas escapadas gays por debaixo dos panos. Você pode ser um bissexual reprimido tentando disfarçar isso com tamanha agressividade e ódio.

  15. Renato

    16 de outubro de 2016 em 23:40

    Poderia ser verdade sim. Eu acharia mto legal e isso abrangeria uma diversidade maior.

  16. Arthur

    17 de outubro de 2016 em 5:40

    Aonde nos vamos para,ta surgindo rumores de uma terceira guerra mundial vai ser a mais destrutiva por causa de homens loucos que criaram misses atomicos 400 vezes mais potente do que a bomba nuclear isso e terrivel.

    • José da Silva

      17 de outubro de 2016 em 12:03

      Quanta merda, affe.

  17. Arthur

    17 de outubro de 2016 em 5:45

    É o fim dos tempos Jesus esta voltando se entregue pra Jesus enquanto a tempo para escapar do juizo de Deus que ta pra vim nesse mundo.

    • ClodoVIU

      17 de outubro de 2016 em 12:02

      Chola mais, homofóbico enrustido.

  18. Osiris Figueiredo

    17 de outubro de 2016 em 12:36

    A hipocrisia de dizer que ” isso é natural” é proporcional a imbecililade de quem acha que “ser comunista tudo bem, o importante é não ser fascista-nazista” como se essas três vertentes da imbecilidade humana não tivessem EXATAMENTE a mesma origem!!! Não é nada natural não. Nunca vi (e não me venham com pesquisas encomendadas!) animal algum agir dessa maneira, só o imbecil escroto “ser humano” que nunca está contente em ser o que é!!

    • ClodoVIU

      17 de outubro de 2016 em 13:35

      Outro cholão homofóbico que quer mais é dar o toba mas não tem coragem!

      Morde fronha.

      Estou de olho!

  19. Disney

    17 de outubro de 2016 em 12:40

    Toda a gente que eu conheço e que fala comigo
    Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho,
    Nunca foi senão príncipe – todos eles príncipes – na vida…

    Quem me dera ouvir de alguém a voz humana
    Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;
    Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia!
    Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.
    Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?
    Ó príncipes, meus irmãos,

    Arre, estou farto de semideuses!
    Onde é que há gente no mundo?

  20. Germano

    17 de outubro de 2016 em 17:38

    Muitos comentários homofóbicos são ridículos. E daí se um filme de animação tivesse um casal homossexual? É para ensinar as crianças respeitar as diferenças, o discurso “vai influenciar a criança virar gay” já está ultrapassado, olha sou gay, cresci vendo filmes e novelas com casais heterossexuais e não virei hétero. Precisam mudar seu conceito e já basta ter respeito.

  21. Bia

    18 de outubro de 2016 em 0:03

    Não tenho nada contra os homossexuais tenho amigos maravilhosos que tbm são acho que este tipo de desenho pode deixar as crianças confusas a realidade é devemos ensinar nossas crianças a respeitar as todos sejam homossexuais, negros, nordestinos etc.

  22. William R.

    19 de outubro de 2016 em 13:27

    Nenhum filme, desenho ou qualquer material infantil deve enfiar ideologias goela abaixo das crianças, vítimas da sociedade. Isso é um abuso, para não dizer um estupro mental de inocentes. E para aqueles que acham “normal” essa prática, sugiro que leiam esta entrevista com Saulo Navarro, um ex-gay que revela como acontece a introdução de jovens normais na vida homossexual. Segundo ele, a homossexualidade é um engano na vida de quem a pratica: http://juliosevero.blogspot.com.br/2013/09/blog-julio-severo-entrevista-ex.html

    • ClodoVIU

      19 de outubro de 2016 em 14:57

      “Ex-gay”. Arrã. Ô. Sinto lhe dizer, colega, é mais fácil achar um político honesto do que existir ex-gay.

      Em fadas você acredita também?

      QUANTA BOSTA nessa merda de link.

  23. Dias

    21 de outubro de 2016 em 7:47

    Tenho uma amiga trans famosa Fernanda Carraro, ela tem mais de 50 anos, conversando ela me disse que realmente não é uma coisa normal, pois o normal é sim o modo como os pais dela a fizeram, útero+óvulo+espermatozoide=adalto, a fórmula foi alterada com o tempo e acontecimentos, dando assim o resultado fernanda. A pessoa que não aceita tem todo o direito, pois não foi assim o propósito inicial, mas o respeito ao próximo deve estar acima de tudo. Haverá sempre quem ataque se houver quem fique respondendo aos ataques, se tornará algo sem fim. Ignorar a opinião é o melhor. Sejamos pacíficos para com todos.

  24. Rick

    22 de outubro de 2016 em 11:03

    Acho que colocar um beijo lésbico num desenho destinado ao público infantil é no mínimo falta de bom senso. Provavelmente causa uma confusão na cabeça de uma criança. Deve-se ensinar as crianças a respeitar “o próximo”, independente se esse próximo é gay. Mas também deve-se evitar qualquer influência que lhe cause confusão.

  25. Ismael

    22 de outubro de 2016 em 23:06

    Se Deus criasse Adão e Adão, ou Eva e Eva, nenhum de nós estaria aqui. Não precisa ser cientista para entender isso. Quanta loucura! Qualquer um pode andar fora do padrão natural, mas querer que o padrão natural se torne a excessão, é algo irracional, absurdo. Nunca vi um desfile de casais que se amam em vias públicas pra chamar a atencao dos transeuntes. Mas temos visto parada gay…essas pessoas estão ali para dizer o quê? Elas se amam de fato? Amam a si mesmas e ou seu(sua) companheiro(a)? O ativismo gay não respeita ninguém, muito menos seus adeptos. Erroneamente tem atacado a igreja, organismo que busca a paz e o respeito mútuo. Acredito que esse ativismo burro está é fomentando o ódio, a intolerância. Queridos, não sirvam de massa de manobra a interesses escusos. Nem tudo que si publica é verdade. Globo, época, Abril, comunismo, etc Já trabalhei em televisão. Ali se anuncia o quê se paga. Abram os olhos! Enquanto houver intrigas aqui em baixo, quem tá mandando, continua no poder. Parem para ouvir os velhos, pois esses velhos de hoje foram doidos no passado, já quebraram a ca
    ra, se arrependeram, retrocederam…deixe as crianças em paz! Quantos fizeram tatuagem no passado e hoje, se lamentam não poderem tirá-las…Creia em Deus ou pelo menos observe que se plantamos feijão não colhemos arroz. Paz!

    • João

      25 de outubro de 2016 em 2:11

      Não sei de quem você tá falando que tá “atacando a Igreja”, por que o número de LGBTs que respeita-a é MUITO grande…

  26. Mariana

    23 de outubro de 2016 em 12:53

    O bizarro é que quem inventa essas notícias são as pessoas homofóbicas kkkkkk. Essa gente tem tara por homossexuais. E nessas discussões sempre vem um idiota religioso botar deus em tudo…

  27. Janiana

    25 de outubro de 2016 em 6:33

    Acho natural por Deus em tudo!afinal Deus e o dono de tudo até Do homossexual, Deus ama o pecador mas abomina o pecado…acredito em exs:ex qualquer coisa com Deus nada é impossível,e como visto na entrevista do saulo ngm consegue nada sozinho tem q ter ajuda. Tenho amigos gays assim tbm como tenho amigos dependentes químicos uma pena que só da resultado se a pessoa aceita que precisa e procura ajuda

    • Di Abão

      25 de outubro de 2016 em 8:16

      Errou de página, a da igreja é em outro lugar, evanjegue.

  28. Alguém

    26 de outubro de 2016 em 12:41

    Só esperando comentários de religiosos homofo– Opa… já achei muitos…

  29. Priscila Gabriela

    26 de outubro de 2016 em 14:39

    Deevemos ensinar as crianças a não terem nenhum tipo de preconceito quanto ao que ver na tv ou quanto a relacionamento gays.

  30. Gauleis

    28 de outubro de 2016 em 10:39

    Eu tenho criancas… agora,,nao venha me dizer. o que devo fazer com elas.. minha educação..e de meus filhos nao muda nos anos. seguintes,, pq nao venha me dizer q tudo é normal.. isso virou uma bagunça. de sexo,

    onde nao sabemos quem é quem mais..em pleno seculo 21,, acho quer nenhum pai e mae fique orgulhosa

    por ter filhos gay,, pode ate aceita-los.. pels escolhas deles.. casal é formado por um homem e uma mulher..

    • ClodoVIU

      28 de outubro de 2016 em 11:22

      Outro gay enrustido. Se solta, mona! Vai ser mais feliz assim!!

    • PasCUale

      28 de outubro de 2016 em 11:22

      Antes de educar seus filhos, VOCÊ deveria se educar. Bicho analfabeto, vai aprender a escrever primeiro, antes de querer opinar.

  31. Roger

    28 de outubro de 2016 em 15:37

    Nada mais normal, hoje em dia tem em novelas e em toda mídia, porque não na Disney?

  32. kilma

    14 de novembro de 2016 em 15:56

    mds é so ver o traço do desenho que o cidadão perceber que não é da disney.e se fosse verdade não acho que ia criar tanta polemica.as crianças de hoje em dia ja são influenciadas pelas musicas e programas de tv.

  33. Manu

    26 de novembro de 2016 em 23:13

    Agora todo mundo que não aceita o homossexualismo como algo natural é gay? Humm… então chamar alguém de gay é uma ofensa. E no fundo, aquele que diz que o outro é gay só porque esse outro não concorda com o homossexualismo na verdade é o verdadeiro homofóbico, porque está utilizando do termo como forma de ofender. Quanto a ser natural, não é. `Pode até ter se tornado normal para muitos, mas não natural. O natural já está estabelecido pela natureza: Órgãos sexuais bem definidos. É engraçado como o ser humano tende à mentira, negando aquilo que é verdadeiro, visível, comprovado. Hormônios, atração sexual e cérebro estão interligados. Tudo é estabelecido pelo que está na cabeça, até o amor.

    • Lucho

      27 de novembro de 2016 em 10:29

      Você tem conta no facebosta. Acertei?

    • Omo Sexual

      27 de novembro de 2016 em 13:42

      >Agora todo mundo que não aceita o homossexualismo como algo natural é gay?

      Sim, é.

      O resto é mimimi. Chola mais

  34. Mirella Feirra Borges

    2 de dezembro de 2016 em 20:38

    Eu acho que esta errado!Deus criou um homem e uma mulher pra ficarem juntos,não mulher com mulher. Eu não tenho nada contra isso,mais olha o exemplo que a Disney está dando às crianças!

  35. Josy

    15 de dezembro de 2016 em 7:20

    Tenho filhos e não.Não deixaria eles assistirem um filme assim ,mas não é pelo conteudo é pelo simples fato de querer que o meu filho entenda o homossexualismo por mim.
    Pois eu conheço meus filhos e não quero que outros meios ou pessoas expliquem a sua maneira.
    Meus pais nunca falaram sobre o tema comigo e isso não me fez ser homofóbica.Temos que lembrar que mesmo que na biblia diga que “homossexualismo é errado” tambem diz para respeitar o próximo como a si mesmo,se é pra segui um pricípio vamos seguir direito.
    Relembrando sou heterossexual mas respeito as opções das outras pessoas e só absorvo aquilo que me parece viavel A MIM.E se não achar respeito quem acha .

    • Eu™

      15 de dezembro de 2016 em 10:37

      Então coloque seus filhos em uma BOLHA, já que a homossexualidade está por TODOS OS LADOS, e se você não for rápida em explicar pra eles antes que eles vejam por aí, com certeza eles vão saber por outras pessoas, não necessariamente por um filme. Inclusive algum deles pode ser gay e você nem sabe ainda.

  36. Schindler

    28 de janeiro de 2017 em 15:49

    Quando se coloca uma classificação num filme, existe todo um estudo de cenas e conversação para que se possa qualificá-lo a uma determinada faixa etária do público alvo. Então se a Disney ou qualquer outro estúdio lançar um um filme com cenas de beijo homo afetivo, certamente não o farão de maneira irresponsável. Quanto a criança ver ou não, cabe aos pais desta, combater ou não de acordo ao seu modelo de educação familiar/religiosa; o controle remoto é uma grande ferramenta com senhas e a internet também dispõe desse recurso. Eu penso que se eu educar meus filhos sabendo a real situação do comportamento humano, ele estará apto a futuramente fazer escolhas através do seu LIVRE ARBÍTRIO, baseado no meio em que foi criado, nas experiências vividas e na cultura e crenças que ele acredita. Repudio as opiniões que relatam sobre uma criança ver um beijo homo afetivo e vá “se transformar num”, Acredito que, quem é homo ou hétero ou pan o é porque nasceu e ao longo de sua vida foi desenvolvendo a partir de suas vivências. Abraço fraternal.

  37. Adriana

    9 de abril de 2017 em 18:22

    Peguei o bonde andando, e o beijo rolou mesmo?

    • Eu™

      10 de abril de 2017 em 8:13

      “Conclusão
      A imagem de duas personagens femininas de desenho se beijando não é de nenhum lançamento da Disney! Trata-se de uma ilustração de um artista talentoso que é muito fã das criações de Walt Disney!”

      Não.

  38. Arthur

    8 de junho de 2017 em 21:35

    Uma coisa normal hoje em dia, não sou a favor mas também não sou contra.

  39. sofia silva

    24 de junho de 2019 em 18:04

    e se fosse verdade e se a Disney lançasse realmente um filme assim qual e o problema? a Disney estaria ensinando as crianças a aceitarem lésbicas e não crescerem com maldade e preconceito no coração hoje em dia a maioria das pessoas enxergam isso como uma desgraça uma vergonha eu não sou a favor mais também não sou contra quem cada um tem a sua opnião

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo