Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

O E-farsas revela a origem dos discos voadores!

Conspirações

O E-farsas revela a origem dos discos voadores!

Nesse vídeo, Gilmar Lopes explica como surgiu a expressão “Disco Voador” e ainda mostra como um erro jornalístico pode influenciar toda uma geração!

Você sabia que os discos voadores nasceram de um erro jornalístico?

Pois nesse vídeo tentamos explicar que essa onda de avistamentos de discos voadores pode não ser tão real como muitos afirmam por aí e como que um erro de interpretação de um jornalista acabou por criar um novo tipo de “estudo” baseado apenas em relato e sem o menor rigor científico.

Nesse episódio:

  • Veja que é fácil confundir fenômenos naturais com discos voadores;
  • Descubra que as épocas do ano em que há mais avistamentos de ovnis coincidem com as comemorações de fogos de artifício do réveillon e do 4 de julho (nos EUA);
  • Relembre o dia em que uma cidade inteira confundiu um drone com um disco voador;

E muito mais!

Assista ao nosso vídeo dessa semana e aproveite para se inscrever no nosso canal:

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

 

Muito obrigado a todos pela audiência!

Gilmar Lopes veste Renove Store – http://www.re9store.com/

Continue lendo
54 Comentários

54 Comments

  1. Luciano Vieira Francisco

    31 de janeiro de 2016 em 14:45

    Olá!
    Parabéns pelo site e este vídeo. Acho, porém, que há casos que não podem ser tão facilmente comprovados como falsos, o que alimenta a imaginação popular e trazem todos os outros no lastro. Como desafio (porque não os vi ainda no site ou canal), gostaria muito de ver sua opinião sobre as teses de veracidade de filmes que um tal de Ivan roubou da KGB e tornou públicos (https://www.youtube.com/user/ivan0135), assim como a teoria de que os eventos em 11/09/2001 foram um serviço interno (estadunidense).
    Quando ver o e-farsas desmontando esses dois embustes, ficarem totalmente satisfeito!
    Abraços!

    • Eu™

      1 de fevereiro de 2016 em 8:35

      “Quando ver o e-farsas desmontando esses dois embustes, ficarem totalmente satisfeito!”

      Duvido.

    • Onimusha

      1 de fevereiro de 2016 em 9:09

      Véi.. SEMPRE são péssimas as qualidades dos vídeos. Acho que deve ser a presença dos aliens que danifica a filmagem, né? kkkkkkkkkkkkk

      Eu não “desacredito”. Só não temos evidências provadas da existência deles. Só os mimimi soltos na internet.

    • Cesar Crash

      1 de fevereiro de 2016 em 13:58

      Só do ET estar vestindo roupinha estilo Guerra nas Estrelas pra mim já torna a coisa bem difícil. Ele ter conseguido vestir esta roupinha com este cabeção já torna impossível.

      Mas isso eu acho que é questão de querer acreditar ou não. Se isso é totalmente possível de se fazer com computação gráfica, pra quê acreditar no contrário? Esse tipo de vídeo nunca apareceu antes da tecnologia torná-los possíveis.

  2. Leano Silva

    1 de fevereiro de 2016 em 6:04

    Eu creio piamente que não existem outros serem, a não ser os humanos no universo. Creio piamente na criação. E que nós não viemos do macaco. Creio piamente que existe um Deus criador de todas as coisas e um plano de salvação atravéz de Jesus Cristo. É muito mais consistente, real e lógico do que nas imaginações de mentes fértis para se viver procurando suposições……

    • Eu™

      1 de fevereiro de 2016 em 8:35

      A beleza de tudo é que é apenas a sua CRENÇA, e ela não significa nada pra mais ninguém além de você.

    • JESSÉ

      1 de fevereiro de 2016 em 11:29

      Também creio em um Deus criador, mas isso não impede a possível existência de vida fora da terra. Acho um enorme desperdício de espaço Deus ter criado tudo isso e ter colocado vida apenas nesse “planetinha”.

      E mesmo se eu fosse ATEU eu também acreditaria em uma existência de vida fora da terra, pois de acordo com as teorias de formação do universo e da vida tudo aconteceu por acaso, será que esse “acaso” não poderia acontecer em outro lugar do universo também?

      Não acredito em discos voadores e alienígenas nos visitando como querem comprovar com teorias de conspirações e filmes abordando tal tema. Mas quem sabe em um planeta muito distante possa existir vida em formação, animais e vegetais ou até mesmo vida inteligente, evoluindo como a nossa evoluiu nesse planeta ou quem sabe criada por Deus.

      É muito egocentrismo acharmos que estamos sozinhos no universo.

      • Dr Matsuda

        30 de abril de 2016 em 15:56

        Se vídeos sobre ETs são totalmente possível de se fazer com computação gráfica, por quê acreditar no contrário? Porque acreditar no que não é possível provar?? Esse tipo de vídeo também nunca apareceu antes da tecnologia torná-los possíveis… Pq não aparececeu há 30 ou 40 anos atrás? Somos nós, humanos, os mais prováveis culpados por nossas crenças infundadas tornarem-se algo próximo de ser possível acreditar! Nós queremos e desejamos ser enganados….

    • Cesar Crash

      1 de fevereiro de 2016 em 13:14

      Só de citar o macaco você já cita um ser a mais que o ser humano no universo. Por que quando se trata de seres extraterrestres as pessoas sempre falam sobre existir ou não outras formas de vida além do ser humano? Só as formigas já estão em número bem maior de indivíduos.

    • Marcelo

      4 de fevereiro de 2016 em 15:41

      Leano, Vc está enganado , é muito mais lógico e consistente a teoria da evolução , pois é algo palpável, comprovado cientificamente, com provas reais, ossadas, fósseis , etc . Agora, irreal e inconsistente é aquilo que não vemos , não temos prova, nem vídeo, nem áudio, nem nada, apenas uma história antiga, escrita num livro antigo, sabe-se lá por quem…A tua visão é típica de um crente fanático…crer em DEUS não é um problema nem um erro, o problema é ser ignorante o bastante pra acreditar que a sua verdade é única, ignorando os fatos científicos e históricos…sua visão é muito pequena e retrógrada para os dias atuais….

    • J.Ribeiro

      22 de fevereiro de 2016 em 10:17

      Vc. fala anestesiado por uma suposta fé sem o devido respeito pelo próprio Criador narrado na Bíblia. O universo como citou abriga bilhões de galaxias e consequentemente trilhões de estrela que em sua maioria possuem sistemas planetários. Isso gera bilhões de possibilidades de vida de várias formas. A biblia fala de mistério, gigantes e, tantas coisas que não são de nosso pequeno planeta e fora do plano espiritual. Jesus Cristo está vinculado apenas ao Homem. Cachorros, gatos e todos outros animais são vivos, inteligentes e, nem porisso precisam assumir responsabilidade espiritual com os preceitos descritos na Bíblia. A existência de seres extraterrestres em nada invalidaria o plano de salvação exposto por Jesus Cristo. Cresça espiritualmente. Abra sua mente para os mistérios desse Deus infinito e capaz de administrar sem nenhuma impossibilidade várias formas de vida, quer sejam inteligentes ou não. O seu fanatismo pode crucificar várias almas que teriam chances de salvação. Pare de ser idiota e falar apenas dentro de seu pequeno mundinho.

  3. VICTRON

    1 de fevereiro de 2016 em 7:32

    “Saucer” em inglês é “pires”, não “disco”. É claro que ambos têm o mesmo formato. Mas quem foi o primeiro a traduzir errado no brasil?

    • Gilmar Lopes

      1 de fevereiro de 2016 em 7:40

      Bem observado! Vou tentar descobrir!

      • Cesar Crash

        1 de fevereiro de 2016 em 13:11

        Com este tipo de postagem você arruma pra cabeça, Gilmar. Só falta você dizer que no tempo de Perdidos no Espaço o pessoal via ETs robozinhos, depois do Contato Imediato de terceiro Grau o pessoal vê ETs cinzentos e cabeçudos e este tipo de coisa.

        • Gilmar Lopes

          1 de fevereiro de 2016 em 13:17

          Tá na fila pra um próximo vídeo! 🙂

  4. Nelson Vilmar

    1 de fevereiro de 2016 em 11:56

    Discos voadores óu seja ovnis existem sim pois eu já vi por isso posso dizer. Foi na noite de 20 de Janeiro 1989 em São Paulo 23hs20 eu minha esposa, meus três filhos, meu irmão e minha cunhada vimos e confirmamos em detalhes a mesma coisa em detalhes. Diâmetro aproximado de um avião modelo Boeing 737, cor cinza Prata, silencioso, forma de disco, com 5 ou 6 lentes redondas aparentando cristal emitindo alternadamente cores variadas. A altitude do disco quando passou sobre nossa residência era aproximadamente 4000 metros .Silencioso demonstrando segurança e altissima tecnologia.Aquela nave só poderia ser de mundo superior porque nossos aviões são muito barulhentos e tecnologia ultrapassada.

    • Alexander

      1 de fevereiro de 2016 em 13:37

      🙂 Perfeito, Nelson ! E ignorante aquele que se acha o único num universo infinito. (Alguém tem noção do infinito ? Pelo amor de Deus !!!!)

  5. Ruan Sanchez

    2 de fevereiro de 2016 em 17:29

    E se não for uma forma de vida extraterrestre? Pode ser uma forma de vida natural do nosso planeta ainda desconhecida? Vejam as missões STS 48 , 58 da NASA quando a estação espacial e o space shuttle são cercados por
    aparentes objetos luminosos com comportamento inteligente .

  6. Daniel Zimmermann Machado

    2 de fevereiro de 2016 em 21:57

    Homem flagra OVNI o seguindo durante passeio nos Alpes
    https://br.noticias.yahoo.com/video/homem-flagra-ovni-o-seguindo-153012696.html

    Gilmar aguardo sua confirmação de não-autenticidade do vídeo. Valeu!!

    • Eu™

      3 de fevereiro de 2016 em 20:05

      Claro, afinal o Yahoo notícias é uma fonte confiabilíssima de informações. Só perde pro “Sensacionalista”.

      Senta lá, Cláudia.

  7. Jovelino

    2 de fevereiro de 2016 em 22:25

    Essa análise sobre discos voadores foi a pior vídeo que assisti até hoje.

    • Eu™

      3 de fevereiro de 2016 em 20:04

      Seu comentário foi o pior que li até hoje.

  8. Lee

    3 de fevereiro de 2016 em 1:21

    Ah, pq vc nao fala da 0peraçao prato, heeeeeein?/

    • Eu™

      3 de fevereiro de 2016 em 20:06

      Porque a operação Prato existiu, não é boato. Só que em nenhum momento ficou confirmado que os objetos avistados são DISCOS VOADORES, apenas que NÃO FORAM IDENTIFICADOS, o que é uma ENORME diferença.

  9. ELIANE MARTINS

    3 de fevereiro de 2016 em 10:31

    YO NO CREO EN BRUJAS, PERO QUE LAS HAY, LAS HAY (Miguel de Cervantes)… HAY??????

    • Eu™

      3 de fevereiro de 2016 em 20:06

      NO!!!

      • Kdu

        4 de fevereiro de 2016 em 13:28

        Vc não acredita não acredita em OVNI’s, não acredita em Deus, me diga, em que você acredita? Fiquei curioso. Ou vc é o famoso “do contra”? No final não acredita em nd, nem em vc msm. Só quer IBOPE, atenção…
        O vídeo deixou muito a desejar msm. No YT tem bastante informação sobre, desde autoridades de outros países, a depoimentos de pilotos comerciais e militares, até ex- agentes do governo. E não existe somente vídeos com imagens borradas. O problema de vocês é a preguiça de procurar. Querem tudo na mão. Só falta dizerem que querem o whats dos ET’s. Pra quem não acompanha o meio, a Nasa e diversos cientistas já anunciaram que as chances de encontrar vida inteligente no universo está bem próxima de acontecer.
        Dica: Assistam a série “Cosmos” – Carl Sagan

        • Eu™

          4 de fevereiro de 2016 em 16:54

          >>Vc não acredita não acredita em OVNI’s, não acredita em Deus, me diga, em que você acredita?

          Eu acredito no que pode ser evidenciado. E eu nunca disse que não acredito em OVNIs ou em deuses, de onde você tirou isso?

          >>Fiquei curioso. Ou vc é o famoso “do contra”?

          Não sou “do contra”, sou só CONTRA aqueles que entram num site só pra vomitar asneiras achando que ninguém vai responder. Se quer manter um monólogo, crie um site próprio e modere os comentários. Não é só porque alguém PODE tecer uma opinião, que DEVE fazê-lo. E ao fazê-lo deve-se estar sujeito à réplicas. Esse sou eu, o cara das réplicas.

          >>No final não acredita em nd, nem em vc msm. Só quer IBOPE, atenção…

          Já falei no que acredito, e cago e ando pra quem lê meus comentários, ou pior, os responde. Por um lado significa que de uma forma ou de outra consegui o que queria, fazer a pessoa refletir sobre a BOSTA que postou, sem evidências. Porque falar é fácil. Muito fácil.

          >>O vídeo deixou muito a desejar msm.

          O vídeo é específico sobre o assunto que o título propõe. E cumpre com o que promete, que é explicar a origem do termo “Discos Voadores”.

          >>No YT tem bastante informação sobre,

          Claro, afinal se está no Youtube é verdade.

          >>desde autoridades de outros países, a depoimentos de pilotos comerciais e militares, até ex- agentes do governo.

          Relatos, relatos e relatos. Pedaço de nave? Objetos alienígenas? Cadê?

          >>E não existe somente vídeos com imagens borradas.

          Não, existem também os vídeos com imagens perfeitas, geradas por CGI.

          >>O problema de vocês é a preguiça de procurar. Querem tudo na mão. Só falta dizerem que querem o whats dos ET’s

          Não, “nosso” problema é que não acreditamos em qualquer historinha ou vídeo do Youtube. Ou em contos de fadas escritos em livros de ficção há mais de 2000 anos. Nós acreditamos em EVIDÊNCIAS, e, até o momento, nenhuma das apresentadas passa pelo crivo do método científico. Nosso “problema” é o ceticismo, eu diria.

          >>Pra quem não acompanha o meio, a Nasa e diversos cientistas já anunciaram que as chances de encontrar vida inteligente no universo está bem próxima de acontecer.

          Pois é. A questão é que eu nunca disse que ETs NÃO EXISTEM, ou que ESTAMOS SOZINHOS NO UNIVERSO, e sim que NÃO HÁ EVIDÊNCIAS SUFICIENTES QUE PROVEM QUE ELES ESTÃO NOS VISITANDO/NOS VISITARAM UM DIA. Se excluirmos os relatos e vídeos toscos/cgi o que sobra? NADA. No máximo, avistamentos que não conseguimos explicar (por isso o “U” do UFO), mas não significa que sejam extraterrestres. No final, UFOs continuam sendo UFOs.

          >>Dica: Assistam a série “Cosmos” – Carl Sagan

          Não só a do Carl Sagan como a do Neil DeGrasse Tyson, que, inclusive, sempre foram/são contra UFOLOGIA, e a favor do método científico para identificar possíveis contatos extraterrestres. Nenhum deles jamais disse que ETs não existem, mas têm certeza que eles NÃO estão entre nós.

  10. Mauro

    3 de fevereiro de 2016 em 12:36

    Um desserviço para a pesquisa. Fala como se conhecesse todos os avistamentos. https://www.youtube.com/watch?v=88Z7DcEfa94 Se me explicar esses. http://www.semprequestione.com/2014/01/paises-que-ja-admitiram-oficialmente.html#.VrIca7I4HIU https://www.youtube.com/watch?v=8P0SH8VZ3-E Essa farsa então

    • Eu™

      3 de fevereiro de 2016 em 20:07

      Ah sim, se está no Youtube é verdade. E em sites conspiracionistas também.

      Tente de novo.

  11. Edson Barros

    3 de fevereiro de 2016 em 23:08

    “FLAYING” (na legenda do vídeo, no tempo 1:35), não deveria ser “FLYING”?

    • Gilmar Lopes

      4 de fevereiro de 2016 em 9:13

      foi erro meu!

  12. Josias

    5 de fevereiro de 2016 em 16:23

    EU(TM)

    Quer dar uma de PHD utilizando “argumentum ad hominem” desclassificando e tentando assassinar a moralidade das opiniões alheias, não se pode desclassificar algo que ainda não pode ser comprovado com certeza, tampouco se for um simples vídeo no youtube, matematicamente (e logicamente) não creio que em um milhão de casos nenhum seja verídico, o ceticismo exarcebado as vezes me causa ojeriza.

    • Eu™

      5 de fevereiro de 2016 em 20:13

      A questão é: não me importo com o que você acha ou com sua opinião. Enquanto não houver uma evidência indiscutível, ou que possa ser testável pela ciência, ufologia continuará sendo pseudociência. Quer acreditar que homenzinhos verdes nos visitam? Acredite. Mas guarde sua crença pra você, pois ela é apenas isso: uma crença.

      Ps.: que fique BEM CLARO que eu acredito que nas próximas décadas acharemos evidências de vida fora da Terra, não necessariamente inteligente. E eu adoraria que realmente estivéssemos sendo visitados por seres de outras civilizações fora de nosso sistema Solar, porém como eu disse, não passa de uma crença minha, e minhas crenças não servem pra ninguém mais além de mim.

  13. KRATOS

    6 de fevereiro de 2016 em 0:02

    Só sei de uma coisa amigo. Acho muito engraçado pessoas como esse aí que postou o vídeo, acharem que são donos da verdade. O que vcs querem afinal? Vcs acham realmente que, se uma inteligência superior nos visitasse, se nos observasse e analisasse, chegaria até vcs e entregaria algum artefato para comprovar sua existência? A vcs? E se eles já fizeram isso, apenas a quem os interessa? O problema de vcs é que se baseiam apenas no conhecimento limitado que possuem, como se fosse a verdade absoluta. Um exemplo do que quero dizer, foi um guerreiro aí que citou as enormes distâncias para se percorrer até chegarem aqui. E se a tecnologia dessas “raças” já tiver evoluído ao ponto de não precisarem percorrer essas enormes distâncias, tomando “atalhos”, ou qualquer outro meio que ainda não conhecemos, e que apenas milhares de anos de evolução tecnológica nos permitiria compreender? E se existir uma (ou algumas) civilizações que já dominam o conhecimento mais profundo sobre as leis da Física que regem o comportamento do universo, assim como nós mesmos estamos presenciando, no nosso próprio planeta, a evolução gradual desse conhecimento? Até pouco tempo o Bóson de Higgs era apenas teoria, hoje é realidade. Que realmente muitos relatos, fotos e vídeos são farsas, não tenho dúvida. Que muitas aparições são fenômenos atmosféricos pouco compreendidos, não tenho dúvidas. Mas existe aí uns 10 % que até agora ninguém soube explicar. Sem falar em relatos de pessoas mais simples, às vezes pessoas do campo, que não teriam motivos pra inventar histórias, pois não ganhariam nada com isso, e que simplesmente não as damos crédito porque são pessoas “simples”, com pouco estudo. Eu mesmo já vi uma luz bem alto fazer movimentos impossíveis para qualquer veículo que temos conhecimento. É claro, não quer dizer que são extraterrestres. Mas se não são (e tenho certeza que não são fenômenos atmosféricos, pois tenho amigos meteorologistas), se são veículos do nosso próprio planeta, no mínimo tem alguém escondendo tecnologia muito à frente, pelo menos do que nos foi apresentado. Nós evoluímos em milhares de anos. A Terra tem bilhões de anos. Pode ser que exista uma (ou mais) civilizações no universo que já tenha, não milhares, mas milhões de anos de evolução. O que poderia fazer uma civilização dessa? Que distâncias poderia alcançar? Veja bem, só vim aqui pra dizer o seguinte: não podemos, não temos conhecimento nem condições (principalmente nós, meros curiosos), de dizer com certeza que não existem, que não nos visitam ou nunca visitaram. Sou militar da FAB e tenho curso superior em Física. Sou adepto da ciência e do método científico. Mas justamente o pouco conhecimento técnico que adquiri é que me faz cada vez mais acreditar na possibilidade da existência de seres e civilizações (talvez até mais evoluídas), principalmente pelo tamanho do universo, a quantidade de corpos celestes, e as estatísticas e probabilidades envolvidas. Tenho amigos controladores de vôo que viram coisas muito esquisitas pela tela do radar (e não foram defeitos do aparelho). Realmente o caso prato que (citaram), aconteceu. E digo que, posso (assim como a maioria de vcs) até não confiar do relato e depoimento de pessoas desconhecidas, mas confio plenamente no relato de militares treinados e focados. E ainda falando na “operação prato”, retomando o que disse um colega acima, realmente não prova que eram extraterrestres, mas se não eram….amigo, vou dizer, algum país aí está com tecnologia infinitamente à frente dos demais, e está escondendo isso. Pesquisem, vejam que existem pessoas com credibilidade (como ex ministro da defesa canadense, astronautas, cientistas da NASA, militares de alta patente americanos, russos, etc) que já deram depoimento confirmando a existência e também, a visita de seres de outros planetas. Abraço a todos, e podem começar a tacar as pedras, amigos.

    • Eu™

      6 de fevereiro de 2016 em 9:30

      Tá, então só me responda uma coisa:

      Você consegue PROVAR que ETs existem e/ou estão entre nós?

      Se sim, o faça.

      Se não, guarde seus walltexts pra você e não encha o saco.

      • Roberto Mariani

        14 de janeiro de 2017 em 22:39

        E você consegue provar que não existem?

    • J.Ribeiro

      22 de fevereiro de 2016 em 10:29

      … Excelente e imparcial o seu comentário. Como sempre vem um imbecil que não sabe ler e interpretar e rebate. Eu mesmo já enviei para o e-farsas a sugestão de estudo dos acontecimentos na noite “ARQUIVOS EXTRATERRESTRES-O caso Ozires Silva e a noite dos UFOS em 1986″… Há depoimentos de uma autoridade que jamais se exporia publicamente caso não tivesse ocorrido algo realmente EXTRAORDINÁRIO. Mas, enfim. As pessoas os “estudiosos, donos da verdade” preferem elucidar casos simples e facilmente explicáveis.

      • Eu™

        22 de fevereiro de 2016 em 11:36

        A questão é:

        Alguém já conseguiu PROVAR que algum dos OVNIS avistados realmente é de fora do planeta Terra?

        • Roberto Mariani

          14 de janeiro de 2017 em 22:40

          Alguém já conseguiu PROVAR que não são?

  14. marcio silva

    12 de fevereiro de 2016 em 19:47

    e-farsas São 8 Milhões de pessoas que testemunharam avistamento de disco voador,por exemplo pessoas do interior,pessoas famosas,pessoas da cidade e pessoas do espaço.Pode ser que 90% dos casos sejam manipulados,mas os outros 10 que não tem explicação.É tolice dizer que nó somos o centro do universo,que somos os únicos na nossas galaxia,são muitos planetas espalhados ao nosso redor.Eu acredito em vida fora da terra,mas eu sei tambem que ainda não dá para provar que existe vida inteligente.A mídia não mostra muito dessas coisa porque sabe que vai perder seu tempo.O governo oculta muita coisa,há muito podre por trás,os governantes sabem demais,mas não querem que a sociedade saiba por causa do alvoroço que essa noticia traria.

    • Eu™

      13 de fevereiro de 2016 em 15:24

      E, provar que é bom, nada né? Nunca, diga-se de passagem…

      Se relato servir pra provar alguma coisa, então você acredita que eu tenho um dragão invisível na minha garagem, né? Afinal sou humilde, moro na cidade, mas eu morava no interior e era famoso lá. Logo, meu depoimento tem mais validade do que de qualquer outra pessoa..

  15. fernando rocha

    14 de fevereiro de 2016 em 1:09

    VI UM ENORME CILINDRO METÁLICO PELA JANELA DO AVIÃO EU E MAIS 38 PASSAGEIROS FOMOS ENTREVISTADOS PELA AERONÁUTICA E NOS FOI PEDIDO PARA NÃO COMENTAR O CASO POIS SÓ GERARIA PÂNICO DESNECESSÁRIO MAS MÃO SOUBERAM NOS EXPLICAR O QUE ERA AQUELA COISA ENORME CILINDRICA E SEM ASAS QUE FAZIA MOVIMENTOS IMPOSSÍVEIS PARA QUEM ASSISTIU.

    • Eu™

      14 de fevereiro de 2016 em 16:13

      É um OVNI. Objeto Voador NÃO IDENTIFICADO, mas não significa necessariamente que seja de fora do planeta Terra.

  16. Marcelo dos Anjos

    24 de fevereiro de 2016 em 11:08

    Quando visitamos lugares mais calmos e desertos tipo praias, acabamos vendo muitos coisas no ceu e tudo parece e é sempre ao OVNI que lembramos, primeiro. Agora foi uma pena os OVNI´s não terem vindo para Marica nos anos 70.

  17. LUCIANO

    13 de outubro de 2016 em 0:33

    Gilmar,

    Abordagem, correta, mas incompleta!
    Há 500 anos Galileu afirmou que a Terra girava em torno do Sol, mas não podia provar, para a IGREJA, pois DEUS não desceu para ENSINAR ao papa !!!!
    É isto mesmo, mas você aprendeu na escola !
    Fica calmo, AS FARSAS da Ciência, são como a antiga Igreja católica, sem Avanços para registrar e sem PODER, para exigir de Governos as provas necessárias, nossos cientistas são os ingênuos do momento !
    E pesquise mais, recentemente, algumas Entidades como a NASA, mudaram e afirmaram:

    TEMOS BILHÕES DE PLANETAS, parecidos com a Terra, e PODE HAVER vida extraterrestre, sim !

  18. ALBERTO

    10 de dezembro de 2016 em 11:44

    NA QUESTÃO DO NOME ‘DISCO VOADOR’ DEVE SER LEMBRADO QUE O PILOTO QUE VIU E CITOU ESTE NOME PRIMEIRO DISSE O SEGUINTE: “… ‘PARECEM’… DISCOS VOADORES”; NÃO DISSE QUE ERAM DISCOS VOADORS, MAS QUE PARECIAM. A PROPÓSITO, HOJE MUITO SE FALA NAS ENORMES NAVES TRIANGULARES….

  19. Roberto

    12 de janeiro de 2017 em 18:49

    Acho o trabalho do site muito relevante, mas, há que se ter cuidado com certos assuntos quando não se tem o domínio da verdade. Nem assisti ao vídeo postado na matéria, mas imagino a qualidade do material. Desclassificar farsas em forma de fotos e vídeos sobre ufologia é muito fácil, eles estão na internet aos montes e os primeiros a denuncia- los são justamente os ufologos e os sites de farsas usam isso como um prato cheio. Ocorre que eu nunca vi site nenhum tentar desclassificar ocorrências como a Operação Prato na Ilha de Colares no Pará ou a Noite Oficial dos Ovnis no Brasil, que possuem uma vasta documentação vinda das Forças Armadas e da aviação civil brasileira.

    • Gilmar Lopes

      13 de janeiro de 2017 em 9:20

      Todos esses casos citados ocorreram há muitos anos e se naquela época tivesse o E-farsas, talvez teríamos pesquisado na medida do possível.
      Muito tempo se passou desde a ocorrência desses eventos e temos que nos contentar apenas com relatos, o que não é algo que sirva como prova. Muita coisa vista nos céus tem explicação lógica e as que não tem explicação é porque ainda não foram estudadas a fundo.
      Os relatos da Noite Oficial dos Ovnis e da Operação Prato são apenas relatos e nada foi provado até hoje. São ovnis, com certeza, pois são objetos voadores que não foram identificados, mas daí dizer que eram alienígenas…

      • Roberto Mariani

        14 de janeiro de 2017 em 17:45

        Gilmar
        Respondi ao seu último comentário e gostaria que isso fosse publicado. Por favor, não quebre a confiança que tenho no site.
        Obrigado.

  20. Roberto

    13 de janeiro de 2017 em 21:58

    É por isso que digo: Deve-se ter cuidado quando não se tem domínio assunto e muito menos conhecimento da verdade. Esses casos não possuem somente relatos e sim, uma vasta documentação criada pelas Forças Armadas e pela aviação civil. Quanto aos objetos serem de origem extraterrestre ou não, você nao encontrará nenhum ufologo que seja sério afirmar isso. Pois, neste campo, classificar como sendo é uma atitude tão irresponsável quanto desclassificar. O que fazemos é eliminar todas as possibilidades que a ciência conhece de o evento ser de origem terrestre e só depois disso classificamos como um objeto voador não identificado, que, como você pode ver, nomenclatura não o classifica como extraterrestre e sim de origem desconhecida. Ao contrário do que vocês pintam Gilmar, ufologia é um assunto sério é feito por pessoas igualmente sérias. Não fosse assim, os governos do mundo todo não perderiam tempo e não direcionariam pessoal, tecnologia e dinheiro para o assunto. Qualquer coisa que você diga, com todo o desconhecimento que você demonstra é só a sua opinião.

  21. marcos

    12 de agosto de 2018 em 23:00

    Eu já vi disco voador realmente, e ai?

  22. Maltan Stamer

    14 de novembro de 2018 em 3:46

    Bom, de uma coisa eu tenho certeza. A operação pinico foi real. Ou foi cruzado?

  23. Maltan Stamer

    14 de novembro de 2018 em 3:54

    Bom, de uma coisa eu tenho certeza. A operação Pinico foi Real. Ou foi Cruzado?

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Topo