Será que o tubarão de um olho só é verdadeiro ou farsa?

Share Button

Foto de um tubarão albino de apenas um olho circula pela web e deixa muita gente intrigada! Afinal, isso é verdade ou mentira?

Em junho de 2011, algumas imagens muito esquisitas de um filhote de tubarão apareceram na web. O que chamava a atenção nas fotos eram alguns detalhes estranhos: o tubarãozinho tinha apenas um olho e era albino!

O primeiro a mostrar as fotos do ciclope foi o Pisces Fleet Sportfishing – blog voltado a assuntos sobre pesca. No dia 25 de junho, o Pisces contou a história do pescador Enrique Lucero León – que havia pescado um tubarão fêmea e dentro do bicho teria encontrado o feto do tubarão caolho.

As fotos estão aí, pra quem duvida:

cyclops shark - O Tubarão de apenas um olho! Será verdade?

cyclops shark - O Tubarão de apenas um olho! Será verdade?

 

O Tubarão de apenas um olho! Imagens enviadas por e-mail ao E-farsas

O Tubarão de apenas um olho! Imagens enviadas por e-mail ao E-farsas

História de pescador? Será que essa história é verdadeira ou farsa?

Apesar de parecer falsa, a história é verdadeira!

Origem

O tubarão caolho foi capturado no mar em algum local no Golfo da Califórnia, no México. O pescador trouxe para o barco um tubarão fêmea e quando abriram a barriga do animal (estou falando do tubarão) havia 10 embriões lá dentro. Um dos filhotes chamou a atenção por ser albino e por possuir apenas 1 olho. O pescador explicou que já tirou a mamãe tubarão morta da água e só perceberam que ela tinha filhotinhos quando já estavam cortando a pesca em pedaços.

Enrique, o pescador, disse que o tubarão ciclope seria o primeiro a nascer, pois era o “primeiro da fila de saída”, mas não sobreviveria muito tempo na natureza com essa condição rara. O fato da fêmea estar prenha quando foi apanhada foi uma fatalidade, mas é bom lembrar que a pesca de tubarão na área é legalizada e é uma das poucas opções que os moradores locais têm para ganhar a vida.

Na época, muita gente (inclusive o E-farsas) achou que a história era falsa, pois o Pieces Fleet havia disponibilizado apenas 2 fotos e a baixa resolução dessas imagens dificultava qualquer tipo de análise mais profunda!

Preferimos esperar. A espera foi recompensadora!

O site da National Geographic publicou no dia 13 de outubro um resumão da aventura do tubarão mono-olho:

Depois de 2 meses estudando o espécime, o Dr. Felipe Galvan – que é um dos maiores pesquisadores de tubarões do México e trabalha no Centro Interdisciplinar de Ciências Marinhas em La Paz – confirmou: A história é real.

O doutor Galvan afirmou: “Isto [um tubarão ciclope e albino] é extremamente raro, tanto que há menos de 50 exemplos de uma anomalia como essa foram registradas até hoje“. Galvan também descarta a poluição como uma das causas da ciclopia. “A água no Mar do Golfo da Califórnia é uma das mais limpas do mundo, então não é provável que este seja um fator” – afirma ele.

O resultado dos estudos do doutor será publicado em um artigo científico em breve.

No dia 13 de julho, o mesmo blog que havia soltado as primeiras fotos do ciclope liberou mais algumas imagens do bicho caolho:

Mais imagens do tubarão ciclopehttp://piscesfleet.blogspot.com/2011/07/for-skeptics-out-there-new-cyclops.html

Mais fotos aqui e aqui:

Em 2006, pesquisamos a respeito de um foto de outro bicinho que também possuía apenas 1 olho. O gatinho Cy nasceu com ciclopia, mas viveu por apenas 1 dia.

Cy o gato Ciclope!

Cy o gato Ciclope que fez sucesso na web em 2005!

Conclusão:

História real! Fotos reais!

Sites pesquisados:

Share Button
, , , , , , , ,

Comente pelo Facebook

6 comentários

  1. Pingback: Peixe com 3 olhos foi encontrado perto de uma usina nuclear! | E-farsas.com - 9 anos desvendando as farsas da web!

  2. Pingback: Coluna semanal de Natascha Wosnick: Verdadeiro ou Falso? Parte I - Tubarões - Programa Território Animal | Programa Território Animal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>