Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Uma cobra píton planejava comer sua dona durante o sono?

Animais

Uma cobra píton planejava comer sua dona durante o sono?

Uma cobra píton planejava comer sua dona durante o sono?

Será verdade que uma mulher, que dormia com uma cobra píton todas as noites em sua cama, ficou aterrorizada após um veterinário fazer um importante alerta? Bem, esse é um caso que circula há muito tempo na internet, principalmente através de sites de curiosidades aleatórias e nas redes sociais.

Recentemente, fomos questionados sobre o assunto em nosso grupo no Facebook. Um usuário compartilhou conosco uma publicação do site “Fique Sabendo“, onde apresentava detalhes sobre o caso, além de inúmeras fotos.

Trecho do artigo publicado no site “Fique Sabendo”

O caso é bem simples. Uma mulher, cuja identidade não foi revelada, dormia diariamente com sua cobra píton, em sua cama. Contudo, ela começou a ficar preocupada quando o animal parou de comer. Assim sendo, ela levou a cobra até um veterinário com objetivo de saber o que estava acontecendo. Ela suspeitava de que uma doença pudesse estar causando a falta de apetite. O veterinário fez diversas perguntas, e uma delas foi para saber se a cobra estava “se espalhando” pelo corpo dela (da cabeça aos pés) durante algumas noites, e a resposta foi “sim”. Então, ele disse para a mulher, que sua cobra de estimação estava se preparando para comê-la. Por pouco ela não se tornou vítima da própria píton. Incrível, não é mesmo?

Entretanto, será que essa história é verdadeira? Esse caso realmente aconteceu? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Toda essa história é falsa! Esse “caso” circula há décadas ao redor do mundo, mas acabou viralizando mesmo na internet a partir da década passada. Muitas pessoas erroneamente consideram as cobras como animais perigosos e nojentos, até mesmo malignos, e acabam acreditando e compartilhando tais histórias por mero viés de confirmação. As informações citadas sobre o comportamento das pítons são improcedentes e as imagens são meramente genéricas.

Em janeiro de 2008, o Snopes, um site norte-americano de verificação de fatos, já havia desmentido essa história. O site apresentou algumas versões que estavam viralizando na época, e em nenhuma delas era fornecido o nome das pessoas envolvidas (da proprietária da cobra ou do veterinário). Sempre era uma espécie de anedota, que o amigo de um amigo contou, ou seja, algo muito vago e sem maiores detalhes, assim como aconteceu na publicação do site “Fique Sabendo”. Naquela época, a maioria das versões apontava que a cobra estaria “medindo” a proprietária todas as noites. Avaliando seu tamanho antes de comê-la, por assim dizer.

Em janeiro de 2008, o Snopes, um site norte-americano de verificação de fatos, já havia desmentido essa história.

Como Tais Histórias Poderiam ser Classificadas?

O Snopes chegou a mencionar, que tais histórias deveriam ser classificadas como “contos ficcionais e folclóricos de terror” pelos seguintes motivos:

  • Pítons não medem suas vítimas ou se espalham pelos seus corpos como uma espécie de aviso. Elas dão um bote, se enrolam no corpo da vítima e matam por constrição (interrompendo o fluxo sanguíneo e, consequentemente, o oxigênio necessário para órgãos vitais como o coração e o cérebro). Elas não se preocupam muito com o tamanho das vítimas. Se essa fosse uma real preocupação, provavelmente morreriam de fome. Nenhum animal iria esperar pacientemente uma píton fazer isso;
  • Embora seja possível encontrar cobras suficientemente grandes na natureza, que sejam inclusive capazes de engolir um ser humano adulto (vídeo), é improvável que pítons mantidas como animais de estimação sejam capazes de fazer isso. Lembrando que a cobra teria que ter uma abertura de mandíbula compatível com a largura dos ombros de uma pessoa. Não é nada comum ter um animal doméstico com tais dimensões;
  • Pessoas que mantêm cobras razoavelmente grandes como animais de estimação geralmente sabem, que é perfeitamente normal que seus animais de estimação fiquem sem comer por períodos razoavelmente longos. Uma píton-reticulada pode ficar até 4 meses sem se alimentar.
  • Algumas versões diziam, que o veterinário havia recomendado sacrificar a cobra pelo simples fato de ela não estar se alimentando. O problema é que nenhum veterinário diria para fazer isso. Existem outros métodos para lidar com cobras que não comem, incluindo, em circunstâncias extremas, alimentação forçada.

O Snopes chegou a mencionar, que tais histórias deveriam ser classificadas como “contos ficcionais e folclóricos de terror”.

A Popularização de Tais Histórias Envolvendo Cobras

Ainda segundo o Snopes, tais histórias envolvendo cobras se popularizaram devido ao medo generalizado de animais rastejantes. Muitas pessoas erroneamente consideram as cobras como animais estritamente perigosos e nojentos, até mesmo malignos, e, portanto, se sentem desconfortáveis e ameaçadas na presença delas. Assim sendo, as pessoas acabam acreditando e compartilhando por viés de confirmação.

De qualquer forma, é necessário um cuidado redobrado caso alguém resolva ter uma píton juntamente com outros animais de pequeno porte ou até mesmo crianças pequenas. Uma píton nunca deixará de ter instintos primitivos. Fatalidades podem e, infelizmente, acontecem.

O Impulso Fornecido Por Sites de Curiosidades Aleatórias e Pelas Redes Sociais

Em novembro de 2015, um usuário australiano chamado Chris Planer divulgou uma versão dessa história em seu perfil no Facebook. E, pasmem, sua publicação obteve mais de 170 mil reações e 34 mil compartilhamentos! Na época, inclusive, o site do tabloide britânico “Metro” também ajudou a propagar essa história.

Publicação do australiano Chris Planer.

A questão é que o Chris conseguiu enganar amigos próximos com seu pequeno conto, e deu muita risada que seu texto tivesse viralizado na internet. Uma amiga chamada Kelli Roebig confessou que acreditou nele, até ele que revelasse que a história era falsa! 

Comentário de Kelli Roebig.

Enfim, além das redes sociais, essa história também se alastrou por sites de curiosidades aleatórias, que muitas vezes não verificam as informações repassadas aos leitores. Entre os sites que divulgaram essa história ao longo dos anos podemos citar o “Animal Channel“, “Boredom Therapy” e o “Honest to Paws“. Curiosamente, todos esses três sites pertencem a uma mesma rede.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Mais recentemente, sites como o “Natural Garden Life” e o “Gentside“, que também adotam uma linha parecida com os demais sites citados anteriormente, divulgaram essa mesma história. Entre os sites em português podemos citar o “Gadoo“, “Jornal Ciência“, “Para os Curiosos” e “Histórias com Valor“. De qualquer forma, conforme já mencionamos, toda essa história é falsa!

E as Imagens Utilizadas para Compor o Artigo?

As imagens são meramente genéricas, ou seja, não possuem relação alguma com a história contada.

A Foto de uma Mulher com uma Cobra nas Costas

Por exemplo, sabem aquelas imagens em que uma cobra aparece nas costas de uma mulher? Então, na verdade, são fotos tiradas pelo Adrian Dennis, fotógrafo da AFP, em março de 2010, de uma mulher chamada Carly Shutes. Na época, Carly era uma funcionária do parque temático “Chessington World of Adventures“, no Reino Unido, que também funciona como resort.

A foto mostra a Carly aproveitando uma “massagem feita por cobras”, que estava em alta naquela época. Além disso, o objetivo da sessão fotográfica era promover uma nova atração no parque chamada “KOBRA“.

A Foto de uma Veterinária Examinando uma Cobra

Sabe uma outra foto em que aparece uma veterinária realizando uma espécie de ultrassom em uma cobra? Então, na verdade ela foi tirada nas dependências do Hospital do Santuário de Vida Selvagem de Currumbin, na Austrália. A equipe do hospital costuma receber animais silvestres, que são resgatados e necessitam de cuidados médicos pelos mais diversos motivos.

Foto da Entrada do Hospital de Vida Selvagem de Currumbin.

Foto mostrando dois funcionários cuidando de um animal selvagem.

Em uma rápida busca no Google é possível encontrar casos de cobras, que foram salvas após engolirem bolas de golfe por pensarem que eram ovos! Há também casos de cobras resgatadas, e que foram encontradas em motores de carro!

De acordo com a rede social “Care2“, a foto que nos interessa teria sido veiculada pelo site do jornal australiano “Courier Mail”, em março de 2008. A foto não existe mais no site do “Courier Mail”, porém ficou registrado no site da “Care2”:

A foto que nos interessa teria sido veiculada pelo site do jornal australiano “Courier Mail”, em março de 2008.

A foto mostraria uma píton-carpete, de 2,5 metros, apelidada de “Blaze”. A cobra estava se recuperando de queimaduras de terceiro-grau após ter sido encontrada enrolada no radiador de um carro. O animal simplesmente pegou “carona” e o proprietário só se deu conta que havia algo errado, quando o carro superaqueceu e ele levantou o capô para ver o que tinha acontecido.

De qualquer forma, a cobra, um macho diga-se de passagem, estava se recuperando bem dos ferimentos, embora ainda tivesse um longo processo de três ou quatro meses de tratamento.

Conclusão

Toda essa história é falsa! Esse “caso” circula há décadas ao redor do mundo, mas acabou viralizando mesmo na internet a partir da década passada. Muitas pessoas erroneamente consideram as cobras como animais perigosos e nojentos, até mesmo malignos, e acabam acreditando e compartilhando tais histórias por mero viés de confirmação. As informações citadas sobre o comportamento das pítons são improcedentes e as imagens são meramente genéricas.

Ainda que ninguém pesquisasse sobre o assunto, havia claros indícios apontando para um boato:

  • Não foi divulgado onde e nem quando o caso aconteceu;
  • Não foi divulgado o nome dos envolvidos (da proprietária da cobra e do veterinário responsável);
  • Não foi divulgada nenhuma fonte credível. O caso foi disseminado apenas nas redes sociais e por sites de curiosidades aleatórias.

Portanto, de antemão, já não havia motivos para se acreditar nessa história!

Continue lendo
19 Comentários

19 Comments

  1. Claudio Tavares

    1 de maio de 2019 em 14:26

    Cobra píton, não, mas, como já disse o filósofo Pitón, que teve como discípulo ninguém menos que Karl Marx,tudo na vida depende do quanto você quer comer alguém.

    • Luiz

      2 de maio de 2019 em 8:24

      A píton não sei, mas a jararaca ta no xilindró.

      • Ziul

        2 de maio de 2019 em 13:20

        Colega, errou de lugar, aqui não é o G1. Nem o jardim de infância.

    • Ziul

      2 de maio de 2019 em 16:31

      Poderia estar na tua testa, não tem relação com o assunto do post. Querer colocar POLÍTICA em qualquer comentário só pra parecer descolado é coisa de gente que não tem conteúdo, assim como os comentaristas do G1. Idiota.

      • Luiz

        5 de maio de 2019 em 7:13

        Colega, você não fez nenhum comentário sobre o post.!? (Me polpe)…Acho que quem não tem conteúdo é você e suas palavras agressivas denotam seu baixo nível de conhecimento de herpetologia…Quanto ao assunto do post… Sempre que vejo notícias assim, Já acende meu alerta de fake…cobras engolem gente sim, há casos reais, mas cobras não planejam , agem tão somente por instinto, sem se preocupar com supostas futuras presas.

        • Ziul

          5 de maio de 2019 em 11:15

          Arrã. Tá certo, só que não. Falhou de novo.

        • Ziul

          5 de maio de 2019 em 11:37

          Pítons não medem suas vítimas ou se espalham pelos seus corpos como uma espécie de aviso. Elas dão um bote, se enrolam no corpo da vítima e matam por constrição (interrompendo o fluxo sanguíneo e, consequentemente, o oxigênio necessário para órgãos vitais como o coração e o cérebro). Elas não se preocupam muito com o tamanho das vítimas. Se essa fosse uma real preocupação, provavelmente morreriam de fome. Nenhum animal iria esperar pacientemente uma píton fazer isso;
          (…)
          Embora seja possível encontrar cobras suficientemente grandes na natureza, que sejam inclusive capazes de engolir um ser humano adulto (vídeo), é improvável que pítons mantidas como animais de estimação sejam capazes de fazer isso. Lembrando que a cobra teria que ter uma abertura de mandíbula compatível com a largura dos ombros de uma pessoa. Não é nada comum ter um animal doméstico com tais dimensões;
          Exatamente como está no texto, jumento. Quis se mostrar entendedor, mas passou vergonha novamente! AHAHHA

  2. Luiz

    5 de maio de 2019 em 21:00

    Ctrl C, ctrl V …Se quiser, coloco o link que você copiou…kkkk…Lastimável…kkkk.

  3. Luiz

    6 de maio de 2019 em 7:24

    Ctrl C Ctrl V….KKKK….Só pode ser piada.

    • Ziul

      6 de maio de 2019 em 10:17

      Piada é sua existência medíocre e essa tentativa barata de desacreditar meus argumentos, baseado apenas em falácia e mimimi. Chora mais, chora.

  4. Luiz

    7 de maio de 2019 em 20:55

    Que di_b_s você está tentando dizer!? Se perdeu no assunto do post. tentando desfazer da minha análise consistente sobre herpetologia, no qual me expressei de forma harmoniosa como o rastejar das cobras.

    • Ziul

      8 de maio de 2019 em 10:37

      Estou tentando dizer que você é um idiota analfabeto funcional bolsominion que só passa vergonha ao comentar bosta no site.

  5. Luiz

    8 de maio de 2019 em 18:57

    Desculpa, pensei que os comentários eram livres…peço gentilmente ao moderador, para dar nos uma dica ao final das suas conclusões…Ex: todos tem que concordar comigo, se não serão taxados de burros pelos inteligentes que aqui postam suas angústias.

    • Ziul

      9 de maio de 2019 em 10:15

      Desculpa, pensei que os comentários eram livres…
      Infelizmente são. Por isso ainda estamos tendo que ler as bostas que você escreve.
      peço gentilmente ao moderador, para dar nos uma dica ao final das suas conclusões…
      Peço gentilmente a você que, caso não esteja contente, ou não queira ter seus comentários respondidos, que crie seu próprio site e modere-os como quiser. Do contrário, vai ter resposta SIM!
      Ex: todos tem que concordar comigo, se não serão taxados de burros pelos inteligentes que aqui postam suas angústias.
      Não, só serão taxados de burros os burros, como você.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo