Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Vídeo de um corpo girando descontroladamente durante um resgaste é verdadeiro ou falso?

Acidentes

Vídeo de um corpo girando descontroladamente durante um resgaste é verdadeiro ou falso?

Vídeo de um corpo girando descontroladamente durante um resgaste é verdadeiro ou falso?

Sem dúvida alguma, esse é um dos vídeos mais assistidos desde ontem (5), ao menos nas redes sociais. Será que você não o viu recentemente? É aquele de um resgate que quase terminou em tragédia! Isso porque, durante o procedimento de içamento até o helicóptero, o corpo da vítima, em estado delicado de saúde, começou a girar descontroladamente!

O vídeo ganhou tanta repercussão que já foi visto dezenas de milhões de vezes, nos Estados Unidos, em menos de 24h. Aqui no Brasil, somente através de um único tuíte, o vídeo já foi visto quase 1 milhão de vezes.

Aqui no Brasil, somente através de um único tuíte, o vídeo já foi visto quase 1 milhão de vezes.

Embora tenha sido uma espécie de “situação cômica” para algumas pessoas, quem assiste o vídeo invariavelmente fica bem agoniado!

Confira o vídeo abaixo (assista ele inteiro):

 

Ao rever as imagens, muitos usuários acabaram desconfiando que o corpo estava “girando rápido demais” para ser verdade. Assim sendo, a possibilidade de ser uma manipulação digital acabou sendo aventada. Como costuma acontecer, esse vídeo passou a ser compartilhado sem qualquer contextualização. Contudo, será que realmente houve manipulação? Sendo verdadeiro, será que apenas uma parte foi manipulada digitalmente? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

O vídeo é verdadeiro, não foi manipulado digitalmente! O caso aconteceu na manhã da última terça-feira (4) em Piestewa Peak, que é o terceiro ponto mais alto de Phoenix, no estado norte-americano do Arizona, nos Estados Unidos. Uma senhora de 74 anos estava no ponto mais alto da trilha, quando escorregou e caiu.

Segundo o jornal “Arizona Republic”, ela sofreu uma laceração facial, lesões no pulso e no quadril e, possivelmente, fraturou o nariz. Ela acabou ficando desorientada devido a queda. Uma vez que não conseguia andar, essa senhora ligou para o Corpo de Bombeiros de Phoenix e solicitou resgate.

Piestewa Peak, o terceiro ponto mais alto de Phoenix, no estado norte-americano do Arizona, nos Estados Unidos.

Assim sendo, devido a sua localização, a equipe responsável pelo resgate resolveu içar a senhora até um helicóptero. Após ser acomodada em uma maca de resgate, uma linha deveria ter sido encaixada na estrutura para evitar que ela rodopiasse. No entanto, não foi bem isso que aconteceu. A senhora começou a girar descontroladamente e de maneira muito perigosa. As pás do rotor do helicóptero acabaram exercendo uma pressão excessiva para baixo, e fizeram com que o corpo da vítima rodopiasse sem controle. A equipe do helicóptero tentou reduzir esse rodopio, sucessivas vezes, ao descer constantemente o corpo da vítima.

Enquanto isso, uma equipe de TV, em um outro helicóptero registrava tudo sem poder fazer nada. Foram justamente essas imagens, que acabaram viralizando nas redes sociais. O caos sociomidiático foi tão grande, que o Corpo de Bombeiros de Phoenix realizou uma coletiva de imprensa, no período da tarde.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

A Coletiva de Imprensa e a Tentativa de Explicar Melhor a Situação

O Corpo de Bombeiros de Phoenix disse que eles realizaram cerca de 210 regastes através de içamento, em montanhas, nos últimos seis anos. Somente em dois casos ocorreram problemas semelhantes, ou seja, o corpo da vítima ficou girando no ar. Paul Apolinar, piloto-chefe da Unidade de Aviação do Departamento de Polícia de Phoenix, se limitou a dizer que que a linha, que supostamente deveria evitar tal situação, “não funcionou como deveria devido as violentas rotações”.

Confira abaixo a coletiva de imprensa (em inglês):

Phoenix Fire on today's mountain rescue

CHAOTIC MOUNTAIN RESCUE: Phoenix Fire is answering questions as to why a 74-year-old woman's stretcher was wildly spinning in the air during a mountain rescue at Piestewa Peak.MORE: bit.ly/2WlfHIg

Posted by FOX 10 Phoenix on Tuesday, June 4, 2019


Diante das imagens a suspeita inicial era que a tal linha, destinada a evitar tal situação, não tivesse sido encaixada corretamente ou alguém tivesse simplesmente esquecido de encaixá-la. Segundo Derek Geisel, piloto do helicóptero de resgate, essa linha teria eventualmente se partido. Por outro lado, desde o início do içamento não é possível notar a presença de nenhuma linha auxiliar. Enfim.

Desde o início do içamento não é possível notar a presença de nenhuma linha auxiliar.

Paul Apolinar descreveu o caso como “muito raro”, visto que o último teria acontecido há 3 ou 4 anos. Porém, ele disse que esse “potencial comportamento giratório tão violento da estrutura era algo conhecido da indústria de resgate por içamento”.  Felizmente, a senhora de 74 anos conseguiu ser resgatada com sucesso. Isso só foi possível, quando o helicóptero começou a se deslocar para frente, o que diminuiu a pressão sobre a estrutura de resgate.

A Senhora Ficou Apenas um Pouco Tonta

Bobby Dubnow, capitão do Corpo de Bombeiros de Phoenix, foi a primeiro a se comunicar com a senhora após o ocorrido, ou seja, quando ela já estava em segurança no helicóptero. Ela estava estável e, apesar de um pouco tonta, não sofreu maiores danos colaterais. Bobby também disse que eles não estavam tentando minimizar o que havia ocorrido. Alegou que existe treinamento para tais situações e que a ocorrência não foi nada que não estivessem preparados para lidar.

Bobby Dubnow, capitão do Corpo de Bombeiros de Phoenix, disse que a senhora ficou apenas um pouco tonta.

Shelly Jamison, assistente-chefe do Corpo de Bombeiros de Phoenix, disse que a coletiva de imprensa tinha sido convocada, em parte, devido a viralização do caso. Segundo ela, “houve muitos comentários, que deixavam claro que as pessoas não tinham entendido o que havia acontecido”. No entanto, Shelly não citou quais seriam esses tais comentários.

Conclusão

O vídeo é verdadeiro! Durante o içamento de uma senhora de 74 anos, a ausência de uma linha que supostamente evitaria que ela girasse descontroladamente, provocou toda a sequência desesperadora vista no vídeo. A estrutura acabou girando sem controle devido a pressão gerada pelas pás do rotor do helicóptero de regaste. Felizmente, a situação foi contornada e a senhora ficou apenas um pouco tonta. Nada de mais grave aconteceu.

Continue lendo
9 Comentários

9 Comments

  1. ALEXANDRE DO NASCIMENTO MENDES

    6 de junho de 2019 em 13:20

    Pensava que esse assassinato de reputação de profissionais de segurança pela midia só acontecia no Brasil. Esse tipo de evento ocorre em qualquer resgate desse tipo. inclusive militares treinam isso

  2. Artur

    6 de junho de 2019 em 13:37

    “A Senhora Ficou Apenas um Pouco Tonta”. Cara, eu estou um pouco tonto ao ver o video… Nem imagino o que essa senhora deve ter sentido…

  3. Luiz Alves

    6 de junho de 2019 em 15:50

    “o terceiro ponto mais alto do estado norte-americano de Phoenix, nos Estados Unidos.”
    Phoenix não é estado, é a capital do estado do Arizona.

    • Marco Faustino

      6 de junho de 2019 em 16:21

      Corrigido, Luiz 🙂
      O correto nessa parte era “…em Piestewa Peak, que é o terceiro ponto mais alto de Phoenix, no estado norte-americano do Arizona, nos Estados Unidos”.

  4. Rodrigo

    6 de junho de 2019 em 18:15

    Eu confesso que eu me senti culpado, porque na hora que a senhora foi içada, passou a música do Peão da Casa Própria na minha cabeça.

    • Sérgio Guarujá

      6 de junho de 2019 em 20:26

      “Se ele não ganhar, quem ganha?”

      • Sirvo Santo

        11 de junho de 2019 em 12:01

        A CARTA!

  5. Marcio Douglas Cirino Barroso

    6 de junho de 2019 em 19:23

    “Um nariz quebrado.”? Quantos narizes ela tem?

    • Fabio Ólogo

      6 de junho de 2019 em 20:25

      Oito.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Topo