10.4 C
São Paulo
quarta-feira, agosto 10, 2022

Adélio Bispo disse em depoimento que o PT foi o mandante da facada?

- Publicidade -

É verdade que o autor da facada contra Jair Bolsonaro prestou um novo depoimento confessando que um partido político foi o mandante do crime?

A afirmação surgiu em diversos sites e blogs na segunda semana de fevereiro de 2022, sendo amplamente compartilhada também em grupos de WhatsApp e do Telegram.

De acordo com o que foi espalhado, Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado contra o então candidato à Presidência Jair Bolsonaro, teria prestado mais um depoimento confessando que o Partido dos Trabalhadores teria sido o mandante do crime. Adélio também teria afirmado que o ataque contra Bolsonaro foi orquestrado pela campanha do seu rival, Fernando Haddad, para tirar o candidato da Direita da disputa eleitoral de 2018.

O depoimento bombástico teria vazado nas redes sociais por um grupo hacker.

Será que isso é verdade ou mentira?

Adélio teria prestado um novo depoimento à PF confessando que o PT foi o mandante da facada contra Bolsonaro! Será verdade? (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

No dia 06 de setembro de 2018, o então candidato à presidência Jair Bolsonaro sofreu um atentado durante um comício que participava na cidade de Juiz de Fora (MG).

Atingido no abdômen por uma faca, Bolsonaro foi levado às pressas ao Hospital da Santa Casa, onde passou por cirurgias. Adélio Bispo de Oliveira foi identificado como o agressor e preso.

Apesar de ficar comprovado através de investigações que Adélio agiu sozinho, inúmeras teorias conspiratórias começaram a circular – tanto de apoiadores quanto de detratores do político. Algumas afirmando que o Adélio teria agido sob ordens de pessoas importantes e outras afirmando que a faca nunca existiu e que tudo foi uma criação do próprio Bolsonaro para conseguir vencer as eleições!

Em 2021, fizemos um vídeo explicando os principais pontos dessa história e mostrando que o homem agiu mesmo sozinho:

- Publicidade -

Eis que, na segunda semana de fevereiro de 2022, o assunto voltou a circular. Dessa vez, o que se espalhou foi que o detento Adélio Bispo teria prestado um novo depoimento confessando que um partido político estaria por trás da facada de 2018.

Ao que tudo indica, esse rumor começou a se espalhar após uma publicação feita no Twitter por um perfil chamado @AnonNovidades, no dia 12 de fevereiro de 2022. Esse perfil, como o próprio nome sugere, é anônimo e não apresenta nenhuma prova do que está afirmando:

“Adélio Bispo prestou depoimento gravado plea PF dizendo que a facada teria sido encomendada pela campanha de Haddad em 2018. Carluxo irá usar esse vídeo. Eu tenho certeza, absoluta que Adélio foi coagido.”, diz a publicação não assinada! (imagem: Reprodução/Twitter)

Acontece que essa história é completamente falsa!

Em primeiro lugar, Adélio Bispo de Oliveira foi considerado inimputável por transtorno mental pela Justiça, o que torna seus depoimentos sem validade. Adélio, caso tivesse dito algo à Polícia, seria ouvido apenas como “informante” e sua fala não poderia ser usada como prova.

Além disso, a própria Polícia Federal já desmentiu o assunto e afirmou que não existe tal depoimento.

No dia 15 de fevereiro de 2022, Zanone Manuel de Oliveira Júnior – um dos advogados que cuidam da defesa de Adélio – também negou que seu cliente tenha prestado algum depoimento à Polícia recentemente.

Em novembro de 2021, a Justiça reabriu o caso e aguarda as investigações, mas de lá pra cá não foi descoberto nenhum dado novo possa mudar o resultado dos inquéritos fechados anteriormente: Adélio agiu sozinho!

Conclusão

Não é verdade que Adélio Bispo de Oliveira prestou um novo depoimento confessando que o PT foi o mandante do atentado a faca contra o Bolsonaro!   

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui