Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Atuar como mesário suspende o auxílio-emergencial e outros benefícios sociais?

Falso

Atuar como mesário suspende o auxílio-emergencial e outros benefícios sociais?

Atuar como mesário suspende o auxílio-emergencial e outros benefícios sociais?

Circula nas redes sociais uma estranha história de que ser mesário suspenderia o auxílio-emergencial, assim como outros benefícios sociais! Essa narrativa foi inicialmente denunciada a Ouvidoria do Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Alagoas e, posteriormente, outros cidadãos entraram em contato com o respectivo TRE questionando a veracidade dessa informação.

Essa história parecia estar circulando de maneira muito localizada e pontual, ou seja, emitir um alerta muito precoce, de maneira nacional, poderia causar um efeito contrário, estimulando uma eventual viralização indesejada (estava basicamente restrita a poucos grupos no WhatsApp).

Contudo, isso ganhou força através de uma publicação da página “Barrense ajuda Barrense”, no Facebook, no dia 5 de outubro de 2020 (arquivo). Dessa vez o alerta foi dado pela 93ª Zona Eleitoral do TRE/RJ.

Confira abaixo a publicação que já obteve cerca de 160 compartilhamentos desde então:

Publicação que vem circulando no Facebook.

Enfim! Descubra a verdade agora, aqui, no E-farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! O TRE/AL se pronunciou a respeito desse assunto através de sua página oficial no Facebook, e afirmou categoricamente que ser mesário não suspende o auxílio-emergencial do governo federal! Além disso, é bom deixar claro, que trabalhar como mesário não cancela ou suspende NENHUM benefício que o cidadão receba, assim como o Bolsa-Família, o BPC entre tantos outros.

Portanto, essa história não passa de um mero boato, que tenta desmerecer ou enfraquecer o processo eleitoral deste ano.

Essa história não passa de um mero boato, que tenta desmerecer ou enfraquecer o processo eleitoral deste ano.

Estamos diante de uma notícia falsa que tem como objetivo direto atacar a Justiça Eleitoral no sentido de tirar a credibilidade do tão louvável serviço de mesário. Estamos atuando sempre em parceria com várias instituições para coibir e investigar, rapidamente, essa prática abominável que tanto prejudica o processo eleitoral”, explicou o diretor-geral do TRE-AL, Filipe Lôbo Gomes.

Ainda de acordo com o Núcleo de Combate à Desinformação nas Eleições 2020, do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas, para facilitar o recebimento do benefício por uma maior parcela da população, a Receita Federal liberou o pagamento para todos os eleitores que estavam com os títulos cancelados ou com pendências com a Justiça Eleitoral.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

O Serviço Prestado como Mesário Não é Remunerado

O serviço prestado como mesário não é remunerado, mas o mesário recebe auxílio-alimentação, atualmente no valor máximo de R$35,00 (trinta e cinco reais), conforme Portaria-TSE nº 154 de 24 de fevereiro de 2017. Outro benefício de ser mesário é ter dois dias de folga por dia trabalhado. Se tiver segundo turno, serão mais dois dias, totalizando quatro dias de folga. Os dias de treinamento, quando necessário, também contam para receber a folga do trabalho.

Os estudantes universitários que trabalharem nas eleições ainda possuem outra vantagem. O serviço pode ser validado como horas complementares nas instituições conveniadas ao Projeto Universidade Amiga. Nesse caso, são 30 horas por turno trabalhado.

Para completar uem prestar concurso público também ganha outros benefícios. Além da isenção da taxa de inscrição, o fato de ter trabalhado em eleições serve como critério de desempate.

Coalização de Checagem para as Eleições 2020

Essa publicação faz parte da Coalização de Checagem para as Eleições 2020, que se traduz numa parceria envolvendo nove agências de checagem: AFP, Agência Lupa, Aos Fatos, Boatos.org, Comprova, E-Farsas, Estadão Verifica, Fato ou Fake e UOL Confere!

As notícias, devidamente checadas, serão publicadas na página “Fato ou Boato“, disponível no Portal da Justiça Eleitoral. A página também traz informações sobre o funcionamento da urna eletrônica e o processo eletrônico de votação e mais dados sobre checagem.

Conclusão

Falso! O TRE/AL se pronunciou a respeito desse assunto através de sua página oficial no Facebook, e afirmou categoricamente que ser mesário não suspende o auxílio-emergencial do governo federal! Além disso, é bom deixar claro, que trabalhar como mesário não cancela ou suspende NENHUM benefício que o cidadão receba, assim como o Bolsa-Família, o BPC entre tantos outros.

Portanto, essa história não passa de um mero boato, que tenta desmerecer ou enfraquecer o processo eleitoral deste ano.

 

Continue lendo

Jornalista, redator, e pesquisador de comunicação social com foco no combate a disseminação de notícias falsas. Colaborador do site de verificação de fatos E-farsas.com desde janeiro de 2019. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos, além de casos supostamente sobrenaturais.

6 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo