Cenário novo do E-farsas e participamos da CPMI das Fake News!

11
3278

Assista ao mais recente vídeo do nosso canal onde mostramos como está ficando nosso novo estúdio e contamos detalhes da nossa participação na CPI das Fake News!

No dia 06 de novembro de 2019, O E-farsas foi convidado como um dos especialistas em checagem de fatos para contar um pouco da nossa experiência de 17 anos no combate às fake news.

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito das Fake News ouviu representantes da Associação das Empresas de Tecnologia e Informação, do E-farsas e de seus irmãos mais novos das agências de checagem Boatos.org e do Projeto Comprova.

A CPMI das Fake news pretende ouvir dezenas de pessoas até abril de 2020 e tem como um dos objetivos tentar acordos internacionais para o compartilhamento de dados sobre  disseminadores de notícias falsas.

Lá no Senado, tivemos a oportunidade de contar aos parlamentares um pouco da minha trajetória à frente do E-farsas além de mostrar alguns exemplos de fake news mais comuns. 

Uma das teclas que batemos lá diversas vezes é que o direito à liberdade de expressão não pode ser cerceado! Não podemos criar leis proibindo as pessoas de se expressar apenas para barrar as fake news. Isso é muito importantes! 

A nossa participação nesse dia durou pouco mais de 6 horas e fomos muito bem recebidos pelos deputados e senadores.

Dá uma olhada no vídeo a seguir com os principais momentos da apresentação do fundador do E-farsas, Gilmar Lopes, além de ver como tá ficando o nosso novo estúdio:

Gostaríamos muito de agradecer pelo convite e por estarmos, de certa forma, contribuindo para a história e para a democracia do país! Da nossa parte, nos colocamos à disposição para consultas a respeito das fake news e aproveitamos para solicitar aos parlamentares que as agências de checagem possam ter algum tipo de proteção judicial para que possamos continuar as nossas checagens sem medo de sofrer ameaças de processos ou coisa do tipo.

O vídeo completo está disponível no canal da TV Senado no YouTube e você pode ver na íntegra clicando no player a seguir:

E você, o que achou do nosso novo cenário? Gostou de nos ver no Senado? Deixe seus comentários abaixo!