Criança com deformação na cabeça pede sua ajuda no Facebook

2
4736
Criança com a cabeça deformada pede sua ajuda no Facebook
Criança com a cabeça deformada pede sua ajuda no Facebook! Foto retirada de uma postagem do Facebook. (A tarja foi inserida pelo E-farsas)

Para cada compartilhamento, o Facebook doará R$ 0,05 para ajudar no tratamento de uma criança com deformação no crânio. Mas será que essa campanha é real?

Nos primeiro dias de julho de 2012, a foto abaixo começou a ser compartilhada no Facebook. De acordo com o texto que a acompanha, para cada compartilhamento feito, a criança será ajudada em R$ 0,05 pelo Facebook em seu tratamento.

Criança com a cabeça deformada pede sua ajuda no Facebook
Criança com a cabeça deformada pede sua ajuda no Facebook! Foto retirada de uma postagem do Facebook. (A tarja foi inserida pelo E-farsas)

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

O Facebook não faz campanhas desse tipo. O fato de compartilhar ou curtir uma foto não ajuda em nada no tratamento de ninguém!

É claro que, sendo uma ferramenta de alcance mundial, o Facebook já utilizou de sua popularidade para criar campanhas criativas, como essa que incentiva a doação de órgãos. Mas isso é totalmente diferente dessas falsas ajudas que alguns internautas espalham na rede (achando que estão ajudando, de fato).

Não dá pra saber pela postagem no Facebook quem é a criança, qual a sua idade, qual a sua nacionalidade, qual o mal que a aflige… Correntes falsas são sempre assim: com enorme ausência de informação.

Também não é explicado como que o Facebook fará essa ajuda. Seria depositado o dinheiro em uma conta? O próprio Mark Zuckerberg iria tirar do próprio bolso?

Já mostramos aqui no E-farsas diversas vezes que falsas campanhas como essa eram espalhadas por e-mail e, agora, estão sendo disseminadas pelo Facebook. A única coisa a fazer quanto a isso é ignorar.

Felizmente, o pessoal do Facebook está retirando (aos poucos, devido a enorme quantidade de posts desse tipo) falsas histórias como essa que estão sendo publicadas na sua rede social. Quem sabe, um dia, teremos uma internet limpa dessas bobeiras…

A criança da foto

Não descobrimos o nome da criança. Apenas sabemos que, possivelmente, a má formação em seu crânio se deveu a contaminações por urânio durante guerras no Oriente Médio.

De acordo com o levantamento feito por Asaf Durakovic e por Martin Chulov, houve um aumento significativo de crianças nascidas com defeitos genéticos e malformações congênitas. Resultado de contaminações por armas químicas e radioativas.

Conclusão

História falsa! Não há nenhuma campanha no Facebook para ajudar essa criança. Ao ler postagens como essa no Facebook, ignore ou denuncie.

Sites citados