16.9 C
São Paulo
quinta-feira, setembro 16, 2021

As crianças não vão mais escrever à mão na Finlândia?

- Publicidade -

Notícia afirma que o Governo finlandês teria cancelado o ensino do uso da letra cursiva nas escolas do país. Será que as crianças finlandesas agora só aprenderão digitação?

O tal anúncio surgiu na web na primeira semana de dezembro de 2014. De acordo com a notícia, o Governo da Finlândia estaria cancelando o ensino da “letra de mão” nas escolas primárias do país a partir de 2016. As crianças só teriam acesso à escrita através de tablets e computadores!

Será que essa história é real?

Escolas da Finlândia não ensinarão mais a escrita à mão! Será verdade?
Escolas da Finlândia não ensinarão mais a escrita à mão! Será verdade? (foto: Reprodução)

 

Verdade ou farsa?

A notícia é real! Um pouco exagerada, mas real!

A partir do ano letivo de 2017, que começa na Finlândia em setembro de 2016, os alunos que iniciarem no curso primário não serão mais obrigados a aprender caligrafia. As crianças aprenderão, no lugar disso a digitação em computadores e tablets.

A secretária do Conselho Nacional de Educação da Finlândia, Minna Harmanen, disse em entrevista ao jornal finlandês Savon Sanomat que a medida será uma enorme mudança cultural, pois hoje em dia a digitação está muito mais presente na vida das pessoas do que a letra cursiva. Ela defende que essa mudança no ensino irá preparar as crianças para um mundo tecnológico como esse em que estamos vivendo atualmente.

Será o fim da escrita à mão? (foto: Reprodução)
Será o fim da escrita à mão? (foto: Reprodução)

Vale ressaltar que a mudança na grade curricular não será obrigatória. Os professores poderão continuar a ensinar aos seus alunos a escrita à mão, juntamente com as aulas de digitação.

Conclusão

- Publicidade -

A Finlândia irá recomendar que suas escolas primárias dêem prioridade para o ensino da digitação no lugar da escrita à mão a partir de 2017. A letra cursiva ainda será ensinada, mas ficará em segundo plano.

E você, o que acha disso? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

31 COMENTÁRIOS

  1. Quando não tiverem à mão um computador ou smartphone e uma impressora, serão totalmente incapazes de se comunicarem com qualquer pessoa longe do alcance da voz, ou de deixarem, por exemplo, algum recado para alguém.
    Na minha opinião, perdem enormemente em segurança.

    • leia a notícia de novo, não deixarão de aprender a escrever à mão, mas vão dar prioridade à digitação. Acho de certa forma certo sim, pois precisamos abrir mão dos métodos arcaicos de ensino (principalmente no Brasil) e abraçar o mundo novo. Entendo o ceticismo das pessoas que são contra, mas precisamos abrir mão de métodos antigos para dar lugar à novos. As crianças desenvolvem muito mais rápido hoje em dia, a tecnologia traz a informação e o conhecimento ao alcance de um clique, é preciso deixar pra trás a necessidade retrógrada de ensinar sentado com a bunda na cadeira por horas enquanto alguém fala e escreve em um quadro. É por isso que o sistema de ensino está falindo, não consegue abranger a necessidade de um mundo avançado.

    • Num país como o Finlândia para isso acontecer vai ter que ter acontecido um Apocalipse Zumbi junto com a explosão de 1918131937814738 bombas atômicas e um sharknado.

      Você acha SERIAMENTE que o povo na Finlândia não teria condições de obter/alugar/emprestar um equipamento que permitisse a comunicação?

      Aqui no Brasil até gato de internet existe o que não dizer de um país mais moderno.

      Ou seja, uma pessoa só perderia a condição de se comunicar num país como esse se acontecesse o fim do mundo ou se ela morresse.

      E não entendi porque perdem em segurança, papel é mais fácil de dar merda que manter dados seguros e criptografados. Kevin Mitnick que o diga.

  2. Não é possível que seja verdade. Ou então colocaram um brasileiro como ministro da educação, ou visitaram o Brasil a convite do PT, o qual diz que no Brasil tudo vai bem e nossas crianças não repetem de ano nem que queiram, ou ainda, como sabem que a Finlândia vai acabar com o degelo global querem que tudo vá para o inferno…
    Se realmente isso acontecer, a Finlândia a médio prazo vai concorrer com o Brasil, pau a pau, nas provas de ensino fundamental que a Onu faz…

  3. Sendo obrigatório a escrita cursiva nas escolas já está difícil entender, através da escrita, o que pensam a moçada. Assemelham a receituário médico. As pérolas do Enem que o digam. Abolindo a escrita cursiva nas escolas, penso que ficará pior. Milhões de Analfas conectados… Só o tempo nos dirá.

  4. Totalmente a favor. Tem que se pensar para frente e não ficar preso ao passado. E para quem não entendeu, as crianças não deixarão de escrever, apenas de ter aulas de caligrafia, que não minha opinião sempre foram inúteis. Eu sempre tive uma letra bonita, sem fazer caligrafia, pois também sou desenhista e não conheço ninguém que melhorou fazendo essas aulas.

  5. Totalmente a favor. Tem que se pensar para frente e não ficar preso ao passado. E para quem não entendeu, as crianças não deixarão de escrever, apenas de ter aulas de caligrafia, que na minha opinião sempre foram inúteis. Eu sempre tive uma letra bonita, sem fazer caligrafia, pois também sou desenhista e não conheço ninguém que melhorou fazendo essas aulas.

  6. Ter uma boa técnica de digitação é fundamental nos dias de hoje. Trabalho em escritório há alguns anos e posso afirmar: a cada dia que passa, uso menos lápis e caneta. Eu apoio a iniciativa, mas acho de vital importância que as pessoas procurem manter a caligrafia em dia, ninguém merece ficar decifrando o garrancho dos outros…

  7. Senhores,

    Atenção, a escrita manual é apenas uma prática, da mesma forma que podemos desenhar qualquer coisam também poderemos desenhar as letras do teclado se assim for necessário, no caso de faltar tinta da impressora e bateria nos gadgets.

    É hilario ver como a maioria já se aglomera na discussão como se fosse o fim do mundo, lembrem que um dia foi ensidado datilografia nas escolas…

    cursos de datilografia custavam caro! Hoje as crianças aprendem a digitar sozinhas.

    Abraço a todos.

  8. FAZ SENTIDO… O APRENDIZADO DA CORRETA DIGITAÇÃO (DATILOGRAFIA – DAKTULOS = DEDO/GRAFIA = ESCRITA) É TÃO IMPORTANTE QUANTO O DA CALIGRAFIA (KALLIS = BONITO – GRAFIA = ESCRITA) PRINCIPALMENTE POR CONTA DA CADA VEZ MAIS FREQUENTE UTILIZAÇÃO DO TECLADO, DE MODO QUE A MAIORIA NÃO SABE DIGITAR CORRETAMENTE, DIMINUINDO A EFICIÊNCIA DA DIGITAÇÃO.

  9. Interessante pois a cada dia o mundo virtual entra mais a fundo nos lares do mundo inteiro e hoje em dia praticamente as crianças já nascem mexendo no celular kkkk, então a tendência é essa mesmo os computadores tomarem de conta,espero que logo chega ao brasil essa nova estratégia de aprendizado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui