19.4 C
São Paulo
terça-feira, setembro 28, 2021

Cuba criou uma vacina contra o coronavírus?

Array
- Publicidade -

É verdade que cientistas cubanos anunciaram a criação de uma vacina contra o coronavírus e mais de 1500 chineses já foram curados por ela?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs na segunda semana de março de 2020 e se espalhou também através de inúmeras publicações nas redes sociais. De acordo com a reportagem, o medicamento cubano Interferon alfa 2B estaria sendo produzido em uma fábrica chinesa e seria a primeira vacina contra o coronavírus 2019-nCoV.

A notícia também afirma que a vacina teria curado mais de 1.500 pacientes, mas será que isso é verdade mesmo?

Cuba teria criado a primeira vacina contra o coronavírus! Será verdade? (foto: reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

No dia 09 de março de 2020, o blog de língua espanhola Colarebo publicou uma notícia afirmando que Cuba teria criado uma vacina contra o coronavírus. No entanto, o termo correto não é esse!

O medicamento “Interferon alfa 2B” (IFNrec) é, na verdade um antiviral e é usado no tratamento da doença (e não como vacina). Como podemos comprovar nas matérias publicadas, fala-se em “cura” e não em “vacinação”.   

No dia 08 de março de 2020, o presidente de Cuba, Miguel Díaz Canel, comemorou em seu perfil no Twitter a parceria com o governo chinês, que está usando o medicamento no tratamento contra a doença de coronavírus. 

A droga cubana é fabricada na China desde 25 de janeiro na fábrica chinesa-cubana ChangHeber, na província de Jilin, na China.

Em entrevista à televisão cubana, Luis Herrera Martínez, consultor científico e comercial do presidente da BioCubaFarma, disse que o medicamento foi um dos 30 escolhidos devido à sua eficácia demonstrada anteriormente com um vírus semelhante. 

Medicamento também é utilizado na Espanha

De acordo com publicações cubanas, o Interferon beta também está sendo usado – em conjunto com medicamentos relacionados ao tratamento do HIV – em Sevilha, para tratar com sucesso o primeiro caso de contágio registrado na Espanha. O tratamento ainda é experimental, mas está surtindo efeitos positivos.

Existe vacina contra o coronavírus?

- Publicidade -

Ainda não há uma vacina disponível para prevenção contra o coronavírus. Das 4 possíveis vacinas, que ainda estão em fase de estudos, a mais promissora parece ser uma desenvolvida pela companhia Moderna Pharmaceuticals. No entanto, ainda pode levar mais de um ano até que todos os testes de segurança sejam feitos e que a eficácia do medicamento seja comprovada.    

Conclusão

Cuba não criou uma vacina contra o coronavírus! Um dos medicamentos usado na China no tratamento de vítimas do coronavírus é o cubano IFNrec, mas ele não é uma vacina!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

76 COMENTÁRIOS

      • O título é “Cuba criou uma vacina contra o coronavírus?”
        e não “É uma vacina o que dizem que Cuba criou?”,
        ou “Cuba criou um medicamento contra o coronavírus?”.

        Ou seja, tem-se de fato uma VACINA criada por Cuba?

        Esta outra pergunta fortalece o título do texto: “É verdade que cientistas cubanos anunciaram a criação de uma vacina contra o coronavírus e mais de 1500 chineses já foram curados por ela?”

        No jornal Colarebo, citado no início deste artigo, eles falam de “vacuna” apenas no título, no texto há eles citam apenas “medicamento” e “fármaco”. Aí eu já não saberia se “vacuna” pode ter este uso mais genérico naquela língua ou se foi sensacionalista ou um erro mesmo.

        A conclusão deste artigo parece correta, mas sua resposta ao Claudio Tavares, sobre a informação mais relevante, não!

    • @Claudio Tavares , eu acredito que se uma suposta “notícia” começa com uma MANCHETE FALSA, então praticamente você pode JOGAR FORA todo o conteúdo/resto, mesmo que haja alguma veracidade em alguns pontos, pois a credibilidade foi COMPROMETIDA. 😉

    • Ou seja:
      A Ilha pobre, com raros recursos naturais, que sobre um criminoso bloqueio da maior potência do mundo continua gerando saúde para o mundo, enquanto os EUA só promove guerras, enquanto explora demais países.
      Simples assim.

  1. O IFNrec não é cubano em si, mas suíço, desenvolvido por Charles Weissmann na Universidade de Zurich. Cuba fabrica ele com preço mais baixo devido à infraestrutura local (mão de obra barata).

  2. O remédio “Interferon alfa 2B” não foi criado nem descoberto em Cuba, mas sim por pelo laboratório Charles Weissmann
    na Universidade de Zurique.

    • Não é bem assim, interferon não foi inventado, ele é produzido naturalmente pelo corpo humano.

      O grande feito de Charles Weissmann foi descobrir uma forma de cloná-lo na década de 1970.

      E anos depois, se não me engano nos anos 1980, Cuba desenvolveu um método próprio para realizar o processo. Há uma ou duas décadas os cubanos estão colaborando com os chineses, transferindo seu conhecimento tecnológico sobre o processo.

      • Diego – Seria possível China lançar de forma proposital o novo coronavirus sendo que já conhece e esta avançado no tratamento para depois de causar todo estrago ainda vir junto com Cuba para trazer a “salvação” e ficar como mocinho na historia? É possível ou é fato que a doença se espalhou de forma não proposital? Realmente não sei estou apenas tentando entender se existe possibilidade disso.

        • Eu posso responder,.. acontece que essa doença (vírus) era só pegava entre os animais selvagens, com o tempo toda seu habitat foi destruído por humanos.. e então esses animais doentes vem até os humanos e dessa maneira transmitir esse vírus para humano para humano.. estamos vivendo as consequências da destruição da nossa selva… e se não paramos por aqui vai ficar mais feio ainda p nosso lado

        • @Domitila Sincler Albino , possível é. O duro é você apresentar PROVAS ROBUSTAS de tais alegações. Caso contrário, você fica naquele limbo de TEORIAS CONSPIRATÓRIAS e/ou ACHISMOS que são uma das PRAGAS (o pior na opinião é o SPAM) que inundam a Internet todos os dias. 😉 KKKKKKKKKKK! 😀

  3. Olha esse é um desserviço, vces colocam toda a credibilidade do site na mão de alguns profissionais que mais parecem odiar cuba, do que interessado em esclarecer.

    Título de jornais serio.
    Cuba e coronavírus: o que se sabe sobre a vacina que está sendo desenvolvida no país
    Mas embora ainda não tenham chegado a um imunizante totalmente eficaz, os laboratórios de Cuba são os que estão em fases mais avançadas de testes.

    “Cuba tem um sistema universal de saúde, com grande capacidade de organização e de coordenação de ações, de modo que é um país que tem condições de enfrentar essa situação como pouquíssimos países têm. A perspectiva em Cuba é muito melhor que em qualquer outro país que não tenha um sistema público universal”, diz o professor de Medicina na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas (SP) Pedro Tourinho, enfatizando que a vacina ainda está em desenvolvimento.

    Cuba desenvolveu sim uma vacina, e o título desenvolver não diz que está sendo usada, no texto fica bem claro, que além da vacina, que está sendo testada, há medicamentos sendo usado, é bem simples, pq criar explicações fakes, malapuradas, com intuito de dificultar ainda mais a compreensão dos fatos. E-Farsas deveria se retratar, e refazer esse conteúdo.

    • O rapaz do site apenas DESMENTIU a informação sobre a existência da vacina,e ainda deixou claro que ela está em DESENVOLVIMENTO em vários países, não apenas em Cuba. Isso não significa que ele esteja diminuindo a importancia de Cuba. Toda ajuda é bem vinda e se Cuba é um pais capaz de atuar nesse momento, que atue.
      Não vi no texto acima nenhuma influência política, apenas esclarecimento dos fatos.

  4. semântica desenvolver, ser usada, está em teste, a primeira coisa que se anuncia é desenvolvemos uma vacina, mas, está em teste, vacina desenvolvida, é liberada para uso em humanos, etc… semântica e interpretação de textos, issso é um exemplo, posso pegar vários textos aqui que são manipulados, para agradar a, b ou c… deveriam ter a humildade de trabalhar com possibilidades e não afirmar, sendo que a verdade de fato não é absoluta, sejam menos panfletários e por favor apurem de verdade, estamos cheio de achismos…

  5. Olá, uma pequena resalva sobre se Cuba criou, descobiu ou ajudou para criar a Interferon.
    É só fazer uma pequena pesuqisa no Google e achará a seguinte informação:
    “O interferon alfa 2b é um medicamento antiviral ou antineoplásico, que foi originalmente descoberto no laboratório de Charles Weissmann da Universidade de Zurique. Foi desenvolvido na Biogen e, finalmente, comercializado pela Schering-Plough sob o nome comercial Intron-A.”
    Grato

      • O título é “Cuba criou uma vacina contra o coronavírus?”
        e não “É uma vacina o que dizem que Cuba criou?”,
        ou “Cuba criou um medicamento contra o coronavírus?”.

        Ou seja, tem-se de fato uma VACINA criada por Cuba?

        Esta outra pergunta fortalece o título do texto: “É verdade que cientistas cubanos anunciaram a criação de uma vacina contra o coronavírus e mais de 1500 chineses já foram curados por ela?”

        No jornal Colarebo, citado no início deste artigo, eles falam de “vacuna” apenas no título, no texto há eles citam apenas “medicamento” e “fármaco”. Aí eu já não saberia se “vacuna” pode ter este uso mais genérico naquela língua ou se foi sensacionalista ou um erro mesmo.

        A conclusão deste artigo parece correta, mas sua resposta ao Claudio Tavares, sobre a informação mais relevante, não!

    • @Claudio Tavares , eu acredito que se uma suposta “notícia” começa com uma MANCHETE FALSA, então praticamente você pode JOGAR FORA todo o conteúdo/resto, mesmo que haja alguma veracidade em alguns pontos, pois a credibilidade foi COMPROMETIDA. 😉

    • Ou seja:
      A Ilha pobre, com raros recursos naturais, que sobre um criminoso bloqueio da maior potência do mundo continua gerando saúde para o mundo, enquanto os EUA só promove guerras, enquanto explora demais países.
      Simples assim.

  6. O IFNrec não é cubano em si, mas suíço, desenvolvido por Charles Weissmann na Universidade de Zurich. Cuba fabrica ele com preço mais baixo devido à infraestrutura local (mão de obra barata).

  7. Oi Gilmar,

    há um desencontro de informações. O Wikipedia diz que o interferon alpha 2b foi criado pelo laboratório suíço e ultimamente é comercializado como Intron A. Em outros sites não vemos menções ao laboratório, mas que foi produzido por tecnologia cubana e que é desenvolvido desde o começo dos anos 80 pelo Centro para Engenharia Genética e Biotecnologia de Havana. https://www.medigraphic.com/pdfs/biotecapl/ba-2017/ba171b.pdf
    https://tspace.library.utoronto.ca/html/1807/21526/ba99026.html
    https://www.nature.com/articles/nbt1204supp-DC19
    http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1027-28522017000100002

  8. O remédio “Interferon alfa 2B” não foi criado nem descoberto em Cuba, mas sim por pelo laboratório Charles Weissmann
    na Universidade de Zurique.

    • Não é bem assim, interferon não foi inventado, ele é produzido naturalmente pelo corpo humano.

      O grande feito de Charles Weissmann foi descobrir uma forma de cloná-lo na década de 1970.

      E anos depois, se não me engano nos anos 1980, Cuba desenvolveu um método próprio para realizar o processo. Há uma ou duas décadas os cubanos estão colaborando com os chineses, transferindo seu conhecimento tecnológico sobre o processo.

      • Diego – Seria possível China lançar de forma proposital o novo coronavirus sendo que já conhece e esta avançado no tratamento para depois de causar todo estrago ainda vir junto com Cuba para trazer a “salvação” e ficar como mocinho na historia? É possível ou é fato que a doença se espalhou de forma não proposital? Realmente não sei estou apenas tentando entender se existe possibilidade disso.

        • Eu posso responder,.. acontece que essa doença (vírus) era só pegava entre os animais selvagens, com o tempo toda seu habitat foi destruído por humanos.. e então esses animais doentes vem até os humanos e dessa maneira transmitir esse vírus para humano para humano.. estamos vivendo as consequências da destruição da nossa selva… e se não paramos por aqui vai ficar mais feio ainda p nosso lado

        • @Domitila Sincler Albino , possível é. O duro é você apresentar PROVAS ROBUSTAS de tais alegações. Caso contrário, você fica naquele limbo de TEORIAS CONSPIRATÓRIAS e/ou ACHISMOS que são uma das PRAGAS (o pior na opinião é o SPAM) que inundam a Internet todos os dias. 😉 KKKKKKKKKKK! 😀

  9. Olha esse é um desserviço, vces colocam toda a credibilidade do site na mão de alguns profissionais que mais parecem odiar cuba, do que interessado em esclarecer.

    Título de jornais serio.
    Cuba e coronavírus: o que se sabe sobre a vacina que está sendo desenvolvida no país
    Mas embora ainda não tenham chegado a um imunizante totalmente eficaz, os laboratórios de Cuba são os que estão em fases mais avançadas de testes.

    “Cuba tem um sistema universal de saúde, com grande capacidade de organização e de coordenação de ações, de modo que é um país que tem condições de enfrentar essa situação como pouquíssimos países têm. A perspectiva em Cuba é muito melhor que em qualquer outro país que não tenha um sistema público universal”, diz o professor de Medicina na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas (SP) Pedro Tourinho, enfatizando que a vacina ainda está em desenvolvimento.

    Cuba desenvolveu sim uma vacina, e o título desenvolver não diz que está sendo usada, no texto fica bem claro, que além da vacina, que está sendo testada, há medicamentos sendo usado, é bem simples, pq criar explicações fakes, malapuradas, com intuito de dificultar ainda mais a compreensão dos fatos. E-Farsas deveria se retratar, e refazer esse conteúdo.

    • O rapaz do site apenas DESMENTIU a informação sobre a existência da vacina,e ainda deixou claro que ela está em DESENVOLVIMENTO em vários países, não apenas em Cuba. Isso não significa que ele esteja diminuindo a importancia de Cuba. Toda ajuda é bem vinda e se Cuba é um pais capaz de atuar nesse momento, que atue.
      Não vi no texto acima nenhuma influência política, apenas esclarecimento dos fatos.

  10. semântica desenvolver, ser usada, está em teste, a primeira coisa que se anuncia é desenvolvemos uma vacina, mas, está em teste, vacina desenvolvida, é liberada para uso em humanos, etc… semântica e interpretação de textos, issso é um exemplo, posso pegar vários textos aqui que são manipulados, para agradar a, b ou c… deveriam ter a humildade de trabalhar com possibilidades e não afirmar, sendo que a verdade de fato não é absoluta, sejam menos panfletários e por favor apurem de verdade, estamos cheio de achismos…

  11. Olá, uma pequena resalva sobre se Cuba criou, descobiu ou ajudou para criar a Interferon.
    É só fazer uma pequena pesuqisa no Google e achará a seguinte informação:
    “O interferon alfa 2b é um medicamento antiviral ou antineoplásico, que foi originalmente descoberto no laboratório de Charles Weissmann da Universidade de Zurique. Foi desenvolvido na Biogen e, finalmente, comercializado pela Schering-Plough sob o nome comercial Intron-A.”
    Grato

  12. Oi Gilmar,

    há um desencontro de informações. O Wikipedia diz que o interferon alpha 2b foi criado pelo laboratório suíço e ultimamente é comercializado como Intron A. Em outros sites não vemos menções ao laboratório, mas que foi produzido por tecnologia cubana e que é desenvolvido desde o começo dos anos 80 pelo Centro para Engenharia Genética e Biotecnologia de Havana. https://www.medigraphic.com/pdfs/biotecapl/ba-2017/ba171b.pdf
    https://tspace.library.utoronto.ca/html/1807/21526/ba99026.html
    https://www.nature.com/articles/nbt1204supp-DC19
    http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1027-28522017000100002

  13. Rindo do malabarismo do pessoal para tentar defender Cuba por questões ideológicas. O sistema de saúde do país é muito precário, vocês vivem numa bolha ideológica que chega a causar pena

  14. Rindo do malabarismo do pessoal para tentar defender Cuba por questões ideológicas. O sistema de saúde do país é muito precário, vocês vivem numa bolha ideológica que chega a causar pena

  15. olha esse remédio querendo ou não esta sendo a cura para a doença,então não é fake,vcs desse E-farsas ganha bem para tentar enganar uma porção de pessoas que estão dormindo no que lê.

  16. olha esse remédio querendo ou não esta sendo a cura para a doença,então não é fake,vcs desse E-farsas ganha bem para tentar enganar uma porção de pessoas que estão dormindo no que lê.

  17. Cuba criou um jeitinho brasileiro junto com o pixuleco e com a anta de engabelar o zé povinho, também brasileiro e que adora pão e circo, a encherem as burras de dinheiro em troca do pão com mortadela e disso aqui. Deu certo, por um tempo, mas deu certo!

  18. Cuba criou um jeitinho brasileiro junto com o pixuleco e com a anta de engabelar o zé povinho, também brasileiro e que adora pão e circo, a encherem as burras de dinheiro em troca do pão com mortadela e disso aqui. Deu certo, por um tempo, mas deu certo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui