23 C
São Paulo
segunda-feira, fevereiro 26, 2024

Descubra o truque do mágico partido ao meio!

- Publicidade -

O ilusionista Andy Gross faz pegadinha nas ruas assustando a todos ao aparecer partido no meio! Mas como será que ele fez esse truque?

O vídeo com a pegadinha foi publicado no YouTube no dia 02 de julho e ultrapassou os 2 milhões de visualizações em apenas 20 dias! A brincadeira consistia na ilusão de um homem que teria sido partido ao meio, andando e segurando as próprias pernas… como se nada tivesse acontecido!

Andy Gross, um comediante, mágico e ventríloquo, saiu às ruas para assustar todo mundo que cruzasse seu caminho.

Andy Gross partido ao meio! Como ele faz isso? (foto: Divulgação)
Andy Gross partido ao meio! Como ele faz isso? (foto: Divulgação)

 

Para não estragar a surpresa, assista ao vídeo abaixo e divirta-se! (Depois, caso queira saber como o truque foi feito, continue lendo nosso artigo!)

[iframe: width=”590″ height=”332″ src=”//www.youtube.com/embed/R32by29mSsE” frameborder=”0″ allowfullscreen]

 

Apesar de achar algumas das reações dos participantes da brincadeira um tanto exageradas, o vídeo é, sem dúvida, hilário!

Como partir um mágico ao meio?

(nota: Se você não quer saber como foi feita mágica mostrada no vídeo, pode parar com a leitura aqui!)

- Publicidade -

Um dos números mais icônicos de um show de mágica é aquele em que o mágico serra a sua assistente ao meio. E quando ele parte a si mesmo em dois é melhor ainda!

O número da mulher partida ao meio é classico entre os mágicos!(Foto: Reprodução/eBay)
O número da mulher partida ao meio é um clássico entre os mágicos!(Foto: Reprodução/eBay)

 

Os ilusionistas do mundo todo vivem buscando a superação a cada numero, tentando novas maneiras de criar a ilusão do humano partido ao meio. A imagem abaixo mostra uma patente requerida em 1936 para uma forma de apresentar o numero da mulher serrada pela metade (está à venda no eBay):

Patente de uma mágica da mulher partida ao meio! (foto: Reprodução/eBay)
Patente de uma mágica da mulher partida ao meio! (foto: Reprodução/eBay)

 

Técnica antiga

A técnica usada por Andy Gross não é nova! Já foi usada por David Copperfield em 2009 e o truque foi amplamente divulgado na TV e na web! Portanto, não estamos dando uma de Mister M aqui. Tudo o que será mostrado a seguir foi retirado de outros blogs e sites!

[iframe: width=”590″ height=”443″ src=”//www.youtube.com/embed/_rfYfgBXg2M” frameborder=”0″ allowfullscreen]

 

E aqui, Copperfield faz a sua mágica na rua:

[iframe: width=”590″ height=”443″ src=”//www.youtube.com/embed/qOFFy17w37M” frameborder=”0″ allowfullscreen]

 

O segredo

O site XploreMagic mostrou, em 2009, como o truque é feito.

Na verdade, o segredo está na calça! Ela possui um corte na lateral por onde o mágico sai com suas pernas.

A camiseta comprida esconde as coxas e nádegas do ilusionista, que fica meio sentado no ar. A posição é meio incômoda, mas o efeito é muito interessante.

Para completar a ilusão, a calça é recheada com uma grade de metal, para ficar mais sólida!

Pegamos algumas imagens emprestadas do site XploreMagic para que você tenha uma ideia melhor do que estamos falando:

laser_illusion_001 laser_illusion_002 laser_illusion_003 laser_illusion_006 laser_illusion_009

Créditos das fotos: XploreMagic!

Deu pra entender como foi feito? Para ver mais detalhes do truque, visite o XploreMagic.

 

Conclusão

O vídeo é hilário e truque, apesar de ser antigo, ainda causa espanto e curiosidade nas pessoas! E viva a mágica!

 

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla! Autor do livro de ficção Marvin e a Impressora Mágica!

Últimas Atualizações

- Publicidade -Compre o livro Marvin e a impressora Mágica de Gilmar Lopes

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

15 COMENTÁRIOS

  1. Prezado Gilmar;
    O objetivo do e-farsas sempre foi o de desvendar os mitos, falsos boatos, e farsas que circulam na net. Divulgar os segredos dos mágicos parece-me que sai totalmente do que foi traçado desde o início quando o seu trabalho começou há mais de 10 anos. Há uma diferença muito grande em orientar os usuários deste site sobre as “falácias” que podem até nos prejudicar, tais como falsas curas, golpes, crendices, etc. Outra coisa é “entregar” o trabalho de profissionais que vivem disso e que não deixa de ser uma arte. Quem assiste a um ilusionista ou prestidigitador sabe de ante mão tratar-se de um truque. Não existe neste tipo de espetáculo o propósito de iludir com outra finalidade que não seja a de entreter, divertir. Há centenas de vídeos na rede que se propõe a explicar os truques de mágicas, mas que não tem nada a ver com o que aqui foi anteriormente proposto. Para aqueles que porventura acham que estou errado, podem visitar o youtube que lá encontrarão não só estes mas também outras mágicas. Neste espaço, seria interessante que o senhor continuasse com o que foi anteriormente. Obrigado…
    Paulo

      • Gilmar;
        É evidente que muitos vão querer saber como são realizados os truques de mágicas, mas não tem nada a ver com a proposta inicial. Só isso!!!!!! E tem mais: no youtube, quase todas as mágicas são reveladas. Basta digitar o nome do mágico e a seguir a palavra “revelead”. Se o e-farsas partir para este tipo de abordagem vai ser somente mais um no “pedaço”. Até aqui segui as pesquisas de vocês. Caso contrário, prefiro o youtube que é muito mais rápido….

        • Paulo Campos, ao contrario da TV aberta dos anos 80 ou 90 que nos empurrava o que assistir, a internet nos da total liberdade para escolher o que ver. Tenho uma sugestao, quando estiver por aqui e encontrar alguma coisa que nao gosta ou nao concorda, va para outro topico. Assim o espaco continua democratico e tende agradar a todos. Nao precisamos fazer com que os outros sejam obrigados a concordar com nosso ponte de vista, nem temos que concordar com os de outros. Simples assim. E viva a democracia.

          • Concordo Paulo Mattos;
            Vamos então mostrar bastidores de rodeio, shows. E que tal cursos de como se faz certas receitas culinárias sem segredos. Poderíamos mostrar também o treinos dos times de futebol, basquete, etc…Seria interessante também saber como os políticos trabalham em seus gabinetes com seus assessores…E quanto às farsas da internet…Ah, vamos diversificar, né?

          • Completando. Não há nada a ver com democracia, mas sim ao que se propõe o site que é “descobrir as farsas da web”. Está escrito lá em cima, certo? Entendo que seja desmascarar as lorotas que circulam nos emails, facebook, etc. Por exemplo: está “rolando” no facebook um vídeo em que uma japonesa e um suposto indiano equilibram peças de madeira….Você já deve tê-lo visto. Este sim é falso por tratar-se de equilíbrio natural. Não é um truque de mágica. Mas estão “vendendo” a ideia de que seja equilíbrio difícil de se executar quando na verdade não é. Eu mesmo já demonstrei para conhecidos meus que se trata de fraude. Malabarismo, equilibrismo, trapézio, etc são números circenses que dependem de anos de dedicação e treinamento. O que essa mulher e o indiano fazem é trabalhar com o centro de gravidade e o equilíbrio natural. Este sim poderia facilmente ser desmascarado por este site, mas…número de mágica é outra coisa. E como disse: já tem muita gente divulgando isso no youtube. Está arriscado a proposta inicial do e-farsas ser desvirtuada e perdemos um excelente canal para esclarecimentos realmente úteis e importantes como utilidade pública. Simples assim! Se você estiver interessado posso se passar o link onde há este suposto número de equilíbrio, se você nao o viu, claro!

  2. Concordo com o Paulo Campos. Achei muito legal o conteúdo, mas de fato descaracteriza o site, que já é referência. Só com esse post não vejo problema, mas se continuar saindo do propósito original pode perder um pouco a credibilidade. Eu mesmo quando procuro pela veracidade de alguma informação, um dos primeiros site que procuro é o e-farsas. E vamos combinar que um show de mágica não é uma farsa, mas sim um espetáculo, conforme bem colocou o Campos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui