5 COMMENTS

  1. Parabéns! Mais um esclarecimento desmistificando uma baboseira, que só os incautos acreditam. Por isto que todas a vezes que recebo artigos que parece engodo eu recorro a este conceituado site.

  2. Olá, Marco Faustino. Parabéns pelo texto, bem elaborado, demonstrando pesquisa séria. Sou arqueólogo (devidamente formado) e, trabalhando na Amazônia, tenho conhecimento das atividades dos huaqueros, que, como você esclareceu, não apenas vendem objetos falsificados (às vezes, enterram de propósito, para simular autenticidade) como também vendem objetos arqueológicos legítimos, o que é crime em muitos países.
    Infelizmente, há muitas pessoas que se auto-intitulam arqueólogos, mas que disseminam informações sem qualquer embasamento científico. E o que é pior é que muitos acreditam nessas pessoas e criticam os arqueólogos que procuram mostrar dados verdadeiros.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here