20.4 C
São Paulo
terça-feira, novembro 30, 2021

É verdade que uma mulher chamada Myrtle Corbin nasceu e viveu com 4 pernas?

- Publicidade -

Publicação compartilhada nas redes sociais mostra fotos de uma mulher com 4 pernas no dia do seu casamento! Será que isso é verdade?

Essa história circula desde junho de 2021 nas redes sociais e mostra fotos de uma mulher com 4 pernas e vestida de noiva, com um buquê de flores, ao lado do noivo.

De acordo com o texto que acompanha as imagens, a mulher se chama Myrtle Corbin e teria nascido com uma condição rara: ela possuía 4 pernas e aparenta viver uma vida normal!

Será que isso é verdade mesmo?

Texto compartilhado juntamente com fotos de uma mulher em seu casamento: “Essa é a Myrtle Corbin, que nasceu com 4 pernas. A questão que me intriga é a mesma que te intriga.” (foto: reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Esse é um daqueles casos em que alguém mistura uma história real com montagens e informações falsas para dar mais credibilidade ao assunto e conseguir mais compartilhamentos.

Veja um resumo em vídeo sobre o que descobrimos a respeito desse caso:

Ao buscar pelo nome “Myrtle Corbin” no Google, descobrimos rapidamente que houve, sim, uma pessoa que nasceu com 4 pernas, mas ao pesquisar pela foto vamos perceber que ela não tem nada a ver com a tal Myrtle Corbin.

Quem foi Myrtle Corbin?

Josephene Myrtle Corbin nasceu em maio de 1868, em Tennessee – Estados Unidos – e virou atração em vários circos (naqueles shows de aberrações) por causa de sua rara condição de nascença: ela possuía quatro pernas!

- Publicidade -

Chamada de dípigo, essa anomalia é caracterizada pela existência de duas bacias e quatro membros inferiores. Essa síndrome ocorre quando gêmeos não conseguem se separar corretamente no ventre materno e, ao contrário dos irmãos siameses, as partes nascem duplicadas da cintura para baixo.

No caso da Myrtle, ela nasceu sem nenhum problema de saúde e viveu com quatro pernas até a sua morte, aos 59 anos de idade. Além das pernas a mais (duas de tamanho normal e duas menores, sendo que dessas 4 apenas uma funcionava bem), ela também possuía duas pélvis, dois aparelhos reprodutores e excretores completos e independentes.

Aos 14 anos de idade, ela foi contratada para trabalhar em um circo com os exorbitantes US$ 250 por semana (uma graninha bem alta para aquela época), se tornando uma celebridade.

Depois de alguns anos, Josephine resolveu se aposentar dos palcos, se casou com o médico Clinton Bicknell e teve vários filhos. Anos mais tarde, já com os filhos criados, a “Mulher com Quatro Pernas” voltou a se apresentar em Nova York, recebendo cerca de US$ 450 por semana.

Aqui a gente pode ver anúncios do show da “menina de 4 pernas” e essa é uma das raras fotos da Myrtle, que encontramos no site da Universidade do Texas, de 1877:

Foto: Reprodução/Google Images

E as fotos da mulher vestida de noiva?

Quanto às fotos que circulam junto com essa história, elas foram tiradas de um jornal humorístico de 1994. Naquele ano, o tabloide Weekly World News publicou a história fictícia de uma mulher chamada Ashley B. (que depois foi apresentada como Ashley Braistle), que estava procurando um namorado.

Foto: Reprodução/Weekly World News

A personagem apareceu diversas vezes no jornal até 1996, quando os redatores resolveram “matar” a mulher de 4 pernas em um acidente de esqui. As fotos que circulam como sendo da Myrtle Corbin foram tiradas dessa edição.

Em 2001, o tabloide Weekly World News trouxe a personagem de volta em uma matéria mostrando que ela estava viva e bem.

Conclusão

A história da mulher chamada Myrtle Corbin, que nasceu com 4 pernas, é real, mas as fotos que circulam em nome dela foram tiradas de um jornal humorístico de 1994! 

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui