Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

É verdadeiro o leilão de uma menina de 7 anos feito pelo Estado Islâmico?

Conspirações

É verdadeiro o leilão de uma menina de 7 anos feito pelo Estado Islâmico?

É verdadeiro o leilão de uma menina de 7 anos feito pelo Estado Islâmico?

Foto de uma criança de 7 anos sendo leiloada pelo Estado Islâmico causa polêmica na web, mas será que essa história é verdadeira ou falsa?

A imagem apareceu nas redes sociais e em diversos blogs no dia 12 de janeiro de 2015. Nela podemos ver um homem barbudo, com um microfone na mão, abraçado a uma menina de, aparentemente, 7 anos de idade. A garota está chorando, pois – segundo o texto que acompanha a fotografia – o Estado Islâmico estaria leiloando a menina!

Será que isso é verdade?

Menina chora por estar sendo vendida em leilão! Será que isso é verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Menina chora por estar sendo vendida em leilão! Será que isso é verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso? 

Na verdade, a menina não está sendo leiloada! Em 2013, a garota estava participando de um concurso de recitação do Alcorão (livro sagrado dos muçulmanos) em Aleppo (Síria), em 2013.

A jovem Ghada, ficou com vergonha por ter errado alguns trechos do texto e começou a chorar. No vídeo abaixo, descoberto pelos sempre atentos membros do nosso grupo no Facebook, podemos ver que o apresentador tenta conforta menina:

Infelizmente, o vídeo foi removido do YouTube (a conta onde o vídeo estava associado foi encerrada). Mas o site grego Ellinika Hoaxes – que faz um trabalho de checagens de fatos semelhante ao E-farsas – tomou o cuidado de tirar alguns prints de cenas do vídeo, onde podemos ver que a menina não foi vendida como muitos espalharam por aí:

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Reprodução/YouTube – via Ellinika Hoaxes

Escravas sexuais existem

Apesar dessa imagem não ter nada a ver com leilão de crianças, precisamos deixar claro aqui que ainda existe esse tipo de “comércio” entre alguns grupos de terroristas extremistas do Islã. De acordo com um estudo feito pela ONG Jihad and Terrorism Threat concluiu que há mais de 5.000 mulheres “vivendo” como escravas sexuais em bordéis na Síria e no Iraque!

A maior parte das mulheres são da religião yazidi que foram sequestradas durante o massacre Mount Sinjar, ocorrido em agosto de 2014. Segundo o jornal Daily Mail, as regras dizem que essas mulheres podem ser presas e estupradas em uma base diária por militantes que as compram como escravas por apenas £ 27 (cerca de R$100) cada, em média.

Conclusão: Não generalize

Não alimente o ódio contra os muçulmanos (ou contra membros de qualquer religião)! A imagem da moça chorando não tem nada a ver com tráfico de escravas sexuais. A venda de adolescentes existe, sim, mas é importante ressaltar que quem pratica esse ato são “apenas” os os jihadistas (terroristas do Estado Islâmico) e, é claro, não se aplica a todos os  muçulmanos.

Agradecimentos aos membros do nosso grupo no Facebook, que ajudaram a matar esse boato em poucos minutos!

Continue lendo
30 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo