17.4 C
São Paulo
sábado, maio 8, 2021

Foto mostra homem com dedo no nariz!

- Publicidade -

Será possível enfiar o dedo no nariz tão profundamente a ponto de atravessar o rosto e sair no olho?

Essa imagem circula há vários anos pela internet e mostra um senhor enfiando o dedo no nariz com tanta força que este acaba saindo pelo olho.

Isso é uma montagem e que teve como objetivo ser engraçada.

A Rinotilexomania é o nome dado às pessoas que vivem enfiando o dedo no nariz para retirar a "caquinha" que há lá dentro.

De acordo com a Wikipedia: "Rinotilexomania ou Rinotilexia (do Grego rino "nariz" + tilexis "hábito de tirar, extrair") é o hábito de colocar o dedo no nariz para extrair muco e/ou corpos estranhos ou também para ajustar a posição de objetos como jóias, por exemplo. Este é um hábito extremamente comum e algumas pesquisam indicam que, em média, pessoas de todo o mundo praticam o ato cerca de 4 vezes ao dia.

A membrana mucosa do nariz produz, constantemente, um muco que uma vez seco, causa uma sensação de irritação que leva à compulsão em praticar o ato rinotiléxico.

- Publicidade -

Esse ato compulsivo pode ser considerado transtorno mental ou comportamental. A rinotilexomania pode acarretar uma série de riscos à saúde e, por isso, os médicos recomendam que não seja praticado e que ao invés disso as pessoas usem lenços. Os riscos incluem infecção e sagramentos nasais (em 25% das pessoas rinotiléxicas) e em casos raros pode causar perfuração do septo nasal (etmoidectomia auto-induzida).

No entanto, a rinotilexia não afeta o olfato, uma vez que a cavidade nasal onde se encontram os nervos do olfato estão localizados em tal profundidade que não podem ser alcançados."

Talvez seja possível se enfiar o dedo através da narina até saltar pela orbita ocular, mas não é o caso dessa imagem. Analisando a foto podemos afirmar que ela foi forjada da seguinte maneira:

– Foram tiradas duas fotos na mesma posição. Uma com o dedo esticado e outra com o dedo encolhido;

– Na imagem que estava com o dedo esticado foi colado parte do rosto;

– Depois, foram feitos apenas alguns retoques digitais e pronto. Um dedo atravessando a narina.

Note na imagem abaixo, que ao alterarmos o contraste e o brilho da fotografia, dá para se notar onde foram feitas as colagens. Perceba a diferença de cores ao redor da barba do cidadão:

 

Veja também que há uma sombra muito artficial no dedo, abaixo do nariz:

Encontramos outra imagem na internet de uma montagem semelhante, só que o resultado final ficou um pouco inferior. Mas isso é bom, pois servirá pra ilustrar nossa pesquisa:

 

Ai, ai! Dá pra notar a montagem? Repare mo nariz!

 

Abaixo, mais uma montagem no mesmo estilo:

 

Tosquera!

Pra finalizar, encontramos uma montagem da montagem:

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui