today-is-a-good-day
21.5 C
São Paulo
terça-feira, abril 16, 2024

Idosa flagrada em atos golpistas de 8 de janeiro de 2023 com bíblia na mão pegou 17 anos de prisão?

- Publicidade -

Publicações afirmam que uma senhora que aparece em foto orando e segurando uma bíblia teria sido condenada a 17 anos de prisão por invasão em Brasília! Será verdade?

A imagem voltou a circular na primeira semana de 2024, e mostra uma senhora idosa orando, vestida com a camisa verde e amarela da seleção brasileira e segurando uma bíblia, ao lado de outros manifestantes. De acordo com o texto que acompanha a imagem, a mulher teria sido condenada a 17 anos de cadeia pelos ataques golpistas ocorridos no dia 8 de janeiro de 2023.

Será que isso é verdade ou mentira?

Texto de uma das versões que se espalharam através do Twitter: “17 anos de prisão. Foi a pena imposta pelo STF. Enquanto isso, os corruptos estão soltos. E os demais corruptos estão com os processos guardados nas gavetas do STF. Você acha justo?” (foto: Reprodução: Twitter)

Verdade ou mentira?

A senhora que aparece nas fotos espalhadas nas redes sociais se chama Ilda Ferreira de Jesus, ou Irmã Ilda – como é conhecida – e não está entre os presos que vandalizaram os prédios na Praça dos Três Poderes em Brasília.

Uma busca pelo nome “Ilda” na lista de pessoas presas em decorrência aos ataques contra a Democracia em 8 de janeiro não retorna nenhum resultado.

Em entrevista ao jornal Opção, dona Ilda disse que estava acampada em frente ao quartel em Brasília até o dia 9 de janeiro de 2023, quando uma pessoa a avisou que estavam prendendo todo mundo que havia participado do quebra-quebra no dia anterior. Mesmo ela não tendo participado da arruaça, achou melhor ir embora dali.    

Vítima contumaz de fake news

A figura da irmã Ilda já serviu de material para várias notícias falsas como, por exemplo, a vez em que espalharam nas redes sociais que ela havia morrido na cadeia, após ter sido presa pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes. A afirmação foi desmentida em março de 2023 por diversas agências de notícias.

Ainda em março, espalharam um vídeo da irmã Ilda supostamente saindo da prisão, após ter ficado presa por 60 dias como terrorista. Acontece que, na verdade, o vídeo foi tirado de contexto, pois as imagens mostravam idosa chegando ao Centro Integrado de Monitoração Eletrônica, unidade penal no DF, para rezar.

Vídeo não mostra a idosa sendo solta da cadeia, mas o momento em que ela chega ao local para orar pelos presos! (foto: Reprodução/TikTok)

- Publicidade -

A autora do vídeo explicou no seu perfil no Instagram que:

“Ilda foi até o Cime ontem e estão alegando que ela estava sendo liberada. Não, ela não foi liberada, até porque ela não estava presa. Ela não foi detida. Ela nunca esteve nas movimentações. Quando ela ia para o QG era apenas para um processo de intercessão”.

Meses antes, em janeiro de 2023, a própria dona Ilda desmentiu um dos primeiros rumores sobre sua morte:

Conclusão

Não é verdade que a Irmã Ilda foi presa! Ela estava acampada em um quartel em Brasília e não participou dos atos golpistas do dia 8 de janeiro de 2023.

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla! Autor do livro de ficção Marvin e a Impressora Mágica!

Últimas Atualizações

- Publicidade -Compre o livro Marvin e a impressora Mágica de Gilmar Lopes

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui