Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Jogadora de vôlei Carolina Solberg recebe atualmente dinheiro do programa Bolsa-Atleta?

Esporte

Jogadora de vôlei Carolina Solberg recebe atualmente dinheiro do programa Bolsa-Atleta?

Jogadora de vôlei Carolina Solberg recebe atualmente dinheiro do programa Bolsa-Atleta?

Circula nas rede sociais uma tabela onde aparece o nome da jogadora de vôlei Carolina Salgado Collett Solberg, que ficou recentemente conhecida por se posicionar politicamente ao término de uma entrevista ao vivo no canal SporTV. Provavelmente, vocês já devem ter ouvido falar desse caso. Se não fazem ideia do que estamos falando, cliquem aqui para saber mais detalhes!

Diante da polêmica, alguns usuários começaram a disseminar uma tabela, onde aparece o valor de R$ 11 mil, e alegando que Carolina Solberg recebe esse valor do governo federal. Como? Através de um programa de patrocínio chamado Bolsa-Atleta.

Um único tuíte que disseminou essa história já obteve mais de 3.300 compartilhamentos e cerca de 10 mil curtidas (arquivo)!

Tuíte que viralizou nas redes sociais.

Entretanto, será que essa tabela é verdadeira? Carolina Solberg é atualmente contemplada pelo programa Bolsa-Atleta? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! Atualmente, Carolina Solberg não é contemplada pelo programa Bolsa-Atleta!

Embora a tabela exibida seja verdadeira, ela não é recente, visto que foi inicialmente publicada na Portaria n° 250, de 9 de agosto de 2018. Ela contemplava 127 atletas de modalidades olímpicas que tiveram seus Planos Esportivos aprovados no âmbito do Programa Atleta Pódio (daqui a pouco explicaremos sobre isso). Posteriormente, a tabela saiu no Diário Oficial da União, de 10 agosto de 2018 (versão propagada nas redes sociais).

Esse auxílio, em específico, durou apenas um ano, ou seja, ela teria recebido cerca de R$ 132.000,00 num período de doze meses a contar a data da publicação da portaria, e ele não foi renovado.

Entramos em Contato com o Ministério da Cidadania

Por email, o Ministério da Cidadania reforçou que a atleta Carolina Solberg não é contemplada atualmente pelo Programa Bolsa-Atleta. No entanto, a jogadora foi apoiada na categoria Pódio nos editais lançados nos anos de 2013, 2015 e 2018. O valor total do apoio foi de R$ 336.000,00

É importante ressaltar também que as listas dos atletas contemplados desde o início do programa são públicas e estão disponíveis no seguinte endereço: https://www.gov.br/cidadania/pt-br/acoes-e-programas/bolsa-atleta/atletas-contemplados.

O que é o Bolsa-Atleta?

Basicamente, o Bolsa-Atleta é um auxílio creditado mensalmente, durante um ano, em conta da Caixa Econômica Federal, que tem o objetivo de formar uma geração de atletas com potencial de representar o Brasil.

A estratégia é simples: garantir a manutenção pessoal mínima dos atletas para que eles tenham as condições necessárias para se dedicar ao esporte.

Passo a passo para fazer parte do Bolsa-Atleta.

E essa História de “Pódio”?

A categoria Pódio é a mais alta do Bolsa-Atleta. Foi criada em 2013, pela Lei 12.395/2011, com o objetivo de patrocinar atletas com chances de medalhas e de disputar finais nos Jogos Rio 2016. No período, foram contemplados 322 atletas, num investimento superior a R$ 74 milhões, e o incentivo continuou válido no ciclo para Tóquio 2020 (lembrando que as Olimpíadas de Tóquio foram adiadas para 2021).

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Podem ser contemplados os atletas que estão entre os 20 primeiros do ranking mundial de sua modalidade ou prova específica. Além disso, nessa categoria o auxílio mensal pode chegar até R$ 15 mil, e só ao fim do período de doze meses, que é feita a reavaliação de sua permanência.

Carolina Solberg Também Não é Patrocinada Pelo Banco do Brasil

Nas redes sociais, aqueles que não gostaram do posicionamento político de Carolina pediram que seu patrocínio com o Banco do Brasil fosse cancelado (arquivo). Muitos alegaram que esses 11 mil reais viriam do Banco do Brasil, não do Bolsa-Atleta.

Nas redes sociais, aqueles que não gostaram do posicionamento político de Carolina pediram que seu patrocínio com o Banco do Brasil fosse cancelado!

No entanto, segundo o Portal UOL, não há qualquer patrocínio do Banco do Brasil à Carolina.

A atleta usava um top com a marca do banco estatal, porque no Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, assim como é usual na modalidade, a parte de cima do uniforme é fornecido pelo organizador (no caso, a Confederação Brasileira de Vôlei) e de uso obrigatório para as duplas. Durante o torneio que participou, em Saquarema, no litoral do Estado do Rio de Janeiro, foram distribuídos modelos nas cores amarelo, branco, azul, verde e dourado.

Carolina usava um top com a marca do banco estatal! Isso porque no Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, assim como é usual na modalidade, a parte de cima do uniforme é fornecido pelo organizador.

Desde 1991

O Banco do Brasil patrocina a Confederação Brasileira de Vôlei desde 1991, no governo Fernando Collor, e foi renovado por outros seis presidentes: Itamar Franco, FHC, Lula, Dilma e Temer. O contrato mais recente foi firmado em 2016, durante o governo Temer, com reserva de R$ 218 milhões por quatro anos de um acordo que termina ao final deste ano.

Existe um temor grande, nos bastidores, que o contrato não seja renovado.

E Qual Patrocínio Carolina Possuía?

A atleta exibia apenas um patrocinador pessoal: o isotônico natural e orgânico Jungle.

Sua atual parceira, Talita, no entanto, é sargento no Exército e recebe apoio através do programa Bolsa-Atleta.

Carolina exibia apenas um patrocinador pessoal: o isotônico natural e orgânico Jungle.

Conclusão

Falso! Atualmente, Carolina Solberg não é contemplada pelo programa Bolsa-Atleta! Embora a tabela exibida seja verdadeira, ela foi publicada na Portaria n° 250, de 9 de agosto de 2018. A portaria contemplava 127 atletas de modalidades olímpicas que tiveram seus Planos Esportivos aprovados no âmbito do Programa Atleta Pódio. Posteriormente, a tabela saiu no Diário Oficial da União, de 10 agosto de 2018 (versão propagada nas redes sociais).

Esse auxílio, em específico, durou apenas um ano, ou seja, ela teria recebido cerca de R$ 132.000,00 num período de doze meses a contar a data da publicação da portaria, e ele não foi renovado. No entanto, segundo o Ministério da Cidadania, a jogadora foi apoiada na categoria Pódio nos editais lançados nos anos de 2013, 2015 e 2018. Assim sendo, o valor total do apoio recebido por Carolina foi de R$ 336.000,00.

Continue lendo

Jornalista, redator, e pesquisador de comunicação social com foco no combate a disseminação de notícias falsas. Colaborador do site de verificação de fatos E-farsas.com desde janeiro de 2019. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos, além de casos supostamente sobrenaturais.

68 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo