21.8 C
São Paulo
sábado, dezembro 4, 2021

Laranjas importadas da Líbia estão contaminadas com HIV?

- Publicidade -

É verdade que foi interceptada uma grande quantidade de laranjas, vindas da Líbia, que estavam contaminadas com o vírus da AIDS?

O alerta apareceu nas redes sociais no final fevereiro de 2015 e chama a atenção para um carregamento de laranjas infectadas com o vírus HIV, que teria vindo da Líbia. O texto que pede para ser repassado, diz que o Serviço de Saúde da Argélia teria interceptado a entrega das frutas. Fotos que companham o aviso mostram algumas laranjas manchadas de pontos vermelhos, dando a entender que aquilo seria sangue contaminado.

Algumas dessas postagens feitas no Facebook alcançaram mais de 45 mil compartilhamentos!

Será que o alerta é real?

O Serviço de Saúde da Argélia teria apreendido um grande carregamento de laranjas da Turquia contaminadas com o vírus da AIDS! Será verdade? (foto: Rerodução/Facebook)
O Serviço de Saúde da Argélia teria apreendido um grande carregamento de laranjas da Turquia contaminadas com o vírus da AIDS! Será verdade? (foto: Rerodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

O texto alarmista possui varias características de um boato virtual:

  • Não é datado
  • Trata de um assunto que atrai muitos leitores
  • Pede para ser repassado
  • Cita nomes de instituições para conseguir mais credibilidade

A primeira dúvida que surge ao lermos notícias como essa é: Quando o fato teria ocorrido?

O alerta não deixa claro quando a apreensão aconteceu e basta uma busca rápida na web para descobrirmos que em dezembro de 2014 essa história já corria por aí com diferentes versões. Um exemplo é essa postagem feita no Twitter, em árabe, dizendo que foram encontradas laranjas contaminadas com o “vírus C” (provavelmente, Hepatite C) no Egito.

Note que, em dezembro, o rumor não citava a Argélia ou a Turquia.

- Publicidade -

Outro exemplo é essa postagem que circulou em holandês, em fevereiro de 2015:

Versão que circulou em holandês, no WhatsApp!
Versão que circulou em holandês, no WhatsApp! 

Voltando no tempo, podemos achar essas mesmas imagens publicadas no dia 09 de dezembro de 2014, em um site de notícias árabe, mostrando que a Inspeção Sanitária de Buraimi tenta desmentir os boatos a respeito de frutas que estariam contaminados com diversos vírus.

Uma publicação do Iêmen usou das mesmas fotos para espalhar que as laranjas estariam sendo contaminadas com Hepatite B e sangue soropositivo e enviadas do Egito para países vizinhos.

Boato antigo

Meses antes, em agosto de 2013, a Embaixada da Tailândia teve que emitir uma nota desmentindo rumores que afirmava que vários produtos enlatados daquele país estavam sendo exportados com o vírus da aids.

Como todo bom boato, esse tem várias versões, cada um mostrando um país de origem diferente das supostas laranjas contaminadas. Tanto que, em março de 2015, o Órgão do Governo que fiscaliza alimentos e remédios nas Maldivas desmentiu os rumores que circulavam a respeito das suas frutas estarem sendo exportadas contaminadas com vírus do HIV.

Apesar de não encontrarmos a origem dessas imagens, tudo indica esses frutos são laranjas sanguíneas,ou laranja-de-sangue, ainda imaturas. 

O vírus HIV sobrevive em frutas?

De acordo com o portal aids.gov.br, o vírus da aids é bastante sensível ao meio externo:

“[…]Estima-se que ele possa viver em torno de uma hora fora do organismo humano. Graças a uma variedade de agentes físicos (calor, por exemplo) e químicos (água sanitária, glutaraldeído, álcool, água oxigenada) pode tornar-se inativo rapidamente.”

Portanto, mesmo que essa história de contaminação fosse verdade, o vírus dificilmente conseguiria sobreviver a uma viagem de um país a outro dentro de uma laranja. Além disso, o vírus HIV, depois de tanto tempo fora do organismo, não suportaria também a acidez do estômago e a contaminação através da ingestão dessa forma seria impossível de ocorrer.

Conclusão

A história das laranjas contaminadas com o HIV é um boato sem o menor fundamento e que não deve ser repassado!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

9 COMENTÁRIOS

    • Lucho Conhece o ditado popular: “quanto maior a mentira mais gente acredita.” É mto utilizado por candidatos a cargos eletivos, durante a campanha eleitoral só falam mentiras; exemplo recente a Dilma e suas mentiras q se tornaram as promessas de governo.

  1. Desde que começou, nunca tive vontade de criar um perfil. Sem generalizar, apesar da grande maioria ser assim, a rede social(no Brasil, pelo menos) é um antro de ignorância e futilidades. O avanço tecnológico atual é espantoso, e olha que ainda não sou tão velho. Mas este mesmo avanço, esta facilidade de comunicação e informações que temos hoje nos faz testemunhas do quanto uma imensa parte de nossos jovens está tão imbecis. Gilmar, na minha opinião, você e o André são as melhores tábuas de salvação na internet brasileira.

  2. Têm outros detalhes que ratificam o hoax:
    1. O Brasil não compra laranjas de outros países, pois é o maior produtor mundial;
    2. Se comprasse, não seria da Líbia, pois ela não cultiva laranja!;
    3. Imagina o preço da laranja importada da Líbia vindo de avião… pois de navio não dá né?;
    4. Se alguém tivesse a “genial” ideia de injetar sangue contaminado em alguma fruta, seria numa laranja? Porque não em uma fruta vermelha?

    Dá pena de ver tanta gente se dando ao trabalho de produzir hoax, e mais pena ainda dos que divulgam sem consultar fontes.

  3. Chupei varias laranja totalmente vermelhas. Ao vet me assustei pensei em sangue. Mas chupei não tinha sabir tuim era normal. Agora vendo estas reportagens fiquei preocupada. Ha uma explicação para estas laranjas serem vermelhas como sangue, afinal existe experiência própria conforma citei acima.

  4. Boa tarde.Hoje eu peguei um tomate com a mesma aparencia dessas laranjas,ele tinha uma mancha parecida com sangue. Na hora nao me liguei,apenas tirei toda essa parte e depois cortei pra salada. Mas confesso que estou preocupada,alguem pode me informar alguma coisa sobre isso?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui