Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

O grupo Antifas incediou uma casa com uma criança dentro e impediu os bombeiros de salva-la?

Conspirações

O grupo Antifas incediou uma casa com uma criança dentro e impediu os bombeiros de salva-la?

O grupo Antifas incediou uma casa com uma criança dentro e impediu os bombeiros de salva-la?

O crime bárbaro teria ocorrido em Richmond, na Virgínia (EUA), durante protestos contra o assassinato de um negro por policiais brancos! Será verdade?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs e se espalhou também através de grupos do WhatsApp na primeira semana de junho de 2020. De acordo com o texto compartilhado, o chefe de polícia de Richmond – Virgínia (EUA) – teria afirmado que o movimento #blacklivesmatter e o grupo Antifas teriam incendiado uma casa multifamiliar com uma criança dentro, durante protestos contra a morte de um negro. O texto também afirma que o grupo ainda teria bloqueado o acesso dos bombeiros ao local para que a criança não fosse salva!

Será que esse crime terrível aconteceu mesmo?

Será que isso é verdade ou mentira?

Texto de uma das versões que foram compartilhadas nos grupos de WhatsApp: “Terrorismo – O chefe de polícia de Richmond, Virgínia, chora ao contar que o #blacklivesmatter e o grupo terrorista ‘Antifas’ incendiaram uma casa multifamiliar com uma criança dentro e depois bloquearam o acesso dos bombeiros para salvá-la“. (foto: reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

No dia 25 de maio de 2020, um policial matou um homem chamado George Floyd, se ajoelhando em seu pescoço por sete minutos! O homem, um afro-americano de 46 anos de idade, algemado e desarmado, havia sido imobilizado e morreu asfixiado com o rosto espremido no asfalto em um bairro de Minneapolis, no Estado norte-americano de Minnesota.

Após a morte de Floyd, uma série de protestos contra a violência policial em relação às pessoas negras surgiu em diversas cidades dos EUA e, igualmente, um monte de notícias falsas e/ou desencontradas começou a ser disseminado pela web.

Grande maioria dos sites que publicaram a respeito cita uma entrevista coletiva concedida pelo chefe de polícia de Richmond, Will Smith, no dia 1º de junho de 2020. Emocionado, Smith afirmou mesmo que um grupo havia incendiado uma casa com uma criança em seu interior e que o mesmo grupo havia impedido a chegada do socorro.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Acontece que, poucas horas depois da coletiva do chefe de polícia, o tenente do corpo de bombeiros Chris Armstrong disse em entrevista que, com base em sua investigação, o incêndio começou inicialmente numa rua lateral e apenas pelo lado externo da casa. Diferente do que o chefe Smith havia dito, a casa não foi incendiada propositalmente, mas um carro acabou espalhando o fogo no lado de fora da construção. 

O tenente Armstrong acrescentou que o socorro demorou um pouco para chegar ao local porque o caminhão teve que andar mais devagar por causa dos obstáculos, mas que quando o corpo de bombeiros chegou ao local, pai e filho já estavam do lado de fora ilesos.

Segundo palavras do tenente, apenas um único manifestante ficou na frente do caminhão e se recusou a se mover.

“A pessoa não saiu do caminho. Alguém também jogou algo no veículo”, disse Armstrong.

Ele acrescentou que alguns manifestantes começaram a vir em direção ao caminhão de bombeiros, mas que a polícia chegou e eles fugiram.

FBI não encontrou envolvimento do grupo Antifas

No dia 02 de junho de 2020, o FBI divulgou o resultado de sua investigação mostrando que o grupo conhecido como “Antifas” não participou de atos violentos nos protestos ocorridos nos EUA no dia 31 de maio de 2020.

Conclusão

Notícia falsa! A versão apresentada pelo chefe de polícia de Richmond não cita o Antifas e, ainda por cima, foi contestada por uma investigação feita pelo corpo de bombeiros que atendeu a ocorrência! De acordo com o tenente dos bombeiros, as duas pessoas que estavam dentro da casa em chamas já haviam saído e estavam ilesos quando o caminhão chegou!

Continue lendo
17 Comentários

17 Comments

  1. Maria

    3 de junho de 2020 em 17:36

    Hummmmm… 😐 Que interessante… Quer dizer que esse “grupo”, ANTIFAS, é formado em sua grande maioria por Esquedalhas, Anarquistas, Comunistas, Socialistas etc, não é mesmo? Agora entendo o porquê dos Bolsomínions estarem tão INTERESSADOS nisso e, também, espalharem Fake News e similares a respeito. 😐 KKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Antifa_(Estados_Unidos)

    https://www.facebook.com/DireitaNewsOficial/posts/1586217478203340

    https://www.facebook.com/watch/?v=297388611414911

    https://ninalemos.blogosfera.uol.com.br/2020/06/03/entendendo-o-antifascismo-de-onde-vieram-por-que-eles-lutam/

    https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/06/03/bolsonaro-diz-que-antifas-sao-marginais-e-terroristas.ghtml

    https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/05/31/bolsonaro-usa-trump-para-chamar-antifa-de-organizacao-terrorista.htm

    • Fabio

      4 de junho de 2020 em 7:05

      Todas as pessoas no Brasil são de lisura es
      plendida e jamais imputáveis de crimes cibernéticos e fake news. Só única e exclusivamente os apoiadores do presidente Bolsonaro é que fazem isso.
      Isso é o que tenta disseminar e provar Maria todos os dias em seus comentários.
      Só falta tb ela dizer que quem roubou e divulgou as conversas do Moro e vários integrantes da lava-jato, tb os dados pessoais do presidente da república e seus filhos,foram tb bolsominions….poupe-nos Maria

      • Maria

        4 de junho de 2020 em 13:21

        @Fabio , eu NUNCA DISSE que os Bolsomínions são os únicos que criam, espalham, disseminam, compartilham etc Fake News e similares. 😐 Eu DISSE: os Bolsomínions SÃO CAMPEÕES EM FAKE NEWS, ou seja, há outros, incluindo os Esquerdalhas na parada, só que a quantidade que eles soltam é DESPREZÍVEL em relação a vocês. Além do mais, invasão e roubo de dados, divulgação não autorizada, hack-ativismo (Anonymous) etc são outros assuntos. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

      • Maria

        4 de junho de 2020 em 23:07

        @Fabio , mais uma coisa: para os VERDADEIROS LEITORES que acompanham o e-Farsas faz tempo (01/04/2002), NÃO INTERESSA se um determinado indivíduo é Esquerdalha, PeTralha, Bolsomínion, Coxinha, Centrão ou um ALIENÍGENA DA PIC@ DAS GALÁXIAS. O que interessa para nós é sabermos se tal indivíduo, seja ele quem for, está MENTINDO! E se a gente IDENTIFICAR e PEGAR esse alguém MENTINDO na rede, então vai aparecer AQUI e levar o maior “ESPORRO”! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  2. Fabio Valfré Prado

    3 de junho de 2020 em 20:17

  3. Fabio Valfré Prado

    3 de junho de 2020 em 20:24

    Vi que o link já está no artigo. Desconsidere.

  4. Luiz Neto

    3 de junho de 2020 em 23:09

    Independente disso o antifas é um grupo terrorista e fascista. Eles se dizem antifascistas mas se comportam exatamente como fascistas, de democráticos é que eles não são, pois não aceitam a democracia, negam a alternância no poder, usam de violência, vandalismo e depredam patrimônio público e privado. Onde tem democracia nisso? Ou seja, eles são os próprios fascistas, acusam os outros daquilo que eles mesmos são.

    • Maria

      8 de junho de 2020 em 21:23

      @Luiz Neto , você quis dizer: “Olha, não é verdade, é Fake, é mentira etc, MAS…, blablablá, bzzbzzbzz, tititi… 😛 😛 😛 ” KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  5. Alexandre Mendes

    4 de junho de 2020 em 2:40

    C…..o quando o proprio chefe de policia de um local dos EUA esta divulgando fake news, ´hora de correr para as colinas

  6. Cesar Crash

    4 de junho de 2020 em 12:04

    Johni vive!
    Para sempre
    (A)N TI F(A)!

  7. Vera

    4 de junho de 2020 em 15:28

    A matéria linka uma notícia do R7 falando sobre a participação de ANTIFAS de uma maneira geral, o que não tem absolutamente nada a ver com o caso de Richmond, só não entendi o porque fizeram parecer que a matéria do R7 era sobre o caso em si. O segundo link é de uma emissora local e não de algum órgão oficial de Richmond. O prefeito, o chefe de policia e o chefe de bombeiros fizeram uma coletiva juntos, e os 3 contaram a mesma história, inclusive o chefe de bombeiros e o prefeito são negros. Não existe essa entrevista com o tenente dos bombeiros (e olha que eu procurei hein).

    • Gilmar Lopes

      4 de junho de 2020 em 16:16

      Essa história da suposta participação do Antifas só existe nas versões brasileiras. O link da TV local, pra mim, tem bastante peso, visto que eles estão perto do ocorrido.

  8. Joel Paulo

    4 de junho de 2020 em 21:34

    Por aqui morrem crianças sem amparo todos os dias por isso não entendo tanto bla bla blá por fato tão distante e no qual nenhuma criança morreu…

  9. Luiz

    4 de junho de 2020 em 22:37

    Peço esclarecerem o que foi postado acima. Copio: “””O tenente Armstrong acrescentou que o socorro demorou um pouco para chegar ao local porque o caminhão teve que andar mais devagar por causa dos obstáculos, mas que quando o corpo de bombeiros chegou ao local, pai e filho já estavam do lado de fora ilesos.

    Segundo palavras do tenente, apenas um único manifestante ficou na frente do caminhão e se recusou a se mover.””” O que eu entendi é que houve ação de algum grupo ou de um elemento isoladamente tentando retardar o socorro ao caso. No entanto não esclarecem o que noticiam acima. Por favor alguém saberia dizer quem era o elemento que impedia o caminhão de bombeiros de chegar ao local do incêndio? Pelo menos isso.

    • Gilmar Lopes

      4 de junho de 2020 em 22:39

      O que espalharam aqui no Brasil é que um grupo de manifestantes “terroristas do Antifas” teria colocado fogo numa casa com uma criança dentro e bloquearam a passagem dos bombeiros. Não foi bem assim que aconteceu.

  10. Luiz Neto

    6 de junho de 2020 em 13:25

    O chefe da polícia de Richmond, Will Smith, disse que os manifestantes intencionalmente começaram um incêndio em “um prédio ocupado na Broad Street” no início do domingo.
    “Este não é o único edifício ocupado que foi incendiado nos últimos dois dias”, disse Smith. “Mas eles nos proibiram de entrar em cena. Tivemos que abrir caminho para o corpo de bombeiros. Os manifestantes interceptaram o aparato de incêndio a vários quarteirões de distância dos veículos e bloquearam o acesso desse corpo de bombeiros ao fogo da estrutura. Dentro daquela casa tinha uma criança.”
    https://www.firehouse.com/operations-training/news/21140391/va-police-chief-firefighters-blocked-from-house-blaze-with-child-inside

    • Maria

      7 de junho de 2020 em 19:34

      @Luiz Neto , esse site, FIREHOUSE, é confiável? Além do mais, você leu um dos comentários, crítica, contestação etc que um usuário lançou a este site? Vou traduzir para você: 😉

      3 de junho de 2020 15:31
      Ou talvez você possa atualizar a história com o lançamento pelo Corpo de Bombeiros real. https://www.wtvr.com/news/local-news/police-chief-details-emotional-rescue-amid-richmond-riot “Richmond Fire compartilha uma versão diferente do resgate matinal por incêndio O oficial de informações públicas do Richmond Fire O departamento compartilhou uma versão um pouco diferente dos eventos do que o chefe Smith declarou.O porta-voz do incêndio, tenente Chris Armstrong, disse que, com base em sua investigação, a chamada de incêndio ocorreu inicialmente na Broad Street, mas na verdade envolveu um incêndio na 309 N. Monroe. Rua. Ele disse que houve um incêndio em W. Monroe que se espalhou para o exterior de um prédio próximo. Ele disse que o incêndio era apenas externo e não entrou. Armstrong acrescentou que, quando o corpo de bombeiros chegou ao local, um pai e filho já estavam do lado de fora “ilesos.”Armstrong confirmou que um caminhão de bombeiros foi impedido em seu esforço para chegar rapidamente à cena de Monroe. Mas os detalhes de como isso aconteceu foram um pouco diferentes da versão de Chief Smith. Armstrong disse que algumas latas de lixo em chamas forçavam o caminhão a desacelerar , e um único manifestante ficou na frente do caminhão de bombeiros e se recusou a se mover. “A pessoa não saiu do caminho. Alguém também jogou alguma coisa no veículo “, disse Armstrong. Ele acrescentou que alguns manifestantes adicionais começaram a vir em direção ao caminhão de bombeiros, mas a polícia chegou e os manifestantes fugiram”. Mas então você não pode chamá-los de vermes, eu achos versão. Armstrong disse que algumas latas de lixo em chamas forçaram o caminhão a desacelerar, e um único manifestante ficou na frente do caminhão e se recusou a se mover. “A pessoa não saiu do caminho. Alguém também jogou algo no veículo”, disse Armstrong. Ele acrescentou que alguns manifestantes adicionais começaram a se aproximar do caminhão de bombeiros, mas a polícia chegou e os manifestantes fugiram. “Mas então você não pode chamá-los de vermes, eu achos versão. Armstrong disse que algumas latas de lixo em chamas forçaram o caminhão a desacelerar, e um único manifestante ficou na frente do caminhão e se recusou a se mover. “A pessoa não saiu do caminho. Alguém também jogou algo no veículo”, disse Armstrong. Ele acrescentou que alguns manifestantes adicionais começaram a se aproximar do caminhão de bombeiros, mas a polícia chegou e os manifestantes fugiram. “Mas então você não pode chamá-los de vermes, eu achomas a polícia chegou e os manifestantes fugiram. “Mas então você não pode chamá-los de vermes, eu achomas a polícia chegou e os manifestantes fugiram. “Mas então você não pode chamá-los de vermes, eu acho

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo