22.9 C
São Paulo
quarta-feira, junho 29, 2022

O médico militar que descobriu a cura do câncer está sendo boicotado?

Array
- Publicidade -

É verdade que o segundo tenente da reserva do Exército Renato Menegelo foi o inventor da cura do câncer pela fosfoetanolamina e está fazendo um apelo para que a sua descoberta seja aprovada pela ANVISA?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs no final da primeira quinzena de novembro de 2018 e foi bastante compartilhada também através de grupos do WhatsApp. De acordo com o texto, o médico militar que descobriu a fosfoetanolamina estaria fazendo um apelo junto às autoridades e ao povo brasileiro para que o seu medicamento seja aprovado pela ANVISA e, com isso, curar a população com a doença!

O militar ainda estaria reclamando, segundo o que diz o texto, que a indústria farmacêutica esteja boicotando a sua invenção por não ser uma proposta lucrativa.

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Médico militar inventor da cura do câncer faz um apelo pela produção da pílula da cura! Será verdade? (foto: Reprodução/Blogspot)

Verdade ou mentira?

O texto que foi publicado em vários sites e blogs cita como fonte o blog Hoje Dias Digital, que usa a foto do coronel da Polícia Militar de Minas Gerais Márcio Martins Sant’Ana. Em 2015, o coronel assumiu o comando da PM de Minas Gerais.

O Dr. Renato Menegelo existe e, diferente do que diz nesse rumor, não é militar. Ele é um dos donos da patente de um dos métodos de sintetização da fosfoetanolamina.

Boato requentado

Já falamos aqui no E-farsas a respeito desse “medicamento” milagroso que supostamente combate ao câncer e de como e porque ele não não funciona. Em setembro de 2015, explicamos pela primeira vez que a “pílula do câncer” não funcionava. Novamente, voltamos a falar do assunto em junho de 2016.

A droga anticâncer chegou a ser autorizada no Brasil em abril de 2016, graças a um projeto de lei aprovado no Congresso Nacional, mas a lei foi suspensa pelo STF um mês depois por falta de evidências científicas da sua eficácia.

Comprovado por diversos Estudos realizados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação de que o produto não tem nenhuma propriedade antitumoral, restou aos detentores da patente tentarem comercializar a fosfoetanolamina sintética como um simples suplemento alimentar, fora do país.

- Publicidade -

Essa reportagem do jornal Zero Hora mostra que o Dr. Renato Menegelo não foi o inventor da fosfoetanolamina, e sim um dos alunos do engenheiro que desenvolveu uma técnica de obter a substância sinteticamente. A reportagem também mostrou que testes feitos com o suplemento vendido por Menegelo sequer possui a substância na sua composição!     

Conclusão

O Dr. Renato Menegelo é um dos detentores da patente de um método de obter a fosfoetanolamina sintética. Ele não é militar e o seu produto não cura o câncer (mesmo porque não existe apenas um tipo de câncer). Ele já comercializa o seu produto em forma de suplemento alimentar – fora do país – visto que como “pílula do câncer” isso não ia funcionar!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

10 COMENTÁRIOS

  1. Será que o milico aí também produzia seu remedinho milagroso num laboratório imundo, mais sujo que laboratório de refino de meta-anfetamina?

    E sempre quando sai notícias assim sobre o mais novo remédio milagroso que vai curar todos os mais de 200 tipos diferentes de câncer eu me pergunto onde que foram parar os devotos de Nossa Senhora da Fosfoetanolamina do Sétimo Dia? Será que estão escondidos depois que descobriram que até cocô cura câncer – https://ceticismo.net/2018/10/02/transplante-de-fezes-ajuda-a-combater-o-cancer/.

  2. https://youtu.be/iHPuBwyDxVU

    Interessante! O cara enganou o Senado, então, de acordo com o que diz essa matéria de vocês e do boato.org
    Em 2015 ele estava se formando em mais duas especialidades, somando 3 médicas e uma de bioquímica. Encontrei outro vídeo dele onde está formado e mostra diplomas e demais documentos. O que se depreende disso é que o lobby é pesado pra continuar fabricando doentes de longo prazo. E quem se opõe está fadado à ridicularização, calúnia e difamações públicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui