Connect with us

E-farsas

O ministro Barroso acusou Bolsonaro de enviar caças contra os 3 Poderes… em 2012?

Conspirações

O ministro Barroso acusou Bolsonaro de enviar caças contra os 3 Poderes… em 2012?

O ministro do TSE Luís Roberto Barroso acusou o presidente Jair Bolsonaro de enviar caças para quebrar as janelas do Supremo, mas se esqueceu que o caso aconteceu em 2012?

A afirmação surgiu nas redes sociais na segunda quinzena de fevereiro de 2022 e mostra uma fala do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, com acusações contra o presidente Jair Bolsonaro. 

Dentre elas, uma chamou atenção: Barroso teria afirmado que Bolsonaro havia ordenado que caças sobrevoassem os prédios dos Três Poderes para quebrar as vidraças do STF.

O detalhe é que, de acordo com o que se espalhou, o caso teria ocorrido em 2012, anos antes do sr. Jair Bolsonaro assumir a Presidência!

Será mesmo que o ministro Barroso acusou injustamente o presidente Bolsonaro?

Texto de uma das versões compartilhadas no Facebook na segunda quinzena de fevereiro de 2022: “TOGAQUISTÃO | BARROSO PROPAGA DESINFORMAÇÃO E ACUSA BOLSONARO DE MANDAR CAÇAS DAREM RASANTE PERTO DO STF, PORÉM O FATO FOI EM 2012 NO GOVERNO DE DILMA ROUSEFF. O ministro do STF, Luiz Roberto Barroso, acusou o atual presidente da república, Jair Bolsonaro de mandar caças darem rasante e quebrar as janelas do STF. Ocorre que tal fato realmente aconteceu, porém, foi em Julho de 2012 no Governo de Dilma Rousseff. O voo rasante aconteceu durante a cerimônia da troca da bandeira na Praça dos Três Poderes, em Brasília e destruiu, na manhã do domingo (01/07/12) a fachada de vidro do Supremo Tribunal Federal (STF). O prédio foi isolado. Ninguém ficou ferido. Mais uma vez Barroso mente descaradamente e resta saber se fará um pedido público de desculpas por propagar Fake News contra o atual PR da república.” (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Como já mostramos aqui no E-farsas em novembro de 2021, é possível mentir facilmente usando apenas a verdade. Foi exatamente o que aconteceu nesse caso.

É verdade que o ministro Barroso afirmou que Bolsonaro teria ordenado que caças sobrevoassem o STF e também é verdade que um caça sobrevoou a Praça dos Três Poderes em 2012, quebrando muitas vidraças apenas com o barulho gerado pela aeronave. Acontece que um caso não tem nada a ver com o outro.

As falas de Barroso foram gravadas no dia 17 de fevereiro de 2022, durante um discurso em sua última sessão como presidente do TSE. Em suas palavras, o ministro afirmou – dentre outras coisas – que “a liberdade de expressão é importante e precisa ser protegida daqueles que a utilizam para destruir a democracia”.  

O ministro cita Bolsonaro após afirmar que a democracia e as instituições “passaram por ameaças das quais acreditávamos já haver nos livrado” e deu como exemplos as manifestações em frente ao Exército que pediam a volta da ditadura militar, o desfile de tanques de guerra em Brasília e a ordem para que caças sobrevoassem a Praça dos Três Poderes.

No vídeo do discurso completo, podemos ver aos 33 minutos o momento da fala do ministro:

Perceba que o ministro Barroso cita que a acusação de que o presidente teria ordenado que caças sobrevoassem o prédio do STF não partiu dele, mas de uma denúncia feita pelo ex-ministro da Defesa e da Segurança Pública Raul Jungmann.  

O caso veio à tona em agosto de 2021, como podemos ver em reportagens como essa feita na ocasião. Segundo Jungmann, a ordem havia sido dada por Bolsonaro em março daquele ano, mas como os oficiais se recusaram a obedecer, perderam seus cargos.

Caso real ocorrido em 2012

Em julho de 2012, um caça da Força Aérea Brasileira fez um voo rasante próximo à fachada do Supremo Tribunal Federal (STF), quebrando o vidro de várias janelas. O incidente ocorreu durante a cerimônia da troca da bandeira na Praça dos Três Poderes, em Brasília, e ninguém ficou ferido.

Na época, a Força Aérea Brasileira emitiu uma nota afirmando que iria investigar o ocorrido e ressarcir o prejuízo decorrente.

Como mentir falando verdades?

Fizemos um vídeo mostrando como é possível mentir usando apenas dados reais. Se ficou curioso, clique no player abaixo:

Conclusão

É verdade que o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que Bolsonaro teria ordenado que caças sobrevoassem o prédio do STF e também é verdade que o voo rasante de um caça (apenas um e não três) quebrou várias janelas do STF em 2012. No entanto, um caso não tem nada a ver com o outro. 

Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas e, em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar é o autor do livro "Caçador de Mentiras" pela Editora Matrix e da aventura de ficção infantojuvenil "Marvin e a Impressora Mágica"!

Comentários

Mais Checagens em Conspirações

To Top