27.1 C
São Paulo
quinta-feira, dezembro 1, 2022

O ministro Barroso acusou Bolsonaro de enviar caças contra os 3 Poderes… em 2012?

- Publicidade -

O ministro do TSE Luís Roberto Barroso acusou o presidente Jair Bolsonaro de enviar caças para quebrar as janelas do Supremo, mas se esqueceu que o caso aconteceu em 2012?

A afirmação surgiu nas redes sociais na segunda quinzena de fevereiro de 2022 e mostra uma fala do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, com acusações contra o presidente Jair Bolsonaro. 

Dentre elas, uma chamou atenção: Barroso teria afirmado que Bolsonaro havia ordenado que caças sobrevoassem os prédios dos Três Poderes para quebrar as vidraças do STF.

O detalhe é que, de acordo com o que se espalhou, o caso teria ocorrido em 2012, anos antes do sr. Jair Bolsonaro assumir a Presidência!

Será mesmo que o ministro Barroso acusou injustamente o presidente Bolsonaro?

Texto de uma das versões compartilhadas no Facebook na segunda quinzena de fevereiro de 2022: “TOGAQUISTÃO | BARROSO PROPAGA DESINFORMAÇÃO E ACUSA BOLSONARO DE MANDAR CAÇAS DAREM RASANTE PERTO DO STF, PORÉM O FATO FOI EM 2012 NO GOVERNO DE DILMA ROUSEFF. O ministro do STF, Luiz Roberto Barroso, acusou o atual presidente da república, Jair Bolsonaro de mandar caças darem rasante e quebrar as janelas do STF. Ocorre que tal fato realmente aconteceu, porém, foi em Julho de 2012 no Governo de Dilma Rousseff. O voo rasante aconteceu durante a cerimônia da troca da bandeira na Praça dos Três Poderes, em Brasília e destruiu, na manhã do domingo (01/07/12) a fachada de vidro do Supremo Tribunal Federal (STF). O prédio foi isolado. Ninguém ficou ferido. Mais uma vez Barroso mente descaradamente e resta saber se fará um pedido público de desculpas por propagar Fake News contra o atual PR da república.” (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Como já mostramos aqui no E-farsas em novembro de 2021, é possível mentir facilmente usando apenas a verdade. Foi exatamente o que aconteceu nesse caso.

É verdade que o ministro Barroso afirmou que Bolsonaro teria ordenado que caças sobrevoassem o STF e também é verdade que um caça sobrevoou a Praça dos Três Poderes em 2012, quebrando muitas vidraças apenas com o barulho gerado pela aeronave. Acontece que um caso não tem nada a ver com o outro.

As falas de Barroso foram gravadas no dia 17 de fevereiro de 2022, durante um discurso em sua última sessão como presidente do TSE. Em suas palavras, o ministro afirmou – dentre outras coisas – que “a liberdade de expressão é importante e precisa ser protegida daqueles que a utilizam para destruir a democracia”.  

O ministro cita Bolsonaro após afirmar que a democracia e as instituições “passaram por ameaças das quais acreditávamos já haver nos livrado” e deu como exemplos as manifestações em frente ao Exército que pediam a volta da ditadura militar, o desfile de tanques de guerra em Brasília e a ordem para que caças sobrevoassem a Praça dos Três Poderes.

- Publicidade -

No vídeo do discurso completo, podemos ver aos 33 minutos o momento da fala do ministro:

Perceba que o ministro Barroso cita que a acusação de que o presidente teria ordenado que caças sobrevoassem o prédio do STF não partiu dele, mas de uma denúncia feita pelo ex-ministro da Defesa e da Segurança Pública Raul Jungmann.  

O caso veio à tona em agosto de 2021, como podemos ver em reportagens como essa feita na ocasião. Segundo Jungmann, a ordem havia sido dada por Bolsonaro em março daquele ano, mas como os oficiais se recusaram a obedecer, perderam seus cargos.

Caso real ocorrido em 2012

Em julho de 2012, um caça da Força Aérea Brasileira fez um voo rasante próximo à fachada do Supremo Tribunal Federal (STF), quebrando o vidro de várias janelas. O incidente ocorreu durante a cerimônia da troca da bandeira na Praça dos Três Poderes, em Brasília, e ninguém ficou ferido.

Na época, a Força Aérea Brasileira emitiu uma nota afirmando que iria investigar o ocorrido e ressarcir o prejuízo decorrente.

Como mentir falando verdades?

Fizemos um vídeo mostrando como é possível mentir usando apenas dados reais. Se ficou curioso, clique no player abaixo:

Conclusão

É verdade que o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que Bolsonaro teria ordenado que caças sobrevoassem o prédio do STF e também é verdade que o voo rasante de um caça (apenas um e não três) quebrou várias janelas do STF em 2012. No entanto, um caso não tem nada a ver com o outro. 

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui