18 C
São Paulo
domingo, outubro 2, 2022

O vídeo do papa Francisco impedindo que fiéis beijassem seu anel é real?

- Publicidade -

É verdadeiro ou falso o vídeo mostrando o papa Francisco tirando a mão para impedir que os fiéis beijassem o seu anel?  

O vídeo surgiu nas redes sociais no final de março de 2019 e deixou muita gente em dúvida quanto à veracidade das imagens. Nela podemos ver o papa Francisco recebendo uma fila de católicos que tentam lhe beijar as mãos, mas o sumo pontífice puxa a mão direita como que se estivesse fugindo do gesto de carinho de seus fieis.

Será que esse vídeo é real?

https://www.youtube.com/watch?v=WtG5y_GjG4A

Verdade ou mentira?

Muita gente ficou em dúvida em relação à autenticidade das imagens, pois já desmentimos aqui no E-farsas algumas montagens feitas em vídeo com o papa. Em maio de 2017, por exemplo, a produção do programa do comediante Jimmy Kimmel fez uma montagem onde o papa Francisco se recusava a pegar na mão de Donald Trump:

Câmeras flagraram o Papa batendo na mão do presidente Trump?

Anos antes, em outubro de 2015, o papa aparece fazendo uma brincadeira com uma toalha em um altar. Claro que era mais uma montagem, como explicamos a seguir:

O vídeo do Papa fazendo um truque com uma toalha é real?

Acontece que o vídeo de março de 2019 mostrando o papa puxando a mão para que os fiéis não lhe beijassem o anel é real e, segundo o Vaticano, o ato ocorreu por questões de higiene.

“O papa me disse que a razão pela qual ele não permitiu que beijassem o anel em Loreto era a higiene, para evitar a disseminação de germes entre as pessoas que faziam fila”, afirmou Alessandro Gisotti, diretor do gabinete de imprensa do Vaticano.

Essa reportagem da BBC explica que os participantes da missa não foram instruídas de como proceder ao se aproximar do papa (como evitar beijos, por exemplo) e que o vídeo faz parte de uma sequência muito mais longa onde podemos ver que o papa cumprimentou muita gente após a missa, realizada em Loreto (Itália).

- Publicidade -

Conclusão

O vídeo mostrando o papa retirando a mão para desviar dos beijos dos fiéis é verdadeiro. O Vaticano explicou que a manobra ocorreu por questões de higiene e para evitar contágio entre os católicos presentes na cerimônia!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

7 COMENTÁRIOS

  1. Acho que ele pode ter vários motivos para não querer que beijem a mão dele – higiene, revisão de valores, ideologia – e pessoalmente apoio, acho uma postura ultrapassada e subserviente.

    Mas a assessoria dele deveria cuidar disso previamente. Avisem para quem está no evento, publiquem como editorial dele em rede social, o que for. Só não deixem acontecer essas cenas patéticas. O Papa ficou parecendo um neurótico que não quer contato com os fieis.

    • É, ficou meio ridiculo, mas ele avisou sim, logo que assumiu ele determinou e comunicou a suspensão dessa tradição e prática, provavelmente prá desestimular o culto a personalidade(não sei a razão). Isso foi informado na midia. Provavelmente a acessoria dele é quem falhou.

  2. Acho que o Papa tem toda razão, tem que acabar com essa atitude dos fiéis beijarem o anel do Papa. Imaginem a quantidade de pessoas que colocam a boca nesse anel, facilitando a transmissão de doenças.A religião está dentro de nós, podemos demonstrá-la espalhando amor, caridade, não há necessidade desse ato inútil e perigoso para a saúde…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui