16.8 C
São Paulo
domingo, abril 18, 2021

Será verdade que Hugo Boss desenhou e fabricou uniformes nazistas?

- Publicidade -

Recentemente, uma publicação feita em 2016, por uma página no Facebook (arquivo), passou a ter uma expressiva onda de compartilhamentos. No total, essa publicação já obteve mais de 18 mil compartilhamentos e quase 5 mil comentários.

Nela é mencionado que Hugo Ferdinand Boss, famoso estilista alemão que faleceu em 1948, teria desenhado e fabricado uniformes nazistas. Segundo o texto, essa seria a razão pela qual eles eram tão bonitos. Além disso, a fábrica de Hugo Boss teria utilizado mão de obra forçada e os trabalhadores viviam em péssimas condições.

Publicação feita em 2016, por uma página no Facebook (arquivo), que passou a ter recentemente uma expressiva onda de compartilhamentos.

Num comentário, inclusive, a página apresentou uma espécie de antiga propaganda, do período nazista, mostrando os uniformes desenhados e produzidos pelo estilista.

Suposta propaganda do período nazista mostrando supostos uniformes desenhados e fabricados por HUgo Boss.

Décadas depois a companhia teria se pronunciado sobre o assunto e pedido desculpas por todos aqueles que sofreram durante os trabalhos forçados na fábrica de Hugo Boss.

Entretanto, será que tudo isso é verdade? Descubra agora, aqui, no E-farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Impreciso! Embora Hugo Boss tenha fabricado uniformes nazistas e utilizado mão de obra forçada em sua fábrica, ele não os desenhou. Além disso, diversas imagens mostrando supostas propagandas do período Nazista, envolvendo o nome de Hugo Boss, não são daquela época, tampouco foram criadas ou divulgadas por Hugo Boss. São falsas e modernas propagandas, que tentam se passar por antigas, cujas figuras unformizadas foram extraídas de um livro de 1980.

A seguir vamos explicar bem rapidamente sobre essa história, que foi investigada pelo perfil “Fake History Hunter”, no Twitter.

Uma Rápida Dose de História

Hugo Ferdinand Boss tinha uma fábrica destinada a confecção de roupas, e na década de 1920 ele foi contratado por um distribuidor de tecidos chamado Rudolf Born para fornecer camisas marrons para o Partido Nacional-Socialista Alemão dos Trabalhadores (NSDAP), que ficaria mais conhecido como Partido Nazista. As relações entre ambos acabaram sendo bem frutíferas, mas eles sempre disseram ao Hugo Boss o que fazer e como fazer, ou seja, não lhe pediram para desenhar ou projetar absolutamente nada.

- Publicidade -

Em 1938, Hugo Boss ganhou contratos para fazer uniformes militares, mas em 1940 ele ainda tinha uma empresa relativamente pequena,”empregando” cerca de 250 pessoas. Isso, é claro, não significa que ele fosse inocente. Muito pelo contrário. Hugo Boss foi membro do Partido Nazista, seguidor do Nazismo e fazia uso de mão de obra forçada. Pessoas tiveram que trabalhar por longos períodos de tempo, não foram alimentadas adequadamente, não receberam cuidados médicos, e também não era permitido que elas entrassem nos abrigos durante os ataques aéreos.

Hugo Boss foi membro do Partido Nazista, seguidor do Nazismo e fazia uso de mão de obra forçada.

De fato, houve outros lugares onde os trabalhadores eram tratados de forma muito pior. Contudo, o tratamento dispensado a essas pessoas que faziam os uniformes ainda era vergonhoso.

Foi somente em 2011, que a empresa se desculpou por tudo que ocorreu durante o regime nazista. O pedido de desculpas foi divulgado depois que um livro sobre a história da empresa foi publicado. Diga-se de passagem, o livro foi encomendado pela própria empresa.

Quem Desenhou os Uniformes?

Os uniformes eram basicamente baseados em modelos prussianos anteriores e foram projetados por diversas pessoas. O uniforme preto da SS, por exemplo, foi desenhado por Karl Diebitsch (artista) e Walter Heck (designer gráfico). Ambos também eram membros da SS.

E as Imagens que Circulam nas Redes Sociais?

As imagens que comumente circulam nas redes sociais não são propagandas do período Nazista, mas recriações artísticas modernas. As figuras uniformizadas que aparecem nessas imagens foram extraídas de um livro chamado “German Uniforms of the Third Reich 1933-1945“, que foi lançado em 1980.

As imagens que comumente circulam nas redes sociais não são propagandas do período Nazista, mas recriações artísticas modernas.

As figuras uniformizadas que aparecem nessas imagens foram extraídas de um livro chamado “German Uniforms of the Third Reich 1933-1945”, que foi lançado em 1980.

Mais uma falsa propaganda de época que circula nas redes sociais.

A imagem abaixo mostra um exemplo de propaganda da época, que é muito diferente do que comumente circula nas redes sociais:

Imagem mostra um exemplo real de propaganda do período nazista envolvendo a fábrica de Hugo Boss.

Conclusão

Impreciso! Embora Hugo Boss tenha fabricado uniformes nazistas e utilizado mão de obra forçada em sua fábrica, ele não as desenhou. Além disso, diversas imagens mostrando supostas propagandas do período Nazista, envolvendo o nome de Hugo Boss, não são daquela época, tampouco foram criadas ou divulgadas por Hugo Boss. São falsas e modernas propagandas, que tentam se passar por antigas, cujas figuras unformizadas foram extraídas de um livro de 1980.

Muitos podem dizer que esse é o tipo de verificação que não precisaria ser feita, que deveríamos deixar isso passar em branco. Não, não deveríamos. Fatos importam. E verificamos informações há mais de 18 anos, assim como tantas outras pessoas ao redor do mundo. Se houver um dia, que fatos não mais importarem, estaremos todos perdidos.

- Publicidade -
Marco Faustinohttp://www.e-farsas.com/author/marco
Jornalista e colaborador do site de verificação de fatos E-farsas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos e casos supostamente sobrenaturais.

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

- Publicidade -spot_img

22 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de infames, esteticamente ops melhores uniformes. Inclusive tudo isso era proposita assim como, as imagens cinematograficas feitas pela cineasta Leni Riefenstahl visavam mostrar o poderia do Reich. Até as posição de Hitler nos comicios do partido e do seu staff eram cauculadas e orquestradas por um imenso cerimonial afim de mostrar ordem, disciplina e poder perante o povo alemão. Por um tempo funcionou

  2. Apesar de infames, esteticamente ops melhores uniformes. Inclusive tudo isso era proposita assim como, as imagens cinematograficas feitas pela cineasta Leni Riefenstahl visavam mostrar o poderia do Reich. Até as posição de Hitler nos comicios do partido e do seu staff eram cauculadas e orquestradas por um imenso cerimonial afim de mostrar ordem, disciplina e poder perante o povo alemão. Por um tempo funcionou

  3. Não sei qual o problema do cara ter fabricado uniformes nazistas, assim como a Volkswagen ter feito veículos para eles. Até então não se sabia das atrocidades com inocentes, para essas empresas era como qualquer governo autoritário no meio de uma guerra, como muitos outros na mesma época.

  4. “Muitos podem dizer que esse é o tipo de verificação que não precisaria ser feita, que deveríamos deixar isso passar em branco. Não, não deveríamos. Fatos importam.”

    Esta é simplesmente uma das frases mais brilhantes que li nos últimos tempos. Vivemos na era da “pós-verdade”, onde meras opiniões pessoais supostamente valem mais que a verdade (sim, aquela que é baseada em fatos, não a “verdade” de ponto-de-vista individual). Porém temo que estejamos cada dia mais próximos do momento em que fatos não importarão mais nada, a menos que sirvam apenas para fazer “cócegas nos ouvidos” de alguns. Até lá a luta continua, excelente trabalho de pesquisa!

  5. Não sei qual o problema do cara ter fabricado uniformes nazistas, assim como a Volkswagen ter feito veículos para eles. Até então não se sabia das atrocidades com inocentes, para essas empresas era como qualquer governo autoritário no meio de uma guerra, como muitos outros na mesma época.

  6. “Muitos podem dizer que esse é o tipo de verificação que não precisaria ser feita, que deveríamos deixar isso passar em branco. Não, não deveríamos. Fatos importam.”

    Esta é simplesmente uma das frases mais brilhantes que li nos últimos tempos. Vivemos na era da “pós-verdade”, onde meras opiniões pessoais supostamente valem mais que a verdade (sim, aquela que é baseada em fatos, não a “verdade” de ponto-de-vista individual). Porém temo que estejamos cada dia mais próximos do momento em que fatos não importarão mais nada, a menos que sirvam apenas para fazer “cócegas nos ouvidos” de alguns. Até lá a luta continua, excelente trabalho de pesquisa!

  7. Como diz o nosso ex e ainda atual Presidente Luiz Inácio – “o pobrema das peçoa que governa o mundo é a falta de canalhice.” E salve a cachaça!

  8. Brincadeiras à parte, o que faz uma criatura se incomodar com o fato a outra ser de esquerda, ou direita e, com isso fazer ameaças? A eterna derrota? O fracasso? Ser mal amado(a)? A total falta de rumo e razão, ou o conjunto de todas essas coisas?

  9. “Impreciso! Embora Hugo Boss tenha fabricado uniformes…” Já foi explanado aqui que é fato que Hugo Boss desenhou, fabricou e escravizou pessoas para as mesmas produzirem os uniformes nazistas. Além do que, ele era simpatizante ao Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, aproveitando-se disso, também, para “incrementar a marca”. Por outro lado, os alemães ” militares nazistas” tinham bom gosto e eram chiquérrimos!

  10. Como diz o nosso ex e ainda atual Presidente Luiz Inácio – “o pobrema das peçoa que governa o mundo é a falta de canalhice.” E salve a cachaça!

  11. Brincadeiras à parte, o que faz uma criatura se incomodar com o fato a outra ser de esquerda, ou direita e, com isso fazer ameaças? A eterna derrota? O fracasso? Ser mal amado(a)? A total falta de rumo e razão, ou o conjunto de todas essas coisas?

  12. “Impreciso! Embora Hugo Boss tenha fabricado uniformes…” Já foi explanado aqui que é fato que Hugo Boss desenhou, fabricou e escravizou pessoas para as mesmas produzirem os uniformes nazistas. Além do que, ele era simpatizante ao Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, aproveitando-se disso, também, para “incrementar a marca”. Por outro lado, os alemães ” militares nazistas” tinham bom gosto e eram chiquérrimos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui