10.8 C
São Paulo
sexta-feira, maio 20, 2022

Travesti que desfilou na cruz na Parada Gay morreu de braços abertos?

- Publicidade -

É verdade que a transexual que causou polêmica ao desfilar na Parada do Orgulho LGBT presa a uma cruz foi encontrada morta de braços abertos?

A notícia surgiu no dia 10 de junho de 2015, poucos dias após a 19º Parada do Orgulho LGBT, realizada no dia 07, em São Paulo, e conta que a atriz que atravessou a avenida Paulista presa a uma cruz teria sido assassinada e seu corpo teria sido encontrado abandonado em uma estrada, de braços abertos.

A colagem de fotos mostra duas imagens, exibindo a transexual presa na cruz de um lado e um corpo estendido no chão, de braços abertos.

Seria um castigo divino?

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Travesti que desfilou presa a uma cruz na Parada Gay teria sido morta de braços abertos! Será verdade? (foto: reprodução/Facebook)
Travesti que desfilou presa a uma cruz na Parada Gay teria sido morta de braços abertos! Será verdade? (foto: reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Como já mostramos aqui no E-farsas em um artigo anterior, várias imagens de pessoas que teriam participado da “Parada Gay” começaram a se espalhar pela web. Explicamos que as fotos são, na verdade, de diversos outros protestos (incluindo a Parada Gay), mas que alguém juntou tudo em um “pacote” de fotos e as disseminou nas redes sociais.

Agora, o assunto mudou de foco, mirando na atriz Viviany Beleboni, que desfilou presa a uma cruz como uma forma de protesto para, segundo ela, representar a dor e a humilhação que os homossexuais sofrem todos os dias. As imagens que foram inúmeras vezes compartilhadas no Facebook, Twitter e no WhatsApp mostram que a transexual teria sido morta de braços abertos, ironicamente, como “castigo” por ter “blasfemado” daquele jeito.

Acontece que essa notícia é falsa! Apesar da moça ter sofrido ameaças por causa do seu protesto contra a homofobia, Viviany está viva.

Em seu perfil no Facebook, a atriz brinca com o assunto, dizendo que “ressuscitou no terceiro dia e que está bem viva”!

Corpo de travesti não era de Viviany

- Publicidade -

O corpo mostrado na foto era, na verdade, de Makely Castro, assassinado em julho de 2014. O travesti estava desaparecido há alguns dias e seu corpo foi encontrado, seminu e de braços abertos, jogado em um terreno baldio na zona sul de Teresina (PI). Nesse link há mais detalhes e fotos do crime (cenas fortes, cuidado!).

Conclusão

A transexual que desfilou presa a uma cruz na Parada Gay de São Paulo está viva. O corpo mostrado na foto que se espalhou na web é de um travesti, que foi assassinado em julho de 2014 em Teresina, no Piauí.

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

55 COMENTÁRIOS

  1. Que jeitinho de querer distorcer as coisas heim?nao adianta aqueles que dizem que apoiam o homosexualismo dizer que e normal pra eles,pois tudo que contraria nossa natureza o nosso corpo reage se manifestando por exemplo:quando vc ve duas pessoas do mesmo sexo se beijando sua face esbolsa a anormalidade atraves de mimicas pois tudo que foge a nossa natureza de alguma forma e de algum jeito vamos regeitar vc que ja viu cena assim com certerza estranhou esbolsando risos gesticulando franzindo a testa alguma coisa vc fez seu hipoctra

  2. Não precisa nenhum etero ou religioso matar os homossexuais.
    Eles mesmos se matam vivendo nas drogas, orgias, bebedeiras, para esquecerem o que realmente são. Vivendo assim e fazendo o seu proprio mundo encontrando em sua maioria a morte precoce, assassinados, doentes as vezes longe de quem realmente os amam.
    O que semeamos colhemos.
    Deus ama todos nós.

          • Não desejo a morte dele e nem de outro blasfemo qualquer, mas incomoda, criticar as religiões de outros. Não temos livre arbítrio? Então, cada um siga o que quer e deixe os outros em paz. Quer ser gay que seja, eu sou filógino e pronto.

          • Entendo a sua indignação; na realidade eu penso que são pessoas que se apoia em qualquer coisa que pode ser usada como oposição ao que não aceitam.
            Por um tempo fui evangélico e tudo que aprendi parece que eles não aprenderam é que o “MESTRE” deles ensinava o “Amor incondicional, baseado em comportamentos e pela escolha, sem esperar nada em troca.” e não o julgamento ou a descriminação.

      • Não consigo entender como religiosos semeiam tanta discórdia a ponto de desejar a morte do próximo. Pelo teor do “comentário” acima, parece se tratar de uma pessoa “religiosa”. O que esses “religiosos” despercebem é que a Bíblia não pode ser usada como “porrete”, mas como compêndio de estudo e aplicação. Julgar pessoas e grupos não condiz com o que lemos nas Escrituras. Prejulgar pessoas e grupos só servirá para repelir os mesmos, ao invés de atraí-los. A temática da pregação de Jesus e de seus discípulos no I século era o “Reino de Deus”. Não ficavam “balbuciando” palavras de condenação contra homossexuais e outros grupos minoritários. Aqueles cristãos viviam seus conceitos em base individual e congregacional. Não impunham suas crenças e práticas para o mundo romano da época. Prova disso é que as cartas inspiradas onde encontramos condenações à “prática” homossexual foram escritas por cristãos e endereçadas à congregações cristãs daquela época, e não à população em geral. Por fim, ao examinarmos a Bíblia, notamos que a palavra grega usada para denotar “práticas sexuais” ilícitas é “porneía”. Tal termo tem sido traduzido de várias formas em algumas versões, como “imoralidade sexual”, “fornicação”, “prostituição” etc. O que há de significativo em tal expressão grega é a sua abrangência. Ela denota quaisquer relações sexuais fora do casamento. Em outras palavras, ela engloba tanto relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo, como entre pessoas do sexo oposto, além de envolver a bestialidade ou zoofilia. Portanto, “biblicamente” as relações homossexuais estão no mesmo patamar que quaisquer relações sexuais fora do casamento, até mesmo entre homem e mulher que não são casados. Assim, por que evangélicos só “criticam” homossexuais? Por que evangélicos estão travando uma verdadeira “cruzada” contra tal grupo? Será que evangélicos mudarão o mundo? O que evangélicos despercebem é que suas crenças deveriam ser usadas e vividas por eles e por aqueles que, ‘voluntariamente’, desejam observá-las e vivê-las. A partir do momento que evangélicos querem impô-las a outros estão gerando problemas, além de estarem sendo “fundamentalistas”. Tais atitudes não condizem com o Cristianismo bíblico. Quero parabenizá-lo mais uma vez pelo site. Muito bom. Abraço.

        • Caramba, comentário perfeito, Observador Perspicaz. Sinta-se aplaudido por uma evangélica. Pra mim, nosso papel nesse mundo é falar de Cristo aos homens e apoiar no caminho aqueles que O desejarem seguir, como Ele mesmo o fez quando esteve entre nós. Pra mim, tem muita coisa errada entre os cristãos de hoje, a começar pela vergonhosa bancada evangélica do Congresso Nacional, que impõe sua fé aos demais cidadãos de um estado laico. Passa também pelas igrejas neopentecostais captadoras de recursos de fiéis (em sua maioria, pessoas pobres, inclusive), enquanto seus pastores constróem patrimônios dignos de cinema. E ainda, pelos ditos evangélicos cheios de ódio no coração, que julgam as outras pessoas com a mesma velocidade e intensidade com que escondem seus próprios pecados. Chega dá tristeza parar pra refletir.

  3. Fico horrorizada com essas pessoas que se acham melhores que as outras, sem jamais ser capaz de se colocar no lugar do outro e entender que a humanidade é diversa nos seus mais variados aspectos e que ninguem precisa ser igual ao outro, mas pelo menos respeitá- lo na sua individualidade e muitas vezes na sua dor. E o pior é a hipocrisia de muitos que se dizem defensores da vida e desejam a morte do seu semelhante só por que numa questão é diferente de si próprio. Quem se declara cristão deveria nunca esquecer a máxima do Cristo que é amar ao próximo como a si mesmo!

    • Muito ignorante este seu comentário…. Antes de tudo é bom ressaltar que você também é um ser humano e garanto que está entre os pecadores do mundo,afinal todos nós somos,não um se quer que escape do único que pode nos julgar Deus. “Não julgue e não serás julgado”!
      Sem dúvidas alguma o que esta transsexual fez não é simbolo de nenhum orgulho,foi abminável,revoltante,assim como o seu comentário tão pouco inteligente e cristão…. Não podemos generalizar todos por causa de um…..

    • E o que você tem com isso? Deus não obriga ninguém a segui-lo. Procure imitá-lo em ser razoável e deixe que Ele julgue, não você. Abraço.

  4. Alguns cristãos podem até desejar o mal para o travesti (ainda que os ensinos de Cristo sejam contrários a isso) mas, com certeza nenhum vai tentar nada contra ele de fato.
    Portanto zombar de Cristo é fácil. Agora pergunto: porque não zombam de Maomé??

  5. Graças a Deus que esse rapaz ainda está vivo, pois não é a vontade de Deus que isto aconteça, as vezes algumas pessoas se dizem cristã e abre a boca para amaldiçoar o proximo, o proprio JESUS, quando estava na cruz, diante de tanto sofrimento, teria toda razão e motivos para amaldiçoar, quando teve oportunidade disse:” Pai perdoa-lhes porque não sabem o que fazem “. Jesus veio para todos… para todos que o recebam…

  6. Se fosse no Irã já estavam fuzilados. Esses vagabundos.tem que tomar vergonha na cara. Se não arepender vai queimar no inferno. Esses vagabundos e uma vergonha

  7. O problema todo não está em o sujeito ser gay, transexual ou coisa assim, mas no preconceito e na exposição de ódio a quem é diferente. O alvo é irrelevante. É também com os negros, com pobres, com nordestinos e assim vai. O pior é quando estes marginais de religião apostam que a Bíblia ou qualquer outro livreco mitológico os salvará.
    Havia um sujeito de bigodinho que pregava este mesmo ódio, lá na metade do século passado, e todo mundo sabe no que deu.

  8. Uma observação :

    ” …a transexual que causou polêmica ao desfilar na Parada do Orgulho LGBT presa a uma cruz foi encontrada morta… ”

    “O corpo mostrado na foto era, na verdade, de Makely Castro, assassinado em julho de 2014. O travesti estava…”

    “A” transexual não, né? O transexual, assim como “O” travesti. Os dois são do gênero masculino, mesmo que não gostem disso. Não importa se removeram, ou não, o membro, se entupiram de silicone, tiraram costelas para terem cintura fina, etc, etc…. Nasceram homens e sempre serão, mesmo que aparentem outra coisa.

    A transexual estaria correto somente se o sujeito fosse indefinido, como, por exemplo, se estivesse sendo referida a pessoa transexual (ou seja, qualquer pessoa que se enquadre), o que não é o caso aqui. Ao se referir ao transexual pelo nome artístico (Viviany), aí sim está correto usar atriz, pois o nome referenciado é feminino, mas ao se dirigir à sua condição sexual, o correto é o transexual. Ao contrário, somente se ela fosse mulher de nascimento e tivesse se transexuado como homem (como a Thammy Gretchen). Neste caso, seria “A” transexual.

    Ah! E não sou homofóbico, religioso ou qualquer outra coisa, mas sempre achei muito falho usar o artigo definido incorreto, passando a idéia que o transexual seria, na verdade, uma mulher (em todo o seu conceito).

      • Errado! Gênero nada tem a ver com sexo biológico. A pessoa pode nascer com um sexo, porém identificar-se de um gênero oposto, leia-se transexualidade. O termo correto é ” A TRANSEXUAL” e “A TRAVESTI”, ambas são identidades femininas. O que vale no campo de gênero não é a biologia e sim a psicologia e a sociologia. Aconselho se informarem e estudarem antes de escrever qualquer artigo ou comentários.

  9. Alexandre Aguilar ! Que comentario mais estupido….vazio de tudo , inclusive de cerebro..O escarnio e um bumerangue , ele regressa de forma terrivel. ! De onde voce pensa que vem este ar que voce respira…que poder , podera governar esta terra em todo o seu explendor…Do nada ?…tudo acontece por acaso ? Que triste saber da existencia de um ser humano , tao desprovido de verdades que estao em frente a o s nossos olhos….Saiba que existe um DEUS todo poderoso que criou e mantem todo esse unjverso, inclusive te da vida, aproveite e nao desperdice em conhecimentos e atitudes , que no futuro possas a se arrepender…
    GOD BLESS YOU

  10. Nunca vi tantas idéias estapafúrdias, agora evangélica falar para T.de Jeová que o importante é falar de Jesus Cristo tá de sacanagem! Bruna x perspicaz vcs são piadas. É vou parabenizar o grilo kkkk ! Simples e muito ético, os demais me proporcionariam grandes frouxos de risos kkkkkkkkkkkkkkkkkkk .
    E independente da minha opinião que tenho certeza que não vai mudar em nada só queria que vc lembrasse do bandido na Cruz. E que Deus tenha misericórdia de todos nós.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui