16.5 C
São Paulo
sexta-feira, junho 18, 2021

Turma da Mônica em: “Tudo por uma Chupadinha”! Será verdade?

- Publicidade -

Será que a imagem mostrando uma página de uma história da Turma da Mônica chamada “Tudo por uma chupadinha” é verdadeira ou falsa?

O recorte de uma revistinha da Turma da Mônica com uma história de duplo sentido apareceu nas redes sociais no final de dezembro de 2017, se espalhando principalmente através de grupos do WhatsApp. Nele podemos ver o que parece ser o começo da historinha intitulada “Tudo por uma Chupadinha”, onde a Mônica aparece pedindo aos pais uma [boneca] Chupadinha, após ver uma propaganda da boneca na TV.

No último quadrinho da página, Mônica entra em casa e deixa os pais de cabelo em pé ao gritar: “Já sei o que quero no Natal! Uma chupadinha!

Será que essa historinha é real? Essa edição existe mesmo?

Tudo por uma Chupadinha! Será que essa historinha foi publicada mesmo? (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou farsa?

O gibi da Turma da Mônica cuja a história que se espalhou na web foi tirada é a Mônica n° 84, da Editora Globo, publicada em dezembro de 1993. Só que alguém fez algumas “modificações” na página antes de a espalhar nas redes sociais.

Como podemos ver no vídeo abaixo, na história original que foi para as bancas de jornal em 1993, a boneca fictícia se chama “Cuspidinha”:

 

Abaixo, a capa dessa edição:

- Publicidade -

Reprodução

Na história (que é uma crítica ao consumismo), seu Sousa, pai da Mônica, acaba tendo que vender a própria alma para conseguir uma boneca Cuspidinha, mas é claro que tudo termina  bem no final:

Conclusão

A imagem de uma história chamada “Tudo por uma Chupadinha” da Turma da Mônica é uma montagem feita em cima de uma publicação de 1993. Na historinha original, a boneca que a Mônica quer ganhar se chama “Cuspidinha”.

*Com a colaboração de Thiago Lucas, moderador do nosso grupo no Facebook!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui