Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Um cachorro foi trancado num espaço mínimo atrás das grades de uma pizzaria?

Animais

Um cachorro foi trancado num espaço mínimo atrás das grades de uma pizzaria?

Um cachorro foi trancado num espaço mínimo atrás das grades de uma pizzaria?

Navegando recentemente nas redes sociais nos deparamos com mais uma notícia envolvendo supostos maus-tratos aos animais. Dessa vez o título, um tanto quanto “chamativo”, mencionava que um cão tinha sido mantido trancado, num espaço mínimo, atrás das grades de uma pizzaria. O motivo? Para que ele ficasse de guarda!

Isso, é claro, provocou a revolta de inúmeros usuários de um grupo no Facebook chamado “Ecodefensores”, que ficaram indignados com o tratamento dado ao pobre cãozinho. Rapidamente, muitos desses usuários foram ávidos em querer promover um boicote a pizzaria, ainda que sequer soubessem o nome dela. Alguns queriam “cancelar” a pizzaria e chegaram a pedir informações como o nome do proprietário e endereço do estabelecimento comercial. O famoso “linchamento virtual” foi estabelecido.

Notícia disseminada pelo grupo “Ecodefensores” no Facebook em duas ocasiões distintas.

Reações de diversos membros do grupo “Ecodefensores” que não leram ou não foram atrás de mais informações sobre o caso.

Ironicamente…

A notícia disseminada pelo administrador do grupo “Ecodefensores” (arquivo), no dia 10 de fevereiro de 2020, foi publicada por um site chamado “Planeta dos Animais” (arquivo), que por sua vez a extraiu de um site chamado “Histórias com Valor” (arquivo), que por sua vez a extraiu de um site de língua espanhola chamado “Zoorprendente” (mais tarde voltaremos a esse ponto).

No entanto, para começo de conversa, a notícia publicada pelo site “Planeta dos Animais” (assim como os demais sites) é datada de março de 2019 e, para piorar a situação, o caso não teria sequer acontecido no Brasil, mas alegadamente no Peru.

Eis um trecho do que foi muito mal traduzido e publicado pelo site “Planeta dos Animais”:

O proprietário de uma pizzaria no Peru cometeu o mais vil ato contra seu cão. O fato espalhou-se amplamente nas redes sociais depois que uma mulher chamada Shery Muñoz capturou em uma fotografia ultrajante o pobre cachorro trancado em um espaço mínimo atrás das grades das instalações do proprietário. O homem colocou o animal para ser “cão de guarda” e assim, nesse espaço reduto, servir como um alarme para impedir o roubo. O negócio é chamado de ‘Pizza Raúl’ e está localizado na rua Francisco Bolognesi, 6, na cidade de Santa Anita, em Lima, Peru.

Notícia veiculada pelo site “Planeta dos Animais”.

Ainda segundo o site, os donos da empresa não teriam dado nenhuma declaração, mas Shery esperava ter uma resposta, e que os “miseráveis ​​proprietários” respondessem por suas ações.

Enfim! Embora não tenha alegadamente acontecido no Brasil, será que essa história é realmente verdadeira? Será que o pobre cãozinho era realmente colocado de guarda naquele espaço aparentemente apertado? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Fora de Contexto! Além de ser um caso antigo e não ter ocorrido no Brasil, o cãozinho não sofria maus-tratos, visto que não era mantido de guarda naquele local! Além disso, ele tinha livre acesso, ou seja, entrava e saía sozinho daquele local quando tinha vontade.

A seguir iremos explicar direitinho essa história para vocês!

Como Tudo Começou?

Essa história começou com a publicação de uma única foto por uma peruana chamada Shery Muñoz. Ela a publicou em seu perfil no Facebook, no dia 18 de março de 2019, acompanhado de um pequeno texto um tanto quanto alarmista, e que pedia para ser compartilhado (arquivo).

Publicação da usuária Shery Muñoz.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Eis um trecho do que ela mencionou:

Compartilhem esse cachorrinho que está trancado desde ontem à noite, sendo que esta foto foi tirada hoje. O cachorrinho não tem espaço para dormir e estava com muita sede. Ele não está apenas pegando chuva, mas também está sofrendo com o sol…

A publicação de Shery viralizou e obteve em pouco tempo cerca de 15 mil compartilhamentos. E, com base nessa única foto e na informação de uma única usuária, diversos sites latinos e brasileiros divulgaram o suposto sofrimento do animal e automaticamente condenaram os proprietários do estabelecimento sem qualquer investigação ou acompanhamento posterior (conhecido como follow-up).

A Verdade por Trás da Foto

Alguns dias após a viralização, o site chileno de entretenimento “Upsocl” mostrou a realidade por trás dessa história. Em primeiro lugar, a pizzaria Raúl, em Lima, capital do Peru, não tinha nenhum envolvimento com esse cachorro, cujo nome era Bealy. Além disso, Bealy nunca esteve trancado! Contrariando as expectativas, era o próprio Bealy que frequentava esse local, onde ele recebia comida, água, carinho e, inclusive, davam banho nele.

Uma de suas cuidadoras, por assim dizer, chamada Angie Camila, na época publicou um desabafo no Facebook. Angie era a proprietária da casa/estabelecimento onde o cachorro ficava, ou seja, Bealy ficava num outro local ao lado da pizzaria. Ela alegou que iria processar Shery por difamação, uma vez que ela estava mentindo sobre a situação de Bealy.

Angie era a proprietária da casa/estabelecimento onde o cachorro ficava, ou seja, Bealy ficava num outro local ao lado da pizzaria.

A Versão de Angie Camila

Segundo Angie, o Bealy era um cachorro de rua, que havia sido adotado por ela. Ele recebia todos os cuidados necessários e costumava ficar na parte externa da casa/estabelecimento, justamente naquele local atrás das grades, porque ele tinha uma “amiguinha” uma outra cachorrinha de rua, pela qual Bealy tinha uma certa afeição. Angie disse que essa outra cachorrinha também dormia em sua casa/estabelecimento, mas que costumava perambular livremente pelas ruas do bairro.

Uma de suas cuidadoras, por assim dizer, chamada Angie Camila, na época publicou um desabafo no Facebook.

Ainda segundo Angie, todos da região conheciam os dois animais. E, de fato, outros moradores locais saíram em defesa de Angie, corroborando com suas palavras. Uma usuária, inclusive, chegou a mencionar ter visto Bealy entrando e saindo por conta própria do local durante o período da manhã.

Por fim, o caso também provocou indignação por parte da pizzaria Raúl, que por sua vez publicou em sua página, no Facebook, não ter nenhum envolvimento com a situação, conforme já havíamos mencionado. Eles publicaram uma foto mostrando que o cachorro não ficava na parte que pertencia a pizzaria.

Um Detalhe Importante!

Após a verdade sobre a situação do animal vir à tona, ainda em março de 2019, o site “Zorpreendente” publicou uma atualização na própria notícia. Nessa atualização, eles informaram que fontes locais tinham mencionado que a alegação de Shery era improcedente. Infelizmente, alguns usuários continuaram duvidando dessa situação por mero viés de confirmação, ou seja, queriam tanto acreditar num suposto ato cruel contra o animal, que simplesmente continuaram duvidando mesmo após todas as evidências contrárias.

A absoluta maioria dos demais sites, que divulgaram esse caso, sequer acrescentaram quaisquer atualizações nesse sentido. Simplesmente lamentável, mas exemplifica bem a situação que vivemos nas redes sociais, onde primeiro as pessoas são linchadas virtualmente, para depois serem questionadas.

Conclusão

Fora de Contexto! Além de ser um caso antigo e não ter ocorrido no Brasil, o cãozinho não sofria maus-tratos, visto que não era mantido de guarda naquele local! Além disso, ele tinha livre acesso, ou seja, entrava e saía sozinho daquele local quando tinha vontade! Apelidado de Bealy, o cãozinho era cuidado por uma moradora local, que lhe fornecia água, comida, banho e, principalmente, carinho!

Continue lendo

Jornalista, redator, e pesquisador de comunicação social com foco no combate a disseminação de notícias falsas. Colaborador do site de verificação de fatos E-farsas.com desde janeiro de 2019. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos, além de casos supostamente sobrenaturais.

3 Comentários

3 Comments

  1. Alexandre Mendes

    29 de fevereiro de 2020 em 2:50

    E o português dos ecodefensores hem… Quem nos defenderá disso?

  2. Alex Silva

    4 de março de 2020 em 7:33

    Me lembrou aquela notícia do maratonista que deu (de acordo com os sites que divulgaram) um brutal e sanguinário chute em um indefeso cão… Cuidado, cenas fortes… No fim era só o cara empurrando o cachorro com o pé.

  3. Marcio

    5 de março de 2020 em 12:49

    Pura ignorância, só de olhar a foto dá para perceber que o cachorro passa facilmente a cabeça pela grade. E onde um cachorro passa a cabeça também passa o corpo, a não ser que seja muito gordo.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo