Connect with us

E-farsas

Um juiz da Pensilvânia autorizou o Satan Club a ensinar satanismo para crianças nas escolas?

Conspirações

Um juiz da Pensilvânia autorizou o Satan Club a ensinar satanismo para crianças nas escolas?

É verdade que um juiz norte-americano autorizou o Satan Club a ensinar satanismo para crianças nas escolas e bibliotecas dos Estados Unidos?

A alegação surgiu nas redes sociais na primeira semana de maio de 2023 e afirma que uma decisão judicial teria autorizado o ensino do satanismo nas escolas e nas bibliotecas públicas norte-americanas. De acordo com o texto, acompanhado de imagens de crianças sentadas em torno de um pentagrama, um juiz do estado da Pensilvânia teria decidido que o Satan Club fique responsável pelas aulas.      

Será que isso é verdade ou mentira?

Texto de uma das versões que se espalharam em maio de 2023: “Um juiz na Pensilvânia acaba de decidir que o “SATAN CLUB”, patrocinado pelo templo satânico, deve ter permissão para se reunir nas escolas. Mas a Bíblia e oração nem pensar!” (foto: reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Essa não é a única versão que circulou juntamente com essas fotos nas redes sociais. Algumas delas afirmam que as fotos teriam sido tiradas “dias atrás” durante a conferência satânica de 2023, em Boston, e as crianças estavam sendo ensinadas sobre satanismo e ministradas diretamente por satanistas. Já em outra versão, o caso teria ocorrido aqui no Brasil.

A verdade mesmo é que, apesar de existir um grupo nos Estados Unidos chamado After School Satan Club, as fotos são falsas e o caso não aconteceu nem aqui no Brasil e tampouco lá nos EUA.

Procurando por alguma decisão judicial sobre aulas de satanismo em escolas infantis, não encontramos nada a respeito.

Qual é o nome do juiz? Ninguém sabe!

Qual é o link da sentença? Ninguém sabe!

O Satan Club existe, mas não é como você está pensando

Aproveitando uma determinação aprovada pela Suprema Corte americana em 2001 – que autoriza o ensino extracurricular de religiões nas escolas dos Estados Unidos – um grupo se reuniu em agosto de 2017 para oferecer aulas que contrapõem os ensinamentos católicos e evangélicos que dominaram essas aulas religiosas para as crianças, fundando assim o After School Satan Program

Com a imagem de um lápis escolar de três pontas, simulando um tridente, os membros do Templo Satanista dos EUA dizem “oferecer uma alternativa a crianças e pais” e questionar a legitimidade dos cursos cristãos na rede de ensino infantil.

“Se cursos religiosos são permitidos nas escolas, nós queremos espalhar nossos clubes por toda a nação para garantir que múltiplos pontos de vista estejam representados”, disse à BBC Brasil Chalice Blythe, diretora nacional do programa “After School Satan”, do Templo Satânico dos EUA.

Diferente do que muita gente imagina, esses clubes satânicos não ensinam as crianças a acreditar em seres sobrenaturais como o tal do Satanás ou a realizar rituais satânicos em volta de um pentagrama. Elas participam de jogos, projetos e exercícios de pensamento que as ajudam a entender como sabemos o que sabemos sobre nosso mundo e nosso universo.

Finn Rezz, porta-voz do Templo Satânico, disse em entrevista que o clube “se concentra na Ciência e no Pensamento Racional, promovendo benevolência e empatia para todos“.

Apesar de chamar muita atenção na mídia devido ao seu nome, o clube não teve muita aderência de alunos. Ao todo, a “instituição” teve apenas um aluno por mês no anos de 2016, pausando suas atividades nos anos seguintes até 2022, quando retornou com pequenas reuniões mensais previstas apenas para até maio de 2023

Ou seja, o curso era apenas uma forma de protesto, de chamar a atenção da opinião pública contra o ensino de somente uma religião nas escolas.

No dia primeiro de maio de 2023, o Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito Leste da Pensilvânia decidiu que o grupo tem o mesmo direito de se expressar e que poderá se reunir em apenas 3 datas pré-estabelecidas, ficando proibidos de distribuir propagandas desses encontros. Algo que o grupo parece não ter respeitado, pois foram encontrados panfletos do evento nas ruas da região.

Tá, mas e as imagens?

Quanto às imagens que mostram crianças em um tipo de ritual rodeadas em volta de um pentagrama, trata-se do resultado de inteligência artificial. As imagens foram criadas por computador!

Em uma primeira análise, podemos notar algumas falhas nas fotos, principalmente nas mãos das pessoas em cena. Alguns softwares que usam inteligência artificial para gerar imagens ainda tem grande dificuldade em criar mãos corretamente, como é explicado nesse artigo do Meio Bit.

Note as falhas nas imagens abaixo:

As falhas nas mãos denunciam a farsa! (fotos: Reprodução/Facebook)

As pernas das crianças estão todas deformadas. Erros do software de criação de imagens! (foto: Reprodução/Facebook)

Mais uma falha para gerar mão! (foto: Reprodução/Facebook)

Fizemos buscas reversas com essas imagens e encontramos cópias em melhor resolução com a assinatura de The Pumpkin Empress, que é o pseudônimo de um artista gráfico. No seu perfil do Facebook, ele explicou que utilizou o software Midjourney para criar as ilustrações através de sugestões em texto e que nenhuma criança foi ferida para fazer as imagens, pois elas sequer existem. Sua intenção, segundo ele, era a de mostrar como é fácil criar imagens com a ajuda de inteligência artificial.

Atualização 22/05/2023

No dia 16 de maio de 2023, foi ao ar a nossa segunda participação com o quadro “É Verdade ou é Farsa?” no programa Morde e Assopra da rádio Energia 97 FM. Confira no vídeo abaixo:

Conclusão

Não é verdade que um juiz norte-americano autorizou aulas de satanismo nas escolas e bibliotecas dos Estados Unidos. Tudo começou com uma postagem feita por um artista gráfico, no Facebook, no começo de maio de 2023 de imagens que ele havia criado com a ajuda de inteligência artificial.

Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas e, em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar é o autor do livro "Caçador de Mentiras" pela Editora Matrix e da aventura de ficção infantojuvenil "Marvin e a Impressora Mágica"!

Comentários

Mais Checagens em Conspirações

To Top