22.4 C
São Paulo
terça-feira, novembro 30, 2021

Universidade oferece curso de “Pegadogia”?

- Publicidade -

Foto mostra um outdoor com uma propaganda de um curso à distância para Pedagogia, mas o texto está escrito errado! Será que isso é verdade ou farsa?

A foto fez bastante sucesso nas redes sociais no dia 18 de novembro de 2016 e rapidamente se tornou um dos assuntos mais compartilhados no Facebook. Na fotografia podemos ver um outdoor de uma universidade chamada UniCesumar que estaria oferecendo o curso de “Pegadogia” (que deveria ser Pedagogia, mas a palavra foi escrita errado).

O erro virou motivo de piada no Twitter e no Facebook! Afinal, qual jovem não queria  aprender como ter uma boa pegada? 🙂

Será que essa imagem é verdadeira ou falsa?

Universidade erra a digitação e oferece curso de "Pegadogia"! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)
Universidade erra a digitação e oferece curso de “Pegadogia”! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

O outdoor existe mesmo! Ou melhor, existia!

Poucas horas após a foto viralizar nas redes sociais, a universidade usou a sua página no Facebook para explicar que houve um erro de digitação na arte do outdoor e que a placa foi retirada imediatamente.

A direção da instituição ainda completou que:.
“[…] Somos feitos de pessoas e, às vezes, erros acontecem. Acreditamos que é importante ter a coragem para assumi-los e propor a correção.[…]”

pegadogia3

Abaixo, uma foto de outro ângulo da mesma placa:

pegadogia2

Conclusão

- Publicidade -

A imagem do outdoor com o curso de Pedagogia escrito como “Pegadogia” é real, mas já foi removida!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

9 COMENTÁRIOS

  1. Não foi culpa da faculdade e sim da empresa que fez o outdoor. Quem colocou as fotos e que tinha por obrigação avisar o dono da empresa, mandar uma foto para o dono com a propaganda com a palavra errada e já tirar o cartaz. O dono por conseguinte avisar o cliente do ocorrido.

    • Se você paga por um outdoor e não revisa a arte, a culpa é sua. Não como um post no Facebook, que pode ser produzido e publicado no mesmo minuto. Publicidade de rua tem um tempo e processo lento e tem (ou deveria ter) um tempo sufuciente para revisão e subsequente aprovação. É improvável e duvido muito que ninguém da contratante tenha liberado esse material. Se olhou, então, deveria ter visto com calma pra não passar nenhum erro. Só depois da vergonha e da zoação nacional veio a consciência de que “erros acontecem”. Ora, bolas, se sabem disso, revisem com atenção redobrada e não venham o papo furado de que “é nobre reconhecer o erro”… inversão de valores. Mais nobre ainda é não tratar o trabalho com desleixo.
      A faculdade mereceu toda zoação recebida e deveria ter repercutido ainda mais. E, Walkiria, quem liberou as fotos na internet não tinha e não tem obrigação nenhuma de avisar o responsável. A responsabilidade de achar o erro antes de publicar é de quem fez e de quem liberou o outdoor.

      • Errado!
        O contanto tem que apenas verificar se a arte o
        Erros ortográficos se enquadram junto aos erros técnicos, e cabe à agência contratada fazer as devidas revisões.
        Essa agência, além de tudo, deveria ser processado pelo problema causado à universidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui